Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Dr. Jorge Lordello

Como o ladrão escolhe um prédio para invadir?



Como um ladrão define um prédio para assaltar? Destacamos as quatro principais estratégias:



1) Obtém informação privilegiada: o marginal descobre que em determinado apartamento o morador esconde jóias, dinheiro ou objetos de valor. Como essa informação pode chegar aos ouvidos dos marginais? A experiência policial em investigações de furtos e roubos em residências nos mostra alguns caminhos:

a) Filhos: O adolescente e o jovem, quando estão em grupo, tendem a se soltar e com isso falam em demasia, geralmente na frente de pessoas estranhas. Se o comentário for em relação a dinheiro ou objeto de valor, é natural que as pessoas ao redor prestem atenção e ai pode ser uma válvula de escape de informação preciosa.

b) Funcionários do prédio e domésticos: Uma contratação, sem seguir os requisitos mínimos de segurança ou o comentário em relação à situação econômica da família, enfrente de empregados, pode gerar curiosidade ou ate mesmo interesse de passar essas informações para algum conhecido com índole criminosa.

Dado Alarmante: Recentemente, delegados de policia do Deic/SP fizeram a seguinte declaração em matéria do Jornal Nacional, que tratava sobre arrastões a prédios: ”De cada 10 crimes esclarecidos referentes a assaltos a condomínios, 7 tiveram a participação de funcionários do prédio, principalmente o porteiro”.

c) Filhos envolvidos com drogas: Filho de morador, viciado em drogas, pode promover pequenos furtos no prédio, como trocar informações importantes, por substancia entorpecente.

2) Abordagem do morador no trânsito: Muitos seqüestros relâmpagos vieram a acabar na residência da vítima, quando o marginal suspeita que possa levantar mais recursos indo na casa de sua presa. Apesar de raros, tivemos noticias de alguns moradores que voltando a pé para o prédio, foram dominados e obrigados a acompanhar os criminosos até a portaria para facilitar a entrada do grupo . Manchete que esclarece:

Síndico conta como foi assalto a prédio de luxo nos Jardins (SP) Fonte: UOL News, 19/12/2003

”O síndico do prédio de luxo, nos Jardins, em São Paulo (SP), assaltado na noite desta quinta-feira por oito homens mascarados, Ariovaldo Roscito, conta como foi o assalto, que aconteceu entre as 21h e as 0h de ontem, na Rua Padre João Manuel. "Eles entraram quando uma condômina entrou. Entraram com o carro junto. À medida que chegavam condôminos, eles eram colocados no quartinho de despejo, na garagem. Eles pegaram as pessoas e as retiveram nos quartinhos. Acompanhavam as pessoas até o apartamento e roubavam", afirma.



3) Abordagem de funcionário doméstico ou do prédio: A mídia tem noticiado com certa frequência que os marginais usam a estratégia de render o funcionário do prédio ou do morador para facilitar seu ingresso no condomínio

Bandidos sequestram empregada para entrar em apartamento de empresário Jornal da Tarde 3.6.03"O assalto começou pouco antes das 5h. Josefa, que trabalha há dez anos com a família, estava no ponto de ônibus num bairro de Santo André à espera da condução com destino ao trabalho, quando foi dominada por quatro homens e levada de carro para o prédio.
Na portaria, pouco depois das 5hs30, ao vê-la com dois homens, o porteiro perguntou quem eram. Ela foi forçada a dizer que eram seus sobrinhos e iriam consertar um vazamento da cozinha.
Assim que o portão foi aberto, os dois homens entraram com a empregada e foram para a guarita onde dominaram o porteiro. Outros assaltantes chegaram. Quatro deles foram para o elevador e subiram com Josefa que tinha as chaves da entrada de serviço.
Ela foi obrigada indicar o quarto do casal e do filho. O empresário disse à polícia que ele e sua família não sofreram violência”.



4) Escolha aleatória: Jovens sob o efeito de uso de entorpecentes, utilizando-se de veículos roubados, embicam o automóvel na garagem de prédios, esperando que algum porteiro desavisado abra o portão da garagem. Nossa equipe fez o seguinte teste. Com um veiculo alugado, percorremos vários prédios embicando com o carro na garagem. Após toques na buzina ou simplesmente piscando as luzes dos faróis, ficávamos aguardando a reação do porteiro. Após mais de 100 tentativas percebemos que para cada 10 prédios, cerca de 4 deles abriram incontinenti o portão da garagem. O pior é que em algumas situações, somente ao embicarmos o carro próximo da entrada da garagem, para fazer uma simples manobra, a portaria, já abre os portões, sem nenhum tipo de controle de acesso.



Dr. Jorge Lordello, especialista em Segurança Pública e Privada, Pesquisador Criminal, Conferencista Internacional.


Fonte:www.tudosobreseguranca.com.br




Você conhece o "Curso a distancia IBDA - CentrodEstudos? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Fique atento à segurança residencial durante as férias de julho

Corrimão: Item de Segurança

Acesso facilitado de veículos em condomínios causam fragilidades à segurança

Portarias despreparadas de condomínios podem facilitar ações criminosas

Como os marginais escolhem uma casa para invadir?

Dicas de Segurança - Em Residências e Empresas

Dicas de Segurança Residencial

Como escolher um sistema de alarme residencial

Dicas de Segurança em Residências

Como o ladrão escolhe um prédio para invadir?

Cuidados que o zelador deve ter para prevenir incêndios

Segurança em casa é garantia de férias (ou passeios) tranquilas

Porteiro e as qualidades que deve ter

Como deixar a casa segura durante as férias.

Você cuida da porta de seu apartamento?

Estratégia de defesa para condomínios

Construindo Segurança de sua familia

Janela vigilante detecta movimento à sua frente

Cuidado antes, para não se arrepender depois

Segurança monitorada : O olho mágico eletrônico

Arquitetura e segurança em casas de campo e de praia

EPI é necessidade para todo profissional

A influência da Arquitetura na Segurança