Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Decoração e Arquitetura de Interiores (veja mais 165 artigos nesta área)

por Maria Alice Miller

O designer de interiores, profissional ou amigo?



Tenho visto a cada dia mais lojas do ramo de decoração - principalmente de mobiliário, mas também de outros produtos - acenarem com consultorias e projetos "gratuitos", fornecidos dentro das próprias lojas, a quem ali adquira seus móveis, cerâmicas, louças e metais.

Trata-se de uma generalização do serviço prestado há muitos anos pelas lojas de armários modulados, que tem se espalhado pelo mercado na luta pelos Clientes que têm se interessado a cada dia mais por ter casas "bonitas e acolhedoras". Sei que sou um lado interessado e portanto "suspeito" para falar a sobre este assunto, mas decidi escrever a respeito, pois sinto que as pessoas que pensam se aproveitar dessas "ofertas", na verdade, desconhecem e/ou têm restrições ao trabalho de um profissional de interiores.

Uma parte do público pensa que nosso trabalho consiste apenas em distribuir quadros pelas paredes ou em escolher tecidos para sofás e cortinas, e que, para isso, não vale a pena contratar alguém, pois elas mesmas podem escolher sozinhas, de acordo com seu gosto pessoal. Mas uma outra parte, na verdade, não é tão auto-confiante assim e tem dúvidas sobre como deve compor seus ambientes e realmente procura por apoio na hora de decorar suas casas. Vamos focar neste segundo grupo.


Show-room cheio de opções: o que escolher?


Acho que muitos procuram pelos tais projetos e consultorias gratuitos porque têm enormes dúvidas sobre o que vai bem com o quê, qual produto tem maior durabilidade, qual é mais fácil de manter, e principalmente, sobre como combinar os diversos itens que compõem uma casa. Eu diria que este é o resultado visível de nosso trabalho, mas que ele não se resume a isto. E este ponto não está claro para o grande público.

Além do suposto "benefício" de não desembolsar nenhum tostão com um projeto ou uma consultoria de interiores - que são serviços, e que portanto não são palpáveis como um móvel, não podem ser devolvidos, nem passados adiante - creio que existe um outro fator que motiva estas pessoas: a insegurança de contratar alguém que pode não as compreender, que crie algo que não gostem, ou ainda mais, que não aceitem suas idéias sem tentar mostrar que, às vezes, muitas de suas vontades e desejos não são harmoniosas.


Prestar auxílio e entender o Cliente: trabalho árduo ao qual devemos nos dedicar.


Penso que os profissionais de verdade, e as pessoas dispostas a terem uma casa bem arrumada, se dispõem a um trabalho árduo de conhecimento mútuo: a nós, cabe entender as sutilezas das preferências de uma família, e até mesmo os diferentes gostos que ali habitam e devem ser atendidos harmoniosamente dentro de um projeto; aos Clientes, cabe refletir sobre o que falamos, tanto em termos de estética e bom gosto quanto em termos de conforto e funcionalidade. Por isso, às vezes entramos na residência do outro para mostrar que aquele móvel antigo não mais faz parte de sua vida, ou que aquele quadro pintado por um amigo, é realmente apenas um quadro de um amigo e não uma obra de arte. É um trabalho difícil, crítico, com possibilidade de atritos, e algumas vezes há que se abrir mão de uma ou outra coisa pelo bem do resultado final. Tanto o profissional quanto o Cliente têm que refletir, pensar, pesar, conversar. E, atualmente, quando a grande maioria quer ver tudo pronto com rapidez, facilidade e pouco esforço, ninguém quer parar para pensar. Na verdade, muitos nos procuram já com uma idéia fixa e bem definida, até os mínimos detalhes, de forma que nós nos tornemos meros executantes de seus desejos, o que nem sempre resulta em algo belo, confortável ou funcional.

Na ida à loja que "cria o projeto de sua casa", não há contrato, não há responsabilidade: o único compromisso é o de adquirir os móveis ou produtos sugeridos pelo "vendedor-consultor". Nestes contatos, ninguém se demora a conhecer a personalidade e o jeito de viver dos Clientes, mas apenas o que eles desejam em termos de cores e valores. "Um piso que dê para colocar rápido", "uma cortina que não dê trabalho" ou "um tecido neutro", é o máximo que se conversa nestas ocasiões, e na dúvida entre um papel de parede levemente texturizado ou um outro listadinho, o vendedor dá sua opinião, e o Cliente divide sua "culpa", caso o resultado final não fique a contento. Na verdade o que se busca é um amigo, um apoio, uma opinião, e não de fato um serviço profissional. A maioria não quer que alguém aponte que sua casa poderia ser mais valorizada com um azul profundo na parede do corredor, ou que a moda do preto e branco passará, e que sua casa vai ficar meio "chata" com estes tons. O que se deseja é alguém que se conhece pouco, mas que pode lhe indicar o que está com um bom preço, o que é instalado mais rápido e dá menos trabalho, o que fica bonito, pois já foi feito em várias outras casas. Não há envolvimento nem valores a serem pagos, a não ser pelo que é consumido.


Persianas, carpetes, tecidos e revestimentos em abundância de opções: oportunidade para levar os Clientes a consumir o que o mercado tem a oferecer mais rapidamente, não necessariamente o mais adequado ao Cliente.


Por tudo isso, entendo que as pessoas procurem as lojas que oferecem as tais consultorias e projetos gratuitos - que de gratuito nada têm, já que o funcionário que o atende é pago pela loja, que inclui nos custos de seus produtos o salário desta pessoa. Esse público quer apenas aprovação de alguém, não um serviço técnico, baseado em estudo e avaliação. O vendedor, consultor ou projetista é apenas um amigo, um conselheiro, alguém que vai auxiliá-lo a ter uma casa arrumada, mas não alguém que diga que aquela mesa de jantar é muito grande e reduz a circulação em sua pequena sala, ou que o design do sofá não combina em nada com a poltrona que se deseja adquirir. Nestes espaços os vendedores podem até ser formados em arquitetura ou em design de interiores, mas certamente o maior interesse é o de deixar o Cliente satisfeito e concretizar uma venda, e não partir para uma análise sobre outras opções, muitas vezes disponíveis fora de sua loja.

Infelizmente penso que quem escolhe este caminho perde a chance de ter um bom projeto de interiores em suas casas para realizarem sonhos breves, balizados pelo que se apresenta nas vitrines ou pelo que está "com um ótimo preço". Não há pesquisas demoradas ou muitos desenhos para ver e analisar, apenas os móveis, um painel de cerâmica ou uma amostra de tecido. E logo dali a 15 ou 20 dias sua casa estará transformada! Se para melhor ou para pior, fica para saber depois que a compra já foi feita.


Opções simples com um pouco de cor e gastos baixos: projetos que não interessam aos fornecedores.


Penso ainda que cabe a nós, profissionais de interiores, ter uma posição mais educativa a este respeito. Não se trata apenas de mais um corporativismo, mas de esclarecer a Clientes, amigos e conhecidos porque nosso trabalho é diferente do que vem se oferecendo como "gratuito", e porque nosso trabalho deve ser remunerado, como qualquer outro serviço. Cabe também nos posicionarmos contra uma certa "pasteurização visual" que vem acontecendo no país, o que torna os interiores muito parecidos, e que tolhe nosso trabalho a uma mera repetição do que é divulgado como sendo "o que de melhor existe no momento". Mas isto já é assunto para um outro texto.

Comentários

Mais artigos

Como Decorar a Sala para o Inverno

Como decorar a casa para o Natal

Sua casa está preparada para o verão?

Como Usar Adesivos na Decoração da sua Casa

Como fazer a Decoração de Apartamentos Pequenos e Modernos

Decoração moderna, repleta de personalidade

O be a bá da moldura

21 dicas para decorar apartamentos muito pequenos

Como preparar a casa para o Réveillon

Preparando a casa para o Natal

Ambientes externos de cara nova

Sua lavanderia anda bagunçada? Aprenda a organizar!

Como decorar um quarto de bebê com segurança e sofisticação

Rústico chic, você sabe o que é?

8 ações simples e econômicas para causar impacto na decoração

5 Dicas de decoração para casas de campo

Como decorar uma sala no inverno

Apartamentos pequenos: 12 dicas para aumentar espaços

Sete ideias para ampliar espaços pequenos

Quarto infantil, aprenda a decorar!

Decoração de sofás com mantas – sinta-se confortável!

Casa charmosa: ladrilho hidráulico na decoração

Renovar a decoração da casa é fácil!

Como escolher sua cortina

5 dicas simples para ampliar espaços pequenos

Colorindo!

Revestir paredes com papel é chique!!!!

5 estilos de decoração para se inspirar

Decoração de garagens

Use a decoração a favor no corredor!

Conheça os dez erros mais comuns de decoração

O que é decoração “high-low”?

Cinco ideias para preparar a casa para o inverno

Como explorar o espelho e aproveitar seu efeito na decoração?

10 dicas para a sua área de churrasqueira!

Decoração com cores fortes

Que piso cerâmico usar em casa?

Receba os convidados na sua cozinha gourmet!

Decorando sua casa - Noções Básicas

Como separar ambientes sem construir uma parede?

Quartos masculinos - como decorar? 2ª parte

Quartos masculinos - como decorar? 1ª parte

Utilizando as sacadas com criatividade!

Preparando a casa para o Ano Novo

Aprenda como valorizar seus corredores

Dez dicas para home theater em pequenos ambientes

Qual a melhor decoração para a sala de jantar?

Preparando a casa para o natal

13 dicas para decorar salas em apartamentos pequenos

Decoração de casas de praia

Os diferentes estilos de decoração

Papel de parede, paredes de papel!

Bons motivos para reformar seu móvel

Como decorar um imóvel alugado

Vantagens de morar em uma casa pequena

Como decorar com peças em segunda mão

Como decorar a sua casa pré-fabricada.

Aproveite mais a varanda

Como integrar a sala com a cozinha?

Preparando sua casa para o inverno.

Decoração wabi-sabi. O que é e para que serve.

Como decorar uma casa de praia?

Decorando a casa para a páscoa.

Cozinha integrada com a sala

9 dicas para decorar a casa nova

Como decorar a sala para o natal

Preparando sua casa para o natal

O que não fazer quando se decora uma casa

Como decorar a casa nova?

Imóveis compactos, como decorá-los?

Onde colocar o sofá em sua sala?

Cascata no interior de sua casa, já pensou nisso?

O sonhado Closet!

Sua casa é pequena? Como decorar?

Como planejar a área de serviço

Decoração Pop Art, dicas essenciais.

Quarto pequeno? Dicas simples para sua decoração

Decoração. O que não se deve fazer!

Sua sala é pequena? Aprenda a decorar!

Cozinhas francesas, idéias de decoração

Como usar a cor na decoração

Lareira, 13 idéias para sua decoração.

Quarto do casal, um espaço muito especial.

Jardim Interno, Como Fazer

Dicas para montar e decorar sua academia em casa

O que é uma decoração de luxo?

Utilização de almofadas para a decoração de ambientes.

Utilização de toldos para coberturas

Decoração moderna de interiores

Como decorar um apartamento

Truques para aumentar ambientes na sua casa

Como refrescar a casa e o escritório neste calor?

Como escolher o tapete apropriado?

Decoração de salas modernas

Sua casa, com o espírito natalino

Árvores de natal, como fazer?

Como decorar a casa para o natal.

Sala de jantar, como decorar?

Hall de entrada, como decorar?

Decore sua casa com fotos de família

Como montar uma adega em casa

Decoração de quartos, dicas básicas

Como renovar sua cozinha, com baixo custo!

Jardim de inverno embaixo da escada

Biblioteca. Criando o seu espaço de leitura

Quarto de casal, como decorar?

Como decorar uma sala

Segredos para uma sala bonita e organizada

Decoração de quartos, um ambiente que pode fazer a diferença em sua casa.

Decoração: qual é o seu estilo?

Tendências, Arquitetura De Interiores e Reformas

Decoração para casa de praia

Decoração inteligente

Em busca de espaço livre?

Que tal organizar sua garagem?

Decorando o quarto do seu bebê!

Como escolher um decorador

Quarto de criança não é brincadeira!

Morar Mais por Menos 2010 – Lançamento de mobiliário de Ignez Ferraz e Aida Boal

Decoração de casas: construir um ambiente em um lugar já construído.

Arquitetura: a construção de ambientes para sua casa.

Decoração de sua casa? Arquiteto ou decorador?

Luxo atual

Pintura por computador: A arte de desenvolver produtos inusitados

Reduza, Recicle e Reutilize

Natal chic!

Uma questão de bom senso

Eu só queria ter uma casa bonita...

Soluções e truques para pequenos espaços

Pense: Sua casa tem a sua cara?

Harmonia

Casa pequena pode ser deliciosamente agradável

Club Gourmet, projeto premiado na Casa Cor Paraná

Os mitos que envolvem o decorador

Elegância na Arquitetura

A6 Arquitetura + Design explora a ousadia no projeto da Loja Casa Cor

Prêt-à-porter X banalização

Decoração de Interiores : Escala, Proporção e Equilíbrio

Design de interiores : Mobiliários, a compulsão pela novidade

Decoração de interiores : Tons de bege

O designer de interiores, profissional ou amigo?

Decoração de natal, hora de arrumar a casa !

Espaços multifuncionais garantem vários climas!

Decorando ambientes : o prazer da cor

Vidros criativos chegam ao Brasil.

Colocar influência do Japão em Arquitetura & Interior é, antes de mais nada, respeito e pesquisa!

Terceira idade dentro de casa!

Lançamentos Milão 2008

Economizar é preciso. E viver também!

Hotelaria hospitalar traz conforto para pacientes e profissionais médicos

Decoração de interiores : O espaço Infantil

Decoração de interiores, unindo o clássico e o contemporâneo.

Transforme cor em energia no seu ambiente!

Vintage & Retrô

47º Salão Internacional do Móvel de Milão:

Espelho, espelho meu...

Emoções da casa inteligente

A evolução da Arquitetura de Interiores

Os banheiros evoluíram e suas peças também

Sistemas de home theater e suas implicações na arquitetura e decoração

Banheiro inclusivo e Universal Design: segurança e comodidade

A evolução da Arquitetura de Interiores

Banheira - Uma opção indispensável em seu projeto

Esculturas em MDF harmonizam a decoração

Novos produtos decorativos para fixação

Hospital São Luiz surpreende médicos com espaço moderno