Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Automação residencial (veja mais 24 artigos nesta área)

por Alexandre Fracchetta

Como deve ser sua “sala de videoconferência”



Com o dinamismo que devem ser tratados os assuntos atualmente, as empresas passaram a adotar na sua grande maioria o sistema de videoconferência, poupando assim o tempo dos executivos, os gastos com viagens e hospedagem e os assuntos são tratados com a mesma eficiência de uma reunião feita na forma tradicional.

Treinamento á distancia palestras, pronunciamento de autoridades e até mesmo shows de rock, podem ser tratados de forma semelhante.

Estas salas requerem alguns cuidados especiais do ponto de vista de sua arquitetura e infraestrutura nas instalações elétricas.

Do ponto de vista arquitetônico deve ser observado todo o revestimento acústico da sala, assim como o sistema de iluminação apropriado para filmagens e sistema de sonorização.

Critérios de acústica e iluminação:

Elas devem ser imunes a ruídos externos e luminosidade que não cause distorção nas imagens, situação semelhante á um Studio de TV. Pois é importante manter a qualidade sonora e em conseqüência o sigilo das informações tratado durante os eventos. Materiais isolantes acústicos devem ser aplicados em paredes, portas, pisos e até mesmo em janelas. O nível máximo de ruído admissível para um ambiente corporativo não deve exceder 50dba (decibéis acústicos). Importante também é a criação de uma ante-sala de acesso ao ambiente, para que ruídos externos não atrapalhem quando da entrada de pessoas no local durante o evento.

A qualidade do vídeo irá depender muito do tipo de iluminação utilizada. Devem ser escolhidas salas com o mínimo de janelas possíveis e estas quando existirem deve-se utilizar persianas do tipo blackout.

As lâmpadas devem ser do tipo fluorescente e devem ser homogêneas, na questão da sua tonalidade. A intensidade de luz recomenda para estes ambientes devem estar em torno de 800lux quando medidas na altura no rosto das pessoas. Como recursos na iluminação podem ser utilizados dispositivos que controlam a intensidade de luminosidade (Dimers) a fim de obter o melhor nível de claridade do ambiente.

Equipamentos eletrônicos:

As tradicionais telas retráteis assim como os projetores estão sendo substituídos por TVs de LCD os quais diminuem os custos com manutenção com aumento da qualidade de imagem. Basta uma câmera de vídeo, um computador e duas TVs acopladas ao sistema de Telecom, para montar o sistema de videoconferência.



Leiaute básico:

Foram especificados até aqui, alguns critérios básicos, tais como, o tratamento acústico, a iluminação, equipamentos e agora quanto ao leiaute, temos a considerar:

a) As posições de câmeras, microfones e participantes, para a correta tomada de áudio e imagem do ambiente;

b) As áreas de circulação de pessoas sem o risco de obstrução da visada da(s) Câmera(s);

c) O posicionamento das mesas e cadeiras de modo a que os participantes tenham uma visão livre e confortável dos sistemas de visualização (monitores de TV e a captação da câmera)

d) O posicionamento dos equipamentos em relação aos participantes, obedecendo a uma distância mínima para tomadas de cenas, de áudio e para visualização de imagens.

e) As dimensões e disposição das salas, segundo a finalidade a que se destinam.

Já existem várias empresas que estão locando salas de videoconferência para as mais diversas finalidades e configurando a sala com equipamentos que atenda as necessidades do cliente, como internet em banda larga, sistema skype de ligações telefônicas, entre outras.

Redes internacionais são montadas para conversação e apresentação com os mais variados tipos de conteúdo. Até mesmo o interrogatório de presos de alta periculosidade está sendo feita a fim de evitar o deslocamento dos mesmos.

Tornou-se um segmento que vem se desenvolvendo muito e acompanhando o avanço tecnológico em termos de equipamentos de áudio e vídeo e técnicas construtivas.



Para grande número de pessoas também podem ser utilizadas em forma de auditórios, já com um processo de controle mais avançado tanto em termos de equipamentos onde todos os participantes podem interagir e para isso estão centralizados em uma mesa de comando geral , assim como no sistema construtivo que irá exigir projetos mais detalhados com relação à iluminação, isolamento acústico e ergonomia.

Além disso, temos o lado do entretenimento como, assistir aos bons espetáculos, acompanhar um musical, uma opera ou um show de rock.

Nada melhor e mais agradável do que viver estas cenas em espaços adequados, projetados com o máximo de conforto e perfeito casamento entre a acústica, iluminação e segurança.

Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

O papel do arquiteto na automação residencial

5 benefícios da automação de iluminação

Visão geral e uso da automação

Automação residencial já é uma realidade

Automação Residencial

Você sabe o que é automação?

Automação residencial integra tecnologia e segurança

As facilidades e segurança na automação residencial

A Importância do Arquiteto na Automação Residencial

10 dicas para resolver falhas na conexão HDMI

Automação residencial: a tecnologia invade a sua casa

Automatizando os sistemas de manutenção

Automação residencial: a tecnologia invade a sua casa

Ataque de hackers em sistemas de automação

O que é automação residencial

Como utilizar o conforto térmico a seu favor

Estamos preparados para a automação residencial?

Automação residencial: realidade hoje!

A tecnologia nas transmissões da TV. Entenda um pouco sobre as transmissões em 3D

Soluções práticas com piso elevado

Como deve ser sua “sala de videoconferência”

Até micro cozinhas podem ser high tech!

Projeto de Interiores e Automação

Aproveitamento de água de chuva e contenção de enchentes

Automação otimiza gerenciamento residencial