Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Carreiras de Sucesso (veja mais 15 artigos nesta área)

por J. Osíris Thomaz de Almeida

A crise está terminando. Você ganhou ou perdeu com ela?



Crise! E qual a sua atitude? Essa foi a pergunta que fizemos no mês de outubro do último ano, quando destacávamos que a única certeza que havia, é que no final dela (e crise sempre termina, mais cedo ou mais tarde) haveria vencedores e perdedores. E você? E sua empresa? Está em qual grupo? Essa crise, que reconhecidamente está sendo superada, serviu para seu crescimento?

"Um otimista vê uma oportunidade em cada calamidade. Um pessimista vê uma calamidade em cada oportunidade. " (Winston Churchill).

Essa é a grande diferença entre os grupos de vencedores e perdedores.

Estamos vendo todos os dias na mídia, informações de empresas e de setores que estão apresentando números muito interessantes de crescimento nas vendas, contratação de profissionais, novos nichos de mercado conquistado. Enfim, santa crise, que promoveu uma verdadeira revolução em conceitos e objetivos.

Você está nesse grupo? Sua empresa está?

E agora vem um segundo “movimento”, tão importante quanto o de superar momentos de tensão no enfrentamento da crise: como aproveitar o momento de expansão do mercado?

Esse é o momento para consolidarem seus negócios e superarem a concorrência. Quantos concorrentes seus, durante a crise não “andaram para trás”? Diminuíram seus investimentos em marketing, reduziram a preciosa mão de obra especializada que tanto demorou em conseguir. E agora? Como voltar a “andar para frente”?

Enfrentar crise e crescer nela é sinal de competência, de visão estratégica, de não ter medo de quebrar paradigmas, e sempre, nesses momentos revelam-se os líderes de mercado, os grandes vencedores.

E agora, quando a “luz no final do túnel” começa a revelar já os raios de sol de um novo amanhã, são essas mesmas empresas que tem tudo para expandir ainda mais seus mercados e fortalecer lideranças.

E você? E sua empresa? São vencedores na crise? Tomara!

Comentários

Mais artigos

Projetando escritório de advocacia, com criatividade no aproveitamento dos espaços

Rose Elizabeth Mello – DiversiArte

A mulher, o trabalho e o stress

Benedito Abbud: 40 anos de história na arquitetura paisagística

Arquiteto Zanettini completa 50 anos dedicados à arquitetura

Projeto cria conselho exclusivo para arquitetos

A crise está terminando. Você ganhou ou perdeu com ela?

O profissional e o sucesso do projeto

A lua que não dei!

Capela brasileira recebe Prêmio Internacional de Arquitetura Sacra

Para sua reflexão

O encanto do paisagismo de Gilberto Elkis

Bruno Padovano -– criar é preciso!

Siegbert Zanettini -- 40 anos de sucesso

Em Santos, arquiteta concilia família e profissão sem mistérios

Karina Korn