Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Procuramos o desenvolvimento de nosso setor, em todos os aspectos,e saúde é sempre fundamental. Nessa nova área, temos a parceria e orientação do “Grupo Faz Bem”, que é composto por vários canais de comunicação, incluindo uma Editora, TV e Rádio web. O portal de saúde e relacionamentos www.fazbem.com carrega o mix de conteúdo sendo o número um, no site de busca Google. Os artigos são todos preparados por especialistas na área de saúde e relacionamento e cuidadosamente revisado pelos jornalistas J.Washington e Darleide Alves


Acesse : www.fazbem.com

Em Saúde para Profissionais (veja mais 67 artigos nesta área)

por Erinaldo Alves

Suicídio: O Que Leva Uma Pessoa a se Suicidar?



Com todo o excesso de problemas que assola a consciência humana, o suicídio é um ato que pode ser visto, erroneamente, pelas pessoas como uma espécie de refúgio, uma fuga para pôr fim ao sofrimento humano.

Durante muitos anos, ou quem sabe, durante toda a história, a morte ou simplesmente o fato de falar sobre ela, era visto como uma espécie de tabu.


Os antigos, durante a Idade Média, viam tal ato como pecado, posterior, como um crime e mais recente como uma loucura. Sabe-se, contudo, que esse tabu estende-se aos dias de hoje.

Dentre as diversas causas que levam alguém a cometer suicídio, as perguntas sobre essa questão são frequentes, bem como por que alguém comete suicídio, quais são as causas que o motivam, como e quando isso pode ocorrer, quem pode cometer, e assim por diante.

"Quando uma pessoa pensa em suicídio, ela quer matar a dor, mas nunca a vida." Augusto Cury

Dessa forma, é sabível que não existe idade, gênero, cor, classe, etnia ou raça que pode ser vista como uma exceção para cometer esse suicídio.

A verdade é que ninguém está fora do perigo de cometer esse ato, estando o suicídio presente entre as dez causas de morte em todo o mundo.

Alguns estudos aprofundados sobre o suicídio atestam que os motivos que levam alguém a cometê-lo é a perda do sentido existencial, que por sua vez precede a vivência de situações depressivas, estressantes, e que foge a racionalidade humana.

Vale lembrar também que nenhum dos atos supracitados pode determinar de fato as verdadeiras causas que levam alguém a ser autor da sua própria morte, o que pretende determinados estudos é alertar e tentar conhecer um pouco mais sobre essa prática do suicídio.

O assunto aqui proposto visa potencializar uma tentativa de alertar o leitor acerca das inquietações que assombram a psique humana.

Algumas pessoas que vivenciam uma perda, por exemplo, de um ente querido ou que já vem sofrendo de depressão pode, em casos extremos, tentar um suicídio, uma vez que o suicídio apresenta, de maneira geral e com exceção em certos casos, três etapas que arquitetam todo o ato.

3 Etapas que Arquitetam o Suicídio:

1 - O planejamento em que o suicida arquiteta onde, como e quando vai ser;

2 - A tentativa, a qual o suicida tentará, em muitos casos, diversas vezes até de fato conseguir;

3 - A terceira e última etapa, no pior dos casos, a morte.

Por outro lado, é essencial se perguntar: ‘’Como podemos reconhecer um indivíduo que pensa em se suicidar?’’.

Frequentemente costumamos ouvir em rodas de conversas ou até mesmo em outras situações do cotidiano que quem realmente deseja se matar não fala, não sai por aí dizendo que quer e que vai.

Aqui, no entanto, se encontra a primeira pista que um suicida pode nos dar. A questão é que quem pensa em se suicidar, fala sim, e não é apenas uma única vez; em certos casos, fala diversas e diversas vezes até ser ouvida ou no pior dos casos até ser IGNORADA.

Dentre outros gestos, um suicida pode fazer a demonstração de querer se suicidar tanto por comportamentos anormais, por desenhos, por falar exageradamente em alguém que já se foi, ou ainda por querer ficar sempre sozinha.

Neste caso, a solidão é a pior aliada para um individuo que pensa em se matar. Portanto, ao perceber alguém com esses comportamentos deve-se imediatamente ser dito para a família do suicida e ser encaminhado para um profissional, como psicólogo ou psiquiatra.

Em suma, o suicídio não é a porta de entrada para se resolver problemas presentes na vida de alguém.

Assim como o tema faz menção à ideia do suicídio ser vista pelos suicidas como a porta de entrada para revolucionar seus problemas, ou pôr fim a dor que vem sentindo, o texto aqui emposto faz um pedido aos leitores, para que procurem um profissional especializado no assunto, e que em hipótese alguma, vejam o suicídio como porta de entrada para dar-se fim a dor humana.



Erinaldo Alves, é acadêmico do curso de Psicologia da Faculdade Católica Rainha do Sertão (FCRS) e Escritor.


Fonte:opsicologoonline.com.br



Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue





Comentários

Mais artigos

Suicídio: O Que Leva Uma Pessoa a se Suicidar?

Os efeitos da solidão na saúde

10 Tipos de Acidentes Mais Comuns na Construção Civil

Oito dicas que ajudam a lidar com a pressão e o estresse

O stress e a organização no ambiente de trabalho

Tristeza natalina: por que acontece e como evitar

A importância da saúde para a competitividade das organizações

Abraços podem ajudar a prevenir estresse e outras doenças

Os 10 mandamentos de quem quer seguir uma dieta

10 principais problemas de saúde desenvolvidos no trabalho

Nove dicas para prevenir problemas de coluna

5 passos para melhorar a sua autoestima

Como cuidar da saúde, enquanto se está no trabalho?

O stress e a organização no ambiente de trabalho

Sedentarismo

Atividades para idosos: a vida começa aos 60!

Doenças do trabalho

Quais são os melhores alimentos para ter uma pele saudável?

Equilíbrio nos idosos

O Stress e Diabetes

Caminhar melhora a criatividade

Falta de exercício é principal fator de risco para mulheres

Tudo sobre o estresse

Como conversar e lidar com um idoso teimoso

Infidelidade conjugal: Prazer ou Dor?

Como é que o envelhecimento afeta a saúde sexual

Como cuidar da sua saúde durante o trabalho

6 dicas para acabar com o estresse no trabalho

Para melhorar a mente, aprenda algo realmente novo

Você não consegue julgar o comportamento dos seus amigos

É possível evitar a barriguinha da meia-idade?

Comer demais já mata mais do que fome no mundo

Sete dicas para afastar o estresse sem sair da mesa de trabalho

12 hábitos que ajudam a ter uma saúde mais plena

Como identificar os sinais de uma depressão

Leite de Soja – Propriedades Medicinais

Como tornar os dias dos idosos mais agradáveis.

Conheça mitos e verdades sobre exercícios abdominais

Como reduzir o problema do mau hálito

Andar é tão bom para o corpo quanto correr, com menos riscos

Como cuidar da sua saúde durante o trabalho

8 dicas para cuidar de uma pessoa deprimida

Civilização moderna, pessoas modernas e doenças modernas

Esclarecendo 25 dúvidas sobre o consumo de sal

Envelhecer - uma tarefa que exige cuidados simples

Os exercícios e a reciclagem do corpo

Sete hábitos para um coração saudável

Suar é importante para manter a temperatura, mas não emagrece

7 segredos para sua caminhada dar certo

Como cuidar do corpo para dominar o estresse

Pessoas bem informadas alimentam-se melhor

O que é o alongamento?

Plantas e ervas em excesso podem fazer mal à saúde!

Doces e açúcares na enxaqueca

Saúde: Seis regras de ouro para você.

Sonolência excessiva diurna, um problema atual

Filhos: os pais não tem como acompanhar o tempo todo, mas é preciso ter muito cuidado

Cogumelos, por que fazem bem à saúde?

Atividade física é qualidade de vida

Dilemas morais: Nós somos mais ou menos morais do que pensamos?

Uma maneira refrescante de cuidar da saúde: suchás

Os campeões são vegetarianos? Perguntas e respostas.

Ciúme ou medo?

Familiar deprimido? O que fazer

É hora de desintoxicar!

Relacionamentos: Como conviver com a sogra!

Alimentos saudáveis, de A a Z.

A importância da saúde na carreira profissional