Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Arq. Iberê M. Campos

Dúvidas mais comuns em relação aos pisos vinílicos



Muitas pessoas têm dúvidas com relação à utilização de pisos vinílicos, seja na hora de especificar, aplicar ou manter. O SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) da Tarkett, empresa parceira do Fórum da Construção, tomou o cuidado de selecionar as perguntas mais freqüentes que chegam ao seu Departamento Técnico, para facilitar a vida dos consumidores, arquitetos, engenheiros e construtores.
1 -- Como retirar a cola preta do contrapiso para aplicar outro produto ou mesmo um piso vinílico?
A remoção do produto deve ser feita com uma espátula e, posteriormente, com uma lixa grossa. Não é recomendável utilizar produtos derivados de petróleo para auxiliar na remoção dessa cola.

2 -- Qual o tipo de manutenção exigida pelos pisos vinílicos e quais produtos utilizar?
A manutenção pode ser manual ou por máquina. Os produtos utilizados são Cera Acrílica, Detergente Neutro, Removedor Acrílico e Selador. Recomenda-se utilizar os produtos da mesma fábrica do piso. Em grandes obras podem ser utilizados, além dos produtos da própria Tarkett , itens semelhantes da marca Becker, para uso de manutenção.

3 -- Os pisos vinílicos podem ser aplicados sobre madeira?
Não é recomendada a aplicação de pisos vinílicos sobre madeira.

4 -- Qual a diferença entre o adesivo betuminoso (“Flexofix”) e adesivo acrílico (“Fadecril”)?
A diferença está na composição dos produtos. Adesivos Betuminosos têm base asfáltica e adesivos acrílicos são feitos à base de água.

5 -- Pisos vinílicos do tipo “Paviflex” podem ser aplicados na área do box do chuveiro?
Não se recomenda usar pisos vinílicos neste tipo de ambiente.

6 -- Vou começar uma reforma e gostaria de saber se existe alguma argamassa para aplicar sobre um piso cerâmico preparando-o para receber um piso do tipo “Paviflex”. A aderência a essas duas superfícies é possível?
Antes de instalar o piso vinílico sobre a cerâmica, esta deve ser preparada da seguinte forma:
Remover eventuais ceras, graxas ou óleos com detergente removedor de ceras.
Aplicar um primer. Há 2 opções:
1º) 1 kg de cola PVAc por 4 litros de água (ver manual);
2º) Aplicar uma demão de cola de duplo contato com um rolo de lã e aguardar secagem de aproximadamente 12 horas.
Depois da preparação:
Aplicar 1ª demão de massa de preparação com desempenadeira lisa na proporção de 4:1:10 e as demais 8:1:10.
Secagem de 3 horas de uma demão e outra e na última demão para o adesivo,
aguardar 12 horas para secagem.

7 -- Tenho uma utilização de adesivo que não é para instalação em pisos vinílicos. Na verdade, preciso colar uma manta vinílica (“Sansuy”) em uma estrutura de concreto (vigas e pilares) ou em blocos de concreto. Acho que o adesivo para pisos vinílicos seria o mais indicado. Gostaria de mais informações técnicas e, principalmente, saber se a Tarkett comercializa somente o adesivo
Os adesivos para pisos vinílicos da Tarkett somente têm a garantia da empresa quando utilizado em seus produtos. Todo o desenvolvimento do adesivo é feito com base nas características técnicas nos produtos Tarkett. Não se sabe a reação em outros revestimentos, ou seja, fica por conta do comprador fazer os testes necessários para verificar a compatibilidade.

8 -- Existe uma maneira para se medir a umidade no contrapiso que seja 100% confiável?
Institutos especializados como IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) realizam medições em estufa. No entanto, o método mais prático é utilizar pedaços de plástico 40x40cm, colocá-los em pontos espalhados pelo ambientes e aguardar 24 horas. Depois disto, retirar os plásticos e observar se há formação de gotículas ou presença de umidade na face em contato com o contrapiso.

9 -- O piso Traffic pode ser colocado em cima de madeira?
Pode. O ideal seria um tablado de MDF de 20mm pois, se colocado em assoalho, tacos e outros pode haver o deslocamento da massa de preparação e piso, com isso perde-se a condutividade do piso e também a aparência fica prejudicada.

10 -- Qual a diferença entre PU e PUR?
PU é como uma demão de verniz passado sobre o piso, criando uma camada de proteção inicial. No sistema PUR o piso recebe mais uma camada de proteção tornando-o mais reforçado e resistente.

11 -- Pode-se aplicar a cola “Fadecril” em cima de madeira, para instalar os produtos em manta?
Em cima de piso de madeira a Tarkett indica o “Decorfix”, pois tem mais adesividade. Mas não deve usar “Fadecril” para a colagem de piso em manta em nenhum contrapiso.

12 -- É aconselhável instalar pisos vinílicos em danceterias?
É possível, entretanto há uma restrição quanto à queimaduras por pontas de cigarros acesas que podem queimar o chão. Neste caso, é preciso trocar a placa danificada. E é de extrema importância observar as instruções para limpeza e conservação.

13 -- Pode-se instalar “Decorflex” com cola de contato?
Não pode ser usada cola de contato para a instalação das linhas “Decorflex” ou “Absolute” da Tarkett, pois estes pisos reagem ao adesivo, ocasionando manchas e bolhas.

14 -- Qual é o piso indicado para uma sala de ressonância magnética e tomografia?
Se for centro cirúrgico e precisar de condutividade a Tarkett indica o “Traffic ELS”, para as outras áreas médicas podem ser usados o “Pavifloor Prisma PU” e o “Eclipse PUR”.

15 -- Qual a seqüência de limpeza para o Paviflex?
Depende do tempo de instalação do piso. Se a instalação for recente, primeiramente limpa-se com detergente e depois usa-se um pano úmido para retirar todo produto aplicado, para finalizar aplica-se cera. Mas se o piso já tiver sido instalado há algum tempo, aplica-se detergente, removedor, depois o pano úmido para retirar os produtos e, por último, igualmente aplica-se a cera.

16 -- Qual a seqüência de limpeza para “Absolute”
Depende do tempo de instalação do piso. Se a instalação for recente, primeiro aplica-se o detergente, após o selante e, em seguida, a cera. Caso o piso já tiver sido instalado há algum tempo, aplica-se detergente, removedor, selante e, por último, a cera.

17 -- Pode-se usar outros produtos de limpeza e conservação que não sejam Tarkett para o piso “Pavifloor”?
Sim, pode-se usar produtos similares de outras marcas como Becker, Ecolab, Johnson e Inglesa. O mais importante é observar se o produto é indicado para pisos vinílicos e para as necessidades de uso.



Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

Benefícios e Vantagens do Uso do Carpete

Confira as vantagens e desvantagens do piso de Mármore

Como escolher o piso ideal para a sala

Cuidados para limpar e conservar bancadas de granito

Pisos para apartamento: como escolher o modelo mais adequado para o seu uso

Acabe com as dúvidas sobre o piso da cozinha

Por que utilizar o piso vinílico?

Porcelanato preto, branco, cinza e travertino.

Dicas para evitar erros na instalação do piso vinílico

As vantagens no uso do piso vinílico

Piso vinílico facilita uso de madeira na decoração de banheiros e cozinhas

Pisos de madeira de demolição: como escolher.

Um novo ambiente? Pisos vinílicos, a solução ideal

Pisos vinílicos: práticos de aplicar e de usar

Dicas para manutenção de pisos

Piso cerâmico, o que usar em casa?

Revestimentos vinílicos para área molhadas, a solução da Tarkett

A praticidade e o design do Piso Vinílico

Como decorar o quarto do seu bebê. Qual o piso e outras dicas.

Soluções em pisos vinílicos para ambientes esportivos e hospitalares

Olhos atentos no chão, inovando com pisos vinílicos.

Pisos vinilicos unindo sonho e fantasia

Parece madeira, mas é piso Fademac

Pisos vinílicos auxiliam na questão da humanização hospitalar

Fademac cria hot site para linha ABSOLUTE

Pisos sustentáveis: Você sabe onde se está pisando?

Pisos vinílicos : Quando valorizar a imitação significa respeitar a natureza

Pisos vinilicos : um novo olhar!

A importância do contrapiso para a colocação de pisos vinílicos

Dúvidas mais comuns em relação aos pisos vinílicos

Pisos frios: como usar e o que evitar na decoração