Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Arq. Fabio Rocha / Sílvia Rocha

Finalize sua obra com estilo



Uma opção econômica na hora do acabamento é a textura de parede, que está presente no mercado há vários anos. Com esse recurso pode-se simular madeira, tijolo, mármore, palha e até mesmo paisagens. Entendemos que texturas, pedras e fibras são muito mais do que recursos meramente decorativos: são também úteis. A textura é um revestimento que serve para embelezar, proteger e corrigir pequenos defeitos estruturais.

Mais versáteis e menos trabalhosas na aplicação, as texturas podem substituir azulejos antigos e ainda segurar a umidade. Em comparação, as paredes de pedras têm como principal trunfo ajudar no isolamento térmico, pois aumentam a espessura da fachada, diminuindo a transmissão do calor – o que não ocorre com a simples aplicação de tintas.

Se o problema é a propagação do som, as fibras são uma opção intermediária, pois absorvem melhor o som do que paredes lisas, ainda que não cheguem ao patamar de materiais específicos para essa função, como a lã de vidro e outras espumas.

Há ainda alguns recursos simples de iluminação que valorizam os acabamentos. Nos ambientes internos podem ser utilizadas as luminárias tipo spot, que ficam embutidas, direcionando-as para as paredes texturizadas. Nas áreas externas, o ideal é instalar os pontos de luz no chão, iluminando de baixo para cima as paredes que se deseja salientar.


O uso das cores

A escolha das cores depende muito das preferências pessoais e características do ambiente. No entanto, uma boa escolha pode disfarçar problemas ou destacar pontos fortes: para “elevar” o teto, pinte-o com uma cor mais clara que a das paredes; se você quiser alongar um ambiente quadrado, a sugestão é que se aplique uma cor mais escura em duas paredes opostas.

Em residências o seu bem-estar deve estar acima de qualquer modismo ou crença. Já nos espaços empresariais, a adequação dos ambientes à imagem corporativa deve ser a principal preocupação, e as cores são largamente utilizadas em estratégias para divulgação e fidelização da marca.

Comentários

Mais artigos

Ano novo, pintura nova!

Cores na decoração: cor com personalidade!

Como escolher a cor certa para parede

Finalize sua obra com estilo