Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Redação do Fórum da Construção

Equipamentos de segurança residencial que você não pode ignorar



Para proteger a família e os bens patrimoniais, nada melhor do que investir para elevar a segurança da residência, habilitando o monitoramento em tempo real e a praticidade para contatar a polícia em casos extremos.

Neste artigo, vamos conhecer oito valiosas opções para você escolher o seu equipamento de segurança residencial.


Há opções para todos as preferências e necessidades, de acordo com o nível de segurança e tecnologia requisitados pelo proprietário. Preparamos um conteúdo especial para você conhecer as diversas opções. Confira!

1. Circuito fechado de TV (CFTV)

Uma opção cada vez mais moderna para se precaver contra invasões e ameaças, o CFTV monitora toda a movimentação na residência. Esse sistema de segurança eletrônica registra e armazena vídeos (com áudio) em alta definição, garantindo o monitoramento durante todas as 24 horas do dia.

Assim, o contratante pode acompanhar em tempo real tudo o que acontece na propriedade, por meio de computadores e dispositivos móveis. É possível verificar a situação da sua residência diretamente no celular, com acesso remoto otimizado.

Além disso, o circuito fechado de TV ainda opera como alarme, indo além do simples registro de imagens e monitoramento. O sistema se integra a uma central sincronizada com a polícia, agilizando combate a ameaças e invasões. Portanto, esse equipamento surge como opção essencial para proteger toda a família, mesmo à distância.

2. Câmeras

Para garantir a eficiência do circuito, é indispensável adotar câmeras de monitoramento de boa qualidade. Além disso, há a própria opção de câmera posicionada na entrada da residência, inibindo a ação de invasores e criminosos.

Os equipamentos mais modernos possibilitam a conexão com smartphones, computadores e outros dispositivos, monitorando e transmitindo as imagens capturadas em tempo real para o usuário. Essas câmeras proporcionam acompanhamento ininterrupto, agilizando a verificação de movimentações incomuns em sua residência.

Elas podem ser utilizadas em conjunto com empresas especializadas de segurança, auxiliando na identificação de pontos estratégicos de posicionamento dos aparelhos. Consultores profissionais podem indicar, também, as opções mais adequadas de acordo com cada usuário.

3. Alarmes

É uma opção já estabelecida no mercado, fundamental para otimizar o sistema de segurança de sua residência. Os alarmes são estruturas integradas por diferentes tipos de dispositivos e sensores próprios de movimento e presença. Posicionados em pontos estratégicos, são essenciais para prevenir invasões, roubos e até ações de vandalismo.

Os alarmes são conectados a centrais operacionais, monitoradas 24 horas por dia para garantir o conforto dos moradores. A instalação é outro fator positivo na escolha desse sistema, já que constitui um procedimento relativamente simples, além de manutenção facilitada. O custo-benefício é outro fator para ser levado em consideração.

4. Controles de acesso

Para gerenciar de forma ágil quem entra e sai da residência, o sistema de controle de acesso é fundamental. Essa estrutura pode ser instalada para controlar o fluxo de pessoas e restringir o acesso a determinadas áreas, ideal para quem trabalha em casa e deseja resguardar suas informações.

O controle de acesso opera com dispositivos tecnológicos de ponta, o que o torna essencial para garantir a segurança dos familiares e dos bens patrimoniais da casa. Há diferentes opções de acordo com as necessidades do usuário, mas as seguintes modalidades funcionam adequadamente:

- catracas;
- reconhecimento facial;
- leitura biométrica;
- cartões magnéticos;
- IDs de acesso.


O sistema pode ser instalado em diferentes partes da casa, acessível para moradores de condomínio ou para construções individuais. Ele proporciona agilidade na visualização de entrada e saída das pessoas, prevenindo o acesso não autorizado às dependências.

5. Cercas elétricas

As cercas elétricas são utilizadas ao redor da propriedade e do muro. A descarga elétrica associada é elevada, cumprindo com o intuito de desestimular invasores. A presença das cercas e do aviso que informa os riscos de se aproximar são poderosos inibidores, garantindo a segurança dos residentes.

Existe, também, a possibilidade de atrelar diretamente a cerca à central de alarme, o que possibilita a comunicação rápida em caso de rompimento dos fios, conferindo agilidade às ações necessárias para resguardar sua residência.

Porém, é importante notar que não é indicada a instalação de cercas elétricas em locais com ampla vegetação, já que o crescimento e a queda dos galhos podem acionar disparos. A necessidade extra de manutenção também será frequente.

6. Olho mágico moderno

Para quem se lembra bem do olho mágico clássico, um visor destinado a aumentar o campo visual, a opção mais atualizada confere uma otimização bastante interessante. A versão modernizada desse equipamento conta com uma pequena câmera desenvolvida de modo a parecer aos visitantes um olho mágico comum.

Porém, a câmera confere monitoramento por meio de um equipamento diretamente conectado à internet. Desse modo, é possível visualizar quem está à porta sem precisar se aproximar, de forma remota.

7. Videoporteiro

O videoporteiro é outro significativo avanço tecnológico destinado a conferir um nível elevado de segurança às residências. A tecnologia fornece todos os benefícios de um interfone tradicional, como a comunicação instantânea e a praticidade oferecida pelas câmeras de vídeo.

O sistema de videoporteiro funciona por meio de um aparelho posicionado em uma parede ou muro, fora da habitação, similar a um interfone. Quando o visitante chega e aciona o botão, anunciando sua presença, o morador pode visualizar quem está do lado de fora e iniciar a comunicação.

O videoporteiro pode ser anexado a fechaduras magnéticas de portões de garagens, portas principais e até entradas de condomínios. Além disso, é bastante resistente a intempéries, garantindo um custo-benefício vantajoso para o contratante.

8. Automação residencial

Uma tendência que promete se firmar também em nosso país, a automação residencial é uma modalidade de vigilância também conhecida como “casa inteligente”. O objetivo é que a habitação se torne um mecanismo integrado e prático de proteção, por meio de equipamentos estrategicamente posicionados.

Esse tipo de automação engloba tecnologias como os assistentes de voz, que proporcionam ao morador realizar ações significativas apenas com o comando de algumas palavras. Assim, é possível acionar os alarmes da residência, trancar as portas e até ligar e desligar luzes com apenas uma frase.

Como vimos no artigo, opções não faltam para aqueles que querem se precaver contra ameaças externas e criminosos. A tecnologia surge como importante diferencial, conferindo um nível de segurança sem precedentes para os usuários.

Para escolher o seu equipamento de segurança residencial, uma boa medida é procurar suporte especializado de profissionais de segurança — eles auxiliarão na escolha mais adequada para a sua propriedade. Além disso, aplicativos também podem ajudar.




Fonte:blog.gigasecurity.com.br




Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue
















Comentários

Mais artigos

Equipamentos de segurança residencial que você não pode ignorar

7 dicas para melhorar a segurança em condomínios

6 Dicas fundamentais de segurança residencial para deixar sua casa protegida!

Câmeras de segurança: em quais lugares a lei permite instalar?

Conselhos para evitar assaltos à residências

Fique atento à segurança residencial durante as férias de julho

Corrimão: Item de Segurança

Acesso facilitado de veículos em condomínios causam fragilidades à segurança

Portarias despreparadas de condomínios podem facilitar ações criminosas

Como os marginais escolhem uma casa para invadir?

Dicas de Segurança - Em Residências e Empresas

Dicas de Segurança Residencial

Como escolher um sistema de alarme residencial

Dicas de Segurança em Residências

Como o ladrão escolhe um prédio para invadir?

Cuidados que o zelador deve ter para prevenir incêndios

Segurança em casa é garantia de férias (ou passeios) tranquilas

Porteiro e as qualidades que deve ter

Como deixar a casa segura durante as férias.

Você cuida da porta de seu apartamento?

Estratégia de defesa para condomínios

Construindo Segurança de sua familia

Janela vigilante detecta movimento à sua frente

Cuidado antes, para não se arrepender depois

Segurança monitorada : O olho mágico eletrônico

Arquitetura e segurança em casas de campo e de praia

EPI é necessidade para todo profissional

A influência da Arquitetura na Segurança