Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Steel Frame e Drywall (veja mais 16 artigos nesta área)

por Naiana Benner

Quando usar gesso ?



O gesso pode ser um elemento muito importante na decoração do seu apartamento. Com rebaixos bem planejados, ele permite personalizar espaços e deixá-los muito mais agradáveis.

Mas deve ser usado com cuidado porque o excesso ou a utilização inadequada pode comprometer o visual daquilo que se pretende deixar bonito. O gesso é geralmente usado em rebaixos e sancas, assim ele delimita áreas, disfarça vigas mal posicionadas e cria a sensação de movimento.


É também um recurso que permite o uso racional e harmônico da iluminação nos ambientes. Para entender melhor quando optar – ou não – pelos rebaixos, veja as dicas:

- Os rebaixos não devem ser utilizados em tetos que já são muito baixos – quando o pé direito do ambiente é de 2,40 metros ou menos. Nesse caso, o uso de rebaixo vai dar a sensação de opressão. Caso se queira criar a sensação de movimento em tetos baixos, a melhor opção são os borders (bordas de papel de parede).

- O inverso, é verdadeiro para os tetos muito altos, presentes especialmente em apartamentos mais antigos que têm mais de 2,60 metros de pé direito. Situações como essa tornam o rebaixo imprescindível. Nos imóveis atuais, o pé direito costuma estar próximo dos 2,60 metros e, nesses casos, o rebaixo é bem-vindo.
- O gosto do dono é um fator muito importante. Para algumas pessoas, rebaixos em curvas são considerados excessivamente ousados – preferem os que têm linhas retas. Outras, por sua vez, consideram que rebaixos retos são rígidos demais. Levar em conta as características de quem vai “conviver” com o ambiente rebaixado é muito importante.

- O rebaixo cria a possibilidade de se ter vários níveis de iluminação em um só ambiente. Ele viabiliza tanto uma iluminação mais direta, com dicróicas e outras lâmpadas, como uma alternativa mais suave, com a luz vinda da sanca. Mesmo na sanca, é possível ter dois níveis de intensidade luminosa: o cordão luminoso, que só emite uma luz tênue, difusa; e luzes embutidas, que são mais claras que o cordão, mas não chegam à intensidade da iluminação direta.

- Quando o teto não é muito alto, o ideal seria utilizar iluminação indireta com sancas e rasgo de luz, assim o foco da luz sofre uma barreira, sem perder a luminosidade.

- A iluminação a ser usada no rebaixo deve sempre levar em conta a cor do ambiente e a faixa etária das pessoas que irão utilizá-lo.

- As molduras de gesso utilizadas em ambientes pequenos devem ser de formas mais retas, de preferência aplique em 90 graus e não muito pequeno, como se pensa ser o certo, pois molduras pequenas chamam mais atenção para o tamanho do ambiente, quando esse já tem uma área reduzida.

- Em ambiente grande, devem ser utilizadas molduras largas e de preferências as que fazem teto e parede, para dar um ar mais aconchegante ao ambiente
.

Antes de fazer a aplicação do gesso em sua casa, procure referências de projetos e indicações de profissionais!




Fonte:blog.giacomelli.com.br




Você conhece o "Curso a distancia IBDA - CentrodEstudos? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Descubra o que é sanca.

12 Motivos para utilizar Drywall como Parede

Gesso na Construção Civil: Vantagens e Desvantagens

Como pintar teto de gesso

O conceito de Light Steel Framing

Gesso Acartonado - Drywall : Usos e Vantagens

Conheça as vantagens e desvantagens do drywall antes de escolher sua parede

Quando usar gesso ?

Estudos comprovam que o Gesso da Construção Civil pode ser reciclado.

Vantagens do Gesso Acartonado

Light steel framing: Estruturas em Aço Leve

Divisórias de Gesso Acartonado: consumidor brasileiro está desinformado.

O que é o Light Steel Framing

Light Steel Framing traz novas possibilidades para a arquitetura

Sistema Drywall - Construção seca, limpa e econômica

Drywall facilita pequenas reformas e incentiva novas tecnologias

Paredes de gesso e blindadas