Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Arquitetura Inclusiva (veja mais 47 artigos nesta área)

por Renata Lima de Mello

Aplicação do Desenho Universal no Visual Merchandising



O Desenho Universal é um conceito que busca conceber espaços, artefatos e produtos com a maior eficiência possível a todas as pessoas, proporcionando independência e autonomia de uso. Para tanto, fatores como variações antropométricas, sensoriais e cognitivas são estudas para desenvolver projetos universais.

Sendo assim, o Visual Merchandising que é uma importante ferramenta mercadológica de vendas pode ser beneficiado por esse conceito, na medida em que se ampliam os estímulos dos sentidos, proporciona acessibilidade, permitindo aumentar o número potencial de clientes e melhora na satisfação dos mesmos.


Fonte da imagem: http://www.fredericoalecrim.com.br

O objetivo maior do comércio é vender. Para isso, muitas empresas despertam o desejo do consumidor e reforçam suas necessidades de compra através do próprio espaço físico para aumentar seus lucros.

A ambientação do local passa a ser uma das chaves essenciais para o sucesso do negócio. Por isso a iluminação, os sons, os cheiros, as cores, a comunicação visual, os mobiliários e sua distribuição são criteriosamente estudados e definidos conforme o público alvo.

Nesse contexto, a iluminação inclusiva não deve gerar: ofuscamento, grandes áreas de sombreamento e significativas adaptações oculares. As áreas de interesse e relevância devem ser destacadas.

O uso do som deve ser muito bem avaliado para não causar desconforto aos usuários que ficam em períodos prolongados. Recursos como fontes de água e músicas, quando devidamente aplicados, podem contribuir para uma identificação dos diversos setores, facilitando inclusive, no deslocamento de pessoas cegas ou com baixa visão.

A aplicação de essências para estimular o olfato também é bem-vinda, quando utilizadas com moderação e devem estar alinhadas ao tema do local. Lojas de calças jeans para homens, por exemplo, costumam ter um cheiro mais amadeirado.

As cores, por sua vez, podem ser utilizadas para caracterizar áreas específicas ou andares, facilitando também no reconhecimento das mesmas. Além disso, cada cor está atrelada a uma sensação. O azul tranqüiliza, o branco traz paz, o amarelo carrega a alegria, o vermelho é associado à agitação, o rosa ao amor e o verde a natureza. Dessa forma, as cores devem ser utilizadas com critério. O setor de lingerie, por exemplo, costuma ter elementos na cor rosa ou vermelho. A área infantil masculina costuma apresentar elementos na cor verde ou azul.

Um fato interessante é que estudos científicos mencionam que trabalhar com dois órgãos do sentido, como por exemplo, visão e olfato, potencializam os registros no cérebro, como resultado a logomarca da empresa fixa melhor na memória dos consumidores, além do ponto de venda.

Cabe ainda mencionar sobre a comunicação visual, que para ser inclusiva deve ser: legível, clara, objetiva, respeitando textura,dimensionamento e contraste de cor. Os textos e figuras precisam ter contornos fortes e bem definidos, forma fechada, completa e com continuidade.

Os equipamentos de exposição, tais como: balcões, araras, estantes expositoras, expositor de parede, expositor central e complementos, são mobiliários que serão utilizados pelos consumidores finais diariamente, devendo ser acessíveis e seguros, apresentando cantos arredondados, firmeza e estabilidade.

Os produtos devem ser dispostos de forma que pessoas de várias estaturas possam alcançá-los com autonomia e independência, sendo indicada a colocação de peças repetidas nas áreas inacessíveis.

Todos esses recursos devem trazer maior identidade para o local e seus efeitos positivos poderão ser percebidos tanto pelo empresário como pelos clientes, resultando na configuração de espaços atraentes, inclusivos e lucrativos.

Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

A arquitetura inclusiva é a arquitetura que respeita a diversidade humana e gera acessibilidade para todos

Os pré-requisitos da arquitetura universal

Projetando a melhor idade

Arquitetura inclusiva, Desenho universal é a palavra-chave para alcançar a acessibilidade

Leis de acessibilidade e desenho universal

Acessibilidade, um direito de todos.

Acessibilidade, é direito de todos!

Espaços edificados para o idoso: condições de conforto.

Decore a casa para os idosos

Quarto para idosos

Arquitetura Inclusiva – Uma nova cultura

Como Adaptar a Casa Para Idosos?

Arquitetura Inclusiva e seus desafios

Aplicação do Desenho Universal no Visual Merchandising

Arquitetura Inclusiva e Desenho Universal: Qual seu valor de mercado?

Banheiros mais funcionais revelam adaptações com sutileza e elegância

Desenho universal para moradia popular

Acessibilidade e a visão do futuro

Calçadas e acessibilidade

Design Inclusivo: Benefício para todos

Idosos transformam o mercado imobiliário

Incentivo X Proibição das portas de 60 e 70 cm

Casa para a vida toda? Para todos?

Acessibilidade universal

Idosos : Conforto e autonomia em casa!

Projeto inclusivo de verdade

Arquitetura inclusiva : Casa para o idoso.

A arquitetura como instrumento de inclusão social

Crise? Momento ideal para novos mercados, novos desafios. Para os profissionais e para a indústria.

Projeto piloto comprova viabilidade econômica da casa universal

Serviço online permite que cegos naveguem na Internet de qualquer computador

Espaços Sentidos Universais

Ergonomia é fundamental em respeito ao cliente!

Projeto obriga construção de apartamentos para deficientes

Piso Tátil por quê?

A Igualdade Começa pelo Planejamento da Cidade

Projeto de sistema estrutural de orientação urbana para deficientes visuais

Joystick virtual substitui mouse por comandos de voz

Conheça o primeiro projeto com aplicação do Universal Design lançado no Brasil

Acessibilidade e a Visão do Futuro

Programa transforma voz em linguagem de sinais

Desenho Universal: reflexão e ação repercute no meio

Universal Design na Arquitetura

Desenho Universal: reflexão e ação

Moradias do futuro aliam conforto, segurança e também acessibilidade

Acessibilidade e sua importância nos projetos de hoje e do futuro

Design Universal na Arquitetura

Porta que otimiza espaço