Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Esta área é patrocinada pela Eternit, no Brasil desde 1940, líder no mercado brasileiro de telhas e caixas-d’água de fibrocimento. Além desses produtos, oferece telhas metálicas, soluções para agilização de obras como o painel wall; caixas-d’água de fibrocimento e de polietileno Eterplac, uma placa cimentícia de excelente performance técnica e versatilidade e Louças Sanitárias, uma nova forma para a qualidade que todos já conhecem.
Focada na promoção da sustentabilidade, é signatária do Pacto Global da ONU (Organização das Nações Unidas) e busca concentrar suas ações sociais e ambientais no público interno, nas comunidades e entidades no entorno de suas unidades.
Veja mais sobre a Eternit na página da empresa em nosso site

Em Coberturas / Sistemas Construtivos (veja mais 45 artigos nesta área)

por Redação do Fórum da Construção

Sistemas Construtivos Que Você Precisa Conhecer Para Construir Uma Casa



No Brasil estamos mais habituados a usar o sistema construtivo de alvenaria convencional ou o concreto pré-moldado, mas existem diversos outros tipos de sistemas construtivos inovadores que que estão chamando a atenção dos brasileiros.

Neste post você vai saber o que são sistemas construtivos e conhecer alguns dos principais tipos de sistemas construtivos que estão sendo utilizados no Brasil e no mundo atualmente, e ver qual é o mais adequado ao projeto da sua casa.

Sistema construtivo é a tecnologia e o método com o qual um edifício é construído. Ao escolher um sistema construtivo para uma edificação, é altamente recomendado que seja realizado um estudo para entender qual é o método construtivo mais adequado para cada situação e para os diferentes tipos de construção.

Um arquiteto ou um engenheiro podem fazer isso para você. É importante avaliar, entre outras questões, os materiais disponíveis na região, o tempo de obra, o orçamento, a tipologia da edificação, e questões ambientais.

1. Alvenaria convencional ou de vedação

Este é um dos tipos de sistemas construtivos tradicionais na construção civil no Brasil, principalmente por não ter a necessidade de ter uma mão de obra altamente especializada, o que facilita encontrar mão de obra.

O método construtivo é composto por vigas, pilares e lajes de concreto armado e a alvenaria é somente utilizado para vedação, normalmente feita com blocos cerâmicos, também conhecidos como tijolos de cerâmica – tipos de alvenaria. Mesmo sendo um dos sistemas construtivos mais tradicionais, ele tem suas vantagens e desvantagens:

Vantagens: É um dos sistemas construtivos com grande disponibilidade de mão de obra e materiais, pouca exigência para a qualificação de mão de obra, a estrutura suporta vãos médios e grandes, e é um método construtivo que facilita futuras reformas e mudanças no projeto.

Desvantagens: Costuma gerar muitos resíduos e desperdício de material, longo tempo de execução e um custo de obra elevado (se comparado a outros sistemas construtivos mais simples).

2. Alvenaria Estrutural

Esse método construtivo mescla o sistema estrutural com a vedação, utilizando blocos de concreto ou blocos de cerâmica fabricados com esse intuito.

Como as paredes são a própria estrutura do edifício, o projeto arquitetônico deve ser bem detalhado e compatibilizado com as dimensões das aberturas, com o projeto hidráulico e o projeto elétrico. Os vãos e as aberturas são definidos através da modulação dos blocos que serão usado na obra. Para as edificações com mais de 4 andares é necessário o uso de barras de aço para estabilizar o edifício.

Vantagens: Este sistema construtivo geralmente é o que gera maior economia, menor desperdício de materiais, reduz a quantidade de pessoas trabalhando na obra, e apresenta agilidade e menor grau de dificuldade na construção.

Desvantagens: As paredes não podem ser modificadas ou removidas posteriormente, sem colocar um elemento que suporte a carga da estrutura. Além disso, é necessária mão de obra especializada, os vãos livres são limitados por conta da estrutura e existem algumas limitações estéticas.

3. Wood Frame

O wood frame é um dos sistemas construtivos inovadores, e é muito utilizado nos Estados Unidos. É um método construtivo que vem ganhando destaque no Brasil, mas mas como o país muito úmido acaba sendo não se apresentando como alternativa muito vantajosa.

A estrutura do Wood Frame é formada por perfis de madeira, normalmente de reflorestamento (do tipo pinus). A madeira é maciça, contraventada com chapas de OSB (painel de tiras de madeira orientadas). A estrutura de madeira, é passada por um processo de autoclavada, com o objetivo de protegê-la de cupins e umidade.


Vantagens: Esse método construtivo apresenta ótimo desempenho acústico e térmico, resulta em uma construção rápida, reduz os resíduos de obra no canteiro de obras e tem baixo custo. As peças de madeira geralmente já chegam cortadas no tamanho correto no canteiro de obras, e o sistema construtivo também não usa água, por isso a obra costuma ser limpa e organizada. Além disso, é um sistema construtivo que utiliza a madeira de reflorestamento, que é a único matéria prima que é renovável no mundo da construção civil.

Desvantagens: Pelo fato de a estrutura ser feita por frames, ou seja, por partes, ela tem um número limite de pavimentos, e a mão de obra deve ser especializada. O principal ponto de atenção é o cuidado que devemos ter em relação à impermeabilização da estrutura e do fechamento.

4. Light Steel Frame

O método construtivo é muito parecido com o wood frame, mas a principal é que os perfis em vez de serem fabricados de madeira, são perfis de aço galvanizado. O fechamento nesse sistema construtivo geralmente é feito por por meio de placas cimentícias, madeira e ou de drywall.

Vantagens: É possível ganhar velocidade na construção e existe maior precisão na execução da obra, além de geralmente conseguir um isolamento térmico e acústico melhor, e uma estrutura leve, com grandes vãos. O desperdício de materiais e quantidade de resíduos também é muito reduzida.

Desvantagens: Existe uma limitação no número de pavimentos e a mão de obra deve ser altamente especializada – e por isso é mais difícil de ser encontrada e mais cara.

5. Paredes de Concreto

Os sistemas construtivos em concreto pré-moldado consistem no uso de paredes estruturais maciças de concreto armado. É feita uma fôrma de madeira ou metal, de acordo com o projeto arquitetônico do edifício, e essa forma é montada in loco (no canteiro de obras).

Pelo fato das instalações elétricas e hidráulicas serem embutidas, não há a necessidade de de quebra de paredes para passagem das tubulações. Esse método construtivo é recomendado para construções de grande escala, pois a fabricação das fôrmas costuma ser cara. Em uma construção de grande escala, as fôrmas podem ser reutilizadas, fazendo com que o custo da obra não fique tão elevado.


Vantagens: Esse sistema construtivo tem alta resistência à grandes temperaturas, apresenta pouco desperdício de materiais (exceto a madeira das fôrmas) e alta produtividade.

Desvantagens: Não costuma ter bom isolamento térmico e acústico. Pelo fato de utilizar fôrmas, as construções em pequena escala acabam se tornando muito caras e inviáveis. Não é possível fazer mudanças e alterações na parede, após duas construção.

6. Concreto pré-moldado

O concreto pré-moldado é um dos sistemas construtivos mais conhecidos e utilizados no Brasil, principalmente para galpões e grandes empresas. É um método construtivo que geralmente apresenta ótimo custo benefício, mas que deve ser bem analisado em cada caso pois envolve o transporte das peças.

O método construtivo é dividido em duas partes: as peças estruturais são fabricadas na fábrica, e depois transportadas até a obra, onde são colocadas na posição correta. Os fechamentos nesse sistema construtivo geralmente são feitos por por meio de placas cimentícias ou dry wall.

Vantagens: É possível realizar grandes obras em pequeno espaço de tempo, mais organização e limpeza na obra, o número de pavimentos possíveis é alto – feito através do esqueleto, e podem chegar a ter vãos de 30 a 60 metros de comprimento.

Desvantagens: Não existe muita flexibilidade, e mudanças de última hora podem acarretar em desperdício de peças inteiras, além de exigir uma empresa com mão de obra e equipamentos especializado.

7. Container

O container está sendo muito utilizado como sistema construtivo, por se apresentar como um material resistente, que confere aspecto moderno e industrial à edificação, além de ser um material sustentável e, por isso, é um dos sistemas construtivos alternativos disponíveis no mercado. O tempo de obra também é muito pequeno, se comparado a outros métodos construtivos.


Vantagens: Uma obra super rápida, que leva geralmente de 60 a 90 dias para ficar pronta, além de apresentar baixo custo, e poder custar até 30% a menos do que uma construção tradicional. É um tipo de construção sustentável, pois reutiliza o container, que na utilização marítima é somente utilizado por 8 anos.

As casas containers também geram uma obra limpa, com pouco entulho e poucos materiais adicionais. Existe ainda a economia de recursos naturais, como pouca utilização de areia, tijolo, cimento, água, ferro e etc. Depois de pronta, a casa pode ser desmontada e montada em outro terreno, e apresentam alta durabilidade. As características modulares do container permitem diversas formas de montagem, criando edifícios únicos e modernos.

Desvantagens: É necessária mão de obra especializada, principalmente quanto ao corte das esquadrias. Além do espaço da construção em si, é importante que o terreno tenha espaço para que os guindastes de transporte possam manobrar o container. Por ser feito de aço, o isolamento térmico e acústico é ruim, e por isso é necessário o uso de mantas e tratamentos específicos. É importante tomar cuidado na hora da compra do container, dependendo do que ele transportou no passado pode haver vestígios contaminantes, além de ferrugem – nesse caso é importante que seja feito um tratamento adequado, antes da aplicação na construção.

De qual sistema construtivo você mais gostou?



Fonte:homify.com.br




Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue




















Comentários

Mais artigos

Sistemas Construtivos Que Você Precisa Conhecer Para Construir Uma Casa

Dicas para conservação das telhas

5 Sistemas construtivos inovadores que você precisa conhecer

Conheça 3 tipos de forro PVC usado em construções

Como economizar na obra: 4 tipos de telhados baratos

Platibanda e beiral: qual é a diferença e como inspirar seu projeto?

Você conhece as vantagens da cobertura metálica?

7 pontos negativos dos telhados embutidos

Cobertura de vidro ou policarbonato: qual é a mais indicada?

Conheças as telhas termo acústicas, principais vantagens e indicações

Como fazer um telhado gastando pouco ou gastando menos?

Diferenças entre os principais sistemas construtivos utilizados

Como consertar telhado com vazamento?

Vazamento de água da chuva pelo telhado: saiba mais

Quais são as opções para fazer o teto de uma construção?

Ecotelhado, ou telhado verde.

Como Limpar Telhados

Telhado: como deixar a casa mais fresca

Tipos de telhado: qual escolher?

Uma alternativa para sua cobertura: Telhas de concreto

Como projetar um telhado

Evite problemas no telhado

Como posso dimensionar a caixa d'água da minha residência?

Coberturas: usando a barreira radiante de maneira correta

Como pintar telhas de Fibrocimento?

O Calor e Seus Efeitos nas Edificações

Telhados brancos podem esquentar, e não esfriar

O que são placas cimentícias?

A utilização de placa cimentícia em sistemas construtivos. Algumas dicas.

Sistema construtivo pré-fabricado, ou sistema convencional?

Placas cimentícias ampliam opções para sistemas construtivos

Telhado inteligente economiza energia em todas as estações

Isolamento acústico. O que é? Como resolver?

Falando em saúde, e a Caixa d’água de sua casa?

Telhas metálicas levando versatilidade nos projetos de cobertura.

Sistema construtivo: rapidez, qualidade, com sustentabilidade.

Placa cimentícia, unindo versatilidade, leveza e solução arquitetônica

Light Steel Framing, versatilidade, rapidez na montagem e um excelente acabamento.

Cobertura com Telhas de fibrocimento

Proteção e beleza com telhados

Painéis Wall Eternit: projetos com aparência de obra de arte.

Placas cimentícias revitalizam fachadas

Uso de placas cimentícias na construção pode ser marcado pela criatividade

Telhas metálicas termoacústicas ganham pontos na construção verde

Obra rápida e limpa. Eco – Pousada Teju-Açu.

Cobertura estrutural Massimiliano Fuksas