Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Automação residencial (veja mais 25 artigos nesta área)

por Alexandre Fracchetta

Ataque de hackers em sistemas de automação



Se nós estamos preocupados com os hackers apenas nos programas mais usuais na internet, como contas bancárias, e-mails, envio de documentos entre outros, devemos ficar atentos também aos sistemas de automação controlados por softwares.

O que isso abrange?

Este assunto estaria mais relacionado ás áreas industriais e prediais. Os hackers estão atacando também em sistemas de comando desde uma simples automação de iluminação predial até plantas de complexos parques industriais, alterando parâmetros de produção, composição de produtos, vazão de materiais combustíveis entre outros.




Isso é bastante preocupante e trata direto com os profissionais ligados á área de segurança da informação

Com o avanço tecnológico e aplicação cada vez mais freqüente da internet, estes sistemas estão sendo cada vez mais, monitorados á distancia através de redes sem fio e trabalhando com aplicativos muito conhecido pelos hackers. Fica muito fácil então qualquer um entrar na rede de comando de uma empresa e alterar valores de processo.

Qual seria a mediada mais segura?

Devemos voltar a trabalhar com as redes fechadas? Sistemas de supervisão e alteração de dados de processo via rede com cabeamento convencional, para garantir ao máximo a integridade do sistema?. Apesar de contarmos com vários meios para bloquear intrusos, acredito que este meio ainda seja o mais seguro e eficiente. Mas existe a situação do operador que está a uma distancia muito grande e precisa monitorar dados do processo.

Um exemplo está nas salas de comando das usinas e centros de operação e tornam o acesso aos profissionais de fora da área operacional muitas vezes difícil se fazendo necessário o acesso á esses parâmetros via internet. Instalados para atender aos operadores, os consoles estão à disposição destes profissionais e os aplicativos são criados para apresentar da melhor forma possível todos os equipamentos que envolvem a planta operada, como geradores, turbinas, circuitos unifilares da usina e auxiliares elétricos.

Devido à instalação nos centros de operações, estes equipamentos ficam afastados demais dos usuários que necessitam de informações do sistema, gerando dificuldades para busca de informações. Com o sistema operando via wireless se torna fácil a invasão a estes sistemas.

Para resolver este problema de não disponibilidade das informações das operações em tempo real, necessitamos de uma interface (software) que receba os dados desta rede e disponibilize para os tomadores de decisão da empresa. O problema principal é a interligação segura entre as redes de automação e corporativa para a transmissão destes dados.

Normalmente as redes corporativas estão mais suscetíveis a invasões, vírus ou fatores que comprometem o funcionamento de forma correto. Em redes de automações estas ocorrências praticamente são nulas devido aos procedimentos de acesso e segurança das informações.

Para tentarmos minimizar estes problemas os profissionais voltados á área de projetos de software observam o seguinte:

- Identificam a melhor configuração para interligação de rede e, em função da escolha, elaboraram a especificação técnica de hardware e software necessária para efetuar a interligação com total segurança;

- Selecionam, de acordo com a configuração adotada, a melhor opção para elaboração do software que irá disponibilizar as informações necessárias na rede corporativa;

- Levantam dos pontos com necessidade de aquisição para montagem de telas e relatórios para disponibilizar aos clientes.

Se o projeto verificou as necessidades e mapeou as possíveis falhas, restringindo os canais de ligação com equipamentos e software capazes de evitar invasões, disseminação de vírus e outros agentes que podem comprometer o funcionamento da rede as devidas precauções devem ser tomadas com software já existentes para proteger todo um sistema por mais complexo que seja.



Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

Dicas Fundamentais para sua Automação Residencial

O papel do arquiteto na automação residencial

5 benefícios da automação de iluminação

Visão geral e uso da automação

Automação residencial já é uma realidade

Automação Residencial

Você sabe o que é automação?

Automação residencial integra tecnologia e segurança

As facilidades e segurança na automação residencial

A Importância do Arquiteto na Automação Residencial

10 dicas para resolver falhas na conexão HDMI

Automação residencial: a tecnologia invade a sua casa

Automatizando os sistemas de manutenção

Automação residencial: a tecnologia invade a sua casa

Ataque de hackers em sistemas de automação

O que é automação residencial

Como utilizar o conforto térmico a seu favor

Estamos preparados para a automação residencial?

Automação residencial: realidade hoje!

A tecnologia nas transmissões da TV. Entenda um pouco sobre as transmissões em 3D

Soluções práticas com piso elevado

Como deve ser sua “sala de videoconferência”

Até micro cozinhas podem ser high tech!

Projeto de Interiores e Automação

Aproveitamento de água de chuva e contenção de enchentes

Automação otimiza gerenciamento residencial