Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Exercício Profissional (veja mais 146 artigos nesta área)

por Engº Civil Marcio de Almeida Pernambuco

O Brasil preparado para crescer...Será???



Na última semana de Janeiro alguns dos mais importantes empresários do país estiveram reunidos no Seminário “O BRASIL PREPARADO PARA CRESCER” e confirmaram que devemos mesmo continuar a crescer. A frase que notabilizou o evento, foi: - “O Brasil é o país do futuro e o futuro é já”.

Também ficou evidente que além da carga tributária a grande vilã dos negócios, o custo Brasil é o empecilho maior e que a falta de infraestrutura é o que compromete o nosso futuro.

Triste então é pensar que o futuro que nos espera será definido pelos políticos que aí estão e que normalmente não tem o menor preparo para lidar com planejamento e que infelizmente tudo no Brasil continuará a ser priorizado por critérios políticos e não técnicos. - “Primeiro faremos o asfalto, que dá votos depois reabriremos com britadeiras e vamos cuidar do saneamento”, só para exemplificar sempre foi a tônica das políticas publicas.

Critérios técnicos não são ouvidos, engenheiros são apenas para executar obras jamais são chamados para influenciar nas decisões por que podem atrapalhar as prioridades que são definidas como “- aquelas que eu acho que são as nossas prioridades, e,... como raposa política que sempre fui e serei, eu e os meus comparsas não técnicos é que vamos definir o que nos agrada...”

Entre os muitos desafios que o Brasil tem de enfrentar estão os necessários investimentos em infra-estrutura para garantir que o desenvolvimento se consolide. Infraestrutura é o conjunto de atividades e estruturas da economia de um país que servem de base para o desenvolvimento de outras atividades.

Para exportar são necessários portos e aeroportos, para escoar a produção dos produtos agrícolas rodovias, hidrovias e ferrovias, e ainda usinas hidrelétricas, sistemas de telecomunicações, rede de distribuição de água, tratamento de esgoto, sistemas de transmissão de energia, etc...

A Infraestrutura é fundamental para o desenvolvimento econômico de um país. Sem ela, as empresas não conseguem desenvolver adequadamente seus negócios. Quando um país apresenta uma Infraestrutura pouco desenvolvida, os produtos podem encarecer no mercado interno (prejudicando os consumidores) e também no mercado externo (dificultando as exportações em função da concorrência internacional

Só para lembrar como é alarmante a infra estrutura brasileira, a rodovia que serve as duas maiores capitais do país SP e RJ (a Dutra), por exemplo, foi inaugurada em 1951 e duplicada em 1967 e de lá para cá... continua duplicada e agora com as chuvas estamos com uma única pista. Se falarmos das outras estradas então podia lembrar que a BR-101 no sul, faz mais de 30 anos que está em obras e não está pronta e nem por sonho os Governos acham um meio de terminá-la, as duas pistas apenas...

Nas outras estradas a operação tapa-buraco continua rodando solto, quase sempre contratadas sem licitação, sempre com indícios de "irregularidades graves", através de obras de emergência, com pagamentos sem cobertura contratual, por serviços não comprovados e obras superfaturadas. E todos sabem que dentro de alguns meses os buracos estarão de volta, os mesmos e mais alguns novos... e que em vez de gastar bilhões na operação tapa-buraco, os governos não querem ouvir os técnicos que defenderiam que esses recursos não seriam mais encaminhados para o “buracoduto”, e que soluções técnicas, mais planejadas e eficientes poderiam realmente solucionar o problema.

O... “olha que nome bonito’... Programa Emergencial de Trafegabilidade e Segurança nas Estradas, popularmente chamado de “Operação Tapa-Buracos”, o que provoca arrepios no mais leigo engenheiro que sabe não ser adequado este tipo de obra, polêmica desde que foi implantada pelos governos, e acertadamente condenada por todos os técnicos, mas os políticos acham ótima a solução...

A Política Nacional de Transportes menciona no website do Ministério dos Transportes que nos três primeiros anos do atual governo foram aplicados R$ 4,1 bilhões em programas de restauração e conservação de rodovias e também afirma que o Programa Emergencial de Trafegabilidade e Segurança nas Estradas não é apenas uma “Operação Tapa-Buracos”, e sim um conjunto de intervenções de conservação e restauração de trechos pavimentados. - Olhe aí o tamanho do equívoco político...

A Infraestrutura do Brasil é e continua sendo infelizmente, desenvolvida por critérios políticos, por falta maior da participação do nosso Sistema, pela falta de nossos profissionais se envolverem mais com esta questão, e também pela falta de punição dos engenheiros envolvidos nos buracos de toda ordem e na indefinição do que podemos fazer, sem os critérios técnicos, a mercê dos políticos.

Critérios Técnicos X Critérios políticos

Critérios técnicos podem ser quantificados e disponibilizados para que todos tenham acesso, mas os critérios políticos são sempre escondidos e só os fiéis que “participam” têm acesso, e ficam sabendo que as prioridades podem se inverter. Até quando os políticos vão ouvir os “compadrinhados” sejam de que partido forem ao invés dos técnicos que equacionam os problemas antes que aconteçam!

Os políticos esperam o problema aparecer para tentar resolver, já os técnicos leva em consideração todos os conceitos, todas as informações, com o intuito de planejar e desenvolver um projeto que bem elaborado terá maiores chances de dar certo.

Em resumo as casas são levadas pelas enchentes quando as autoridades deixam que estas se elevem às margens dos córregos, e não há mais o que fazer, mas, se a responsabilidade era fiscalizar devidamente nada disto teria acontecido, nem morros desbarrancando, nem rios afogando, nem obras de tapa buracos de ultima hora, nem o governo não conseguindo gastar o mínimo para manter o país funcionando.

E a infra estrutura? O filósofo italiano Giordano Bruno tinha uma frase que alerta sobre a impropriedade desse pleito. Dizia ele: "Que ingenuidade, pedir aos que têm poder para que mudem o poder!". Ora... critérios políticos dão votos e os técnicos têm muito pouco voto... e menos prestígio ainda...


Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

Principais Dificuldades de um Arquiteto sem Renome ou Iniciante

O buraco é mais em cima.

Arquiteto ou Engenheiro?

Tempo integral

Metáfora futebolística - A preparação física

21 dicas para uma vida bem sucedida na arquitetura

Dez coisas que aborrecem o cliente do engenheiro e do arquiteto depois da prestação do serviço

Dez coisas que aborrecem o cliente do engenheiro e do arquiteto durante a execução do serviço

Dez coisas que aborrecem o cliente do engenheiro e do arquiteto durante a negociação do serviço

Indicadores de desempenho nos escritórios de arquitetura e de engenharia

Como ser um engenheiro civil de sucesso.

Se o seu escritório fosse um time de futebol, em qual divisão ele estaria jogando?

Dia do Arquiteto. Dia do Engenheiro : Profissionais que transformam sonhos em realidade

O buraco é mais em cima.

E o que faz o profissional da arquitetura de TI?

Conheça o perfil do Engenheiro para o mercado de trabalho

Como estar preparado para o primeiro contato com o cliente?

A importância da Engenharia para a sociedade e para o Brasil do século XXI.

Qual a importância do arquiteto?

Como Se Tornar um Arquiteto

Crise. Segundo Einstein.

Engenheiro ou arquiteto, qual devo contratar para o projeto de casa

Possibilidades na carreira para arquitetos

Por que é tão difícil?

Os 10 mandamentos de marketing para engenheiros e arquitetos

Quem é o engenheiro civil?

Tempo integral

Dicas para desenvolvimento profissional

Cliente e arquiteto: os dois lados da moeda

A delicada relação cliente-arquiteto

Carta a um calouro (de arquitetura ou de engenharia)

A Profissão de Arquiteto

O que é Engenharia de Software?

Tabela de Honorários

Como e quanto os arquitetos cobram pelo seu trabalho?

Arquiteto, designer e decorador: sem preconceitos

Vantagens de estar desempregado (ou não) durante a seleção

Sucesso + Engenharia = Realizaçao profissional

6 ideias que podem mudar sua sina na entrevista de emprego

A responsabilidade profissional e o ser humano

O Mito da Criatividade em Arquitetura

Vantagens da Contratação de um Profissional Especializado

Diferença entre Arquiteto, engenheiro civil e designer de interiores

7 aspectos para começar e construir uma carreira em arquitetura ou design .

Quer ser um engenheiro de sucesso? Seja um engenheiro criativo.

O caminho de volta

O valor do profissional brasileiro

Contratação por projeto executivo define a obra

Inteligência Emocional: Conheça características do líder moderno

A importância do Planejamento no Papel

Atribuições do arquiteto

Lelé: cidades como São Paulo são Frankensteins.

Engenharia Nacional e a Competitividade Brasileira

A corrupção e a garantia quinquenal de obras

Como ser um empreendedor de sucesso

Sociedade entre Arquitetos: A construção em grupos de pesquisa e preço competitivo no mercado da construção

Trabalhar em casa: um bom negócio

Trabalho em equipe, 10 dicas para que isso aconteça.

Promiscuidade entre estado e governo: o vórtice do mal.

O “irresponsável técnico” da engenharia, arquitetura e construção

Arquitetos voltados a Decoração

2.012 – Importante ano para as Entidades de Classe do Sistema Confea/CREAs

Como produzir (provocar) a propaganda boca-a-boca

Os arquitetos e as cidades

Por que é que a gente é assim?

Profissionais da Engenharia, Arquitetura e Construção do 3º milênio

Qual é o valor da minha hora-técnica? Como calculo isso?

O arquiteto como administrador de obras: vamos unir o útil ao agradável!

A falta de planejamento das pequenas empresas na construção civil

As previsões de Nostradamus, e a vergonha da Copa de 2014?

Porque o arquiteto deve fazer a administração de obras

Arquitetos de Cozinha

Conselho de Arquitetura e Urbanismo foi aprovado. O que muda?

Curso de Marketing e Vendas para arquitetos

O exercicio profissional e a sustentabilidade das profissões: uma abordagem mercadológica - 3ª parte

O exercicio profissional e a sustentabilidade das profissões: uma abordagem mercadológica - 2ª parte

O exercicio profissional e a sustentabilidade das profissões: uma abordagem mercadológica - 1ª parte

Sociedade entre Arquitetos: A união, normalmente, faz a força!

Em dois meses, construção civil cria quase 102 mil novos empregos

Arquiteto ou arquiteta? Quem é melhor?

O Brasil preparado para crescer...Será???

O Brasil é um país de oportunidades para engenheiros...

Governo planeja construir nova rodovia Rio-Santos

Construção civil, após a crise, deve bater recorde de geração de empregos.

O acidente no Rodoanel e as boas práticas da engenharia

Obras públicas e a responsabilidade do sistema CONFEA/CREAS perante a nação! Final.

Obras públicas e a responsabilidade do sistema CONFEA/CREAS perante a nação! - 1ª parte.

O desabafo de um arquiteto

Relação arquiteto e cliente: um jogo de xadrez deveras complicado!

O IBDA também está no TWITTER

Lei federal exige específicamente a ART de orçamento

Os US$ 5 trilhões do G20 solucionarão a crise?

O principal documento para o trabalhador, não tem segunda via.

Lei de licitações e a polemica dos critérios de menor preço

Varejo de material de construcão deverá crescer 8,5 % em 2009 no Brasil.

Oferta de trabalho para 5.563 arquitetos e engenheiros

Orçamentos estimativos sem identificação de autoria pode anular licitação pública.

Lei de Licitações : O país precisa rever a Lei Nº 8666/93

Licitação por pregão : Carta aberta ao Senador Eduardo Suplicy

Irrigar a economia real sem custos extras

Relacionamento Entidade de Classe x Prefeitura... Parceria, Guerra ou Indiferença...

Resistência dos Materiais - Treliça Hipostática

Proposta de Política Industrial para a Construção Civil

Crises e Oportunidades

O TAC no contexto do direito ambiental

Vai montar seu canteiro de obras? Atente para alguns detalhes da norma

Maquete eletrônica – parte 1

Segurança em trabalhos com eletricidade

Como ter segurança em trabalhos com eletricidade

Em busca do tempo perdido

Antoni Gaudí, um arquiteto sonhador?! (Barcelona, 1852-1926)

Arquitetura Antroposófica: as artes plásticas e o desenvolvimento da alma humana

Os CREAs e o IPTU que as Prefeituras querem cobrar...

Zaha Hadid – uma arquiteta orgânica. Gosta de construir descontruindo.

É preciso recompor a arquitetura e a engenharia brasileiras

Quem tem medo de Oscar Niemeyer?

A Liderança Empresarial e a Sustentabilidade

O verdadeiro papel das entidades de classe.

Relação aberta, gol na certa!

O uso da medida grado na Geometria e a Historia Militar Brasileira - Aspectos de unidades de medida

Maquetes Eletrônicas

Eu compro imóvel na planta

Infiltração e drenagem - os temas da Maccaferri no Fórum da Construção

Engenharia de Avaliações

Oportunidades para o setor da construção no Golfo Arábico

CPMF

Táticas para pedir (e conseguir) aumento de salário

Obras e serviços de Engenharia não podem ser licitados por pregão !

Supersimples na construção civil: vale a pena aderir?

Proposta de projeto : a difícil negociação entre o arquiteto e o cliente,

A importância de contratar um Arquiteto e como proceder

Dúvidas mais comuns em relação ao registro de empresas no CREA-SP

Enigma estrutural: Teste estático versus teste dinâmico, ou Como Testar Uma Laje de Salão de Baile

O livro sagrado da Engenharia -- Surpresa! não é aquele que você está pensando.

Pensamentos da Engenharia

Imóvel, alternativa de aposentadoria

Honorários de engenharia : Como é difícil receber !!!

A.R.T. - Acervo e defesa do profissional

Orientação de um velho Engenheiro de Barbas Brancas a um jovem engenheirando sobre um estágio de férias

Aspectos matemáticos e humanos da corrente da felicidade

Invista no Arquiteto!

São Paulo, um gigantesco campo de trabalho para a Arquitetura

Como fazer a retificação de área no Registro de Imóveis

Espanhol cresce como ferramenta de trabalho!

Perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego(3/3)

Procedimentos em uma entrevista de emprego (2/3)

Preparando-se para uma entrevista de emprego (1/3)