Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Ester Foelkel

Os Eucaliptos Utilizados em Paisagismo e Jardinagem



O eucalipto, além de ser utilizado para diversos fins na indústria, gerando inúmeros produtos úteis para a sociedade a partir de sua madeira, tais como móveis, pisos, forros, papel, celulose e tantos outros na indústria de base florestal, também é bastante requisitado como planta ornamental.

É muito comum se observar a beleza dessas árvores em praças e jardins por quase todas as partes do mundo onde tenhamos um clima ameno e quente. Mesmo em regiões mais frias na Europa e nos Estados Unidos isso também tem sido conseguido. O principal motivo é o mesmo das fábricas que o utilizam como matéria-prima de produtos industriais.




O eucalipto é uma planta de rápido crescimento, vegeta o ano todo sem perder as suas folhas e consegue se sobressair em relação a muitas outras espécies de plantas. No caso da jardinagem, isso é favorável para a geração de sombras e flores em um curto período de tempo. As outras razões que tornam esse gênero já bastante comum no paisagismo é a beleza da árvore e a diversidade de espécies que podem ser utilizadas para esse fim.

Há espécies de eucaliptos que possuem flores e frutos grandes e coloridos. Outras em que suas folhas são de texturas e colorações ornamentais. Há ainda espécies em que as cascas é que chamam a atenção na paisagem, também sendo utilizadas como ornamento de jardins. Isto ainda sem falar do cheiro agradável das folhas quando agitadas pelo vento e também do magnífico odor floral característico de algumas espécies. Este último atrai polinizadores que podem ser observados na maioria das espécies de eucaliptos, trazendo maior beleza e biodiversidade na área.

Mudas de porte médio provenientes de sementes de espécies de eucalipto podem ser plantadas diretamente no solo do jardim, ou são acondicionadas em recipientes como vasos grandes ou "containers", criando-se assim espécies de macro-bonsais. Os eucaliptos em vasos, se devidamente cuidados, podem inclusive florescer e frutificar, dando grande beleza ao ambiente. Lembrar porém que os eucaliptos são pouco tolerantes a geadas não podendo ser plantados em regiões de invernos muito rigorosos. O limite térmico varia de 8 a -7° C para espécies ornamentais de flores vermelhas, mas isso depende também da freqüência dos dias frios. Quanto mais dias frios seguidos, pior é para a adaptação ou mesmo para a sobrevivência. Se o clima for muito frio, espécies mais tolerantes devem ser buscadas (Eucalyptus pulverulenta, E. pleurocarpa, E.gunnii, E.caesia, etc.).

As principais práticas de manejo para os eucaliptos na jardinagem são:

* Adquirir mudas de boa qualidade genética e livres de doenças.

* Comprar mudas em floriculturas confiáveis é o primeiro cuidado que se deve ter na aquisição de espécies ideais para a jardinagem.

* Para plantio no solo, a escolha do local deve ser bastante discutida, evitando proximidade com casas, muros e fiações elétricas. Os eucaliptos, mesmo os de médio porte, são considerados árvores de sistema radicular profundo e vigoroso. Logo, elas podem danificar calçadas, construções e encanamento se não houver este planejamento anterior. Mesmo para as espécies arbustivas devemos tomar as precauções válidas pois são também plantas de rápido crescimento.

* Os eucaliptos são plantas que necessitam de insolação direta para o seu melhor desenvolvimento. Eles não toleram ambientes sombreados, muito escuros ou mesmo alagados. Isto deve ser considerado na escolha do local de plantio. Não plante em sombra ou meia-sombra, pois isso poderá inclusive ocasionar a incidência de doenças na planta e diminuir sua taxa de desenvolvimento. Tampouco plante em áreas alagadas de brejo do seu jardim na esperança de que as plantas irão secá-las. Você pode estar condenando essas plantas à morte pela incapacidade do sistema radicular viver em ambientes sem ar no solo.

* A época recomendada para o transplante das mudas para o local definitivo é da primavera ao verão, evitando períodos frios principalmente no estabelecimento da muda.

* Adubação da cova de plantio deve ser feita com adubo N-P-K e micro-nutrientes. O eucalipto é considerado uma planta sensível à falta de fertilidade, necessitando de nutrientes em quantidades adequadas.

* O eucalipto, principalmente quando na forma de mudas, também necessita de irrigação nas épocas mais quentes do ano.

* O combate às pragas como formigas cortadeiras deve ser efetuado principalmente para as mudas que são mais sensíveis, podendo essas inclusive morrer caso esse controle não seja feito.

* Conforme o eucalipto vai crescendo, a poda e o desbaste são manejos recomendados também na jardinagem, tanto para fins estéticos, como para o controle do crescimento. Este último é considerado uma poda mais drástica. Há espécies de eucaliptos que possuem bom rebrote, podendo ser desbastadas até mesmo a uma certa altura do tronco em relação ao solo.

* Existem também espécies de Eucalyptus (ou de Corymbia) que já podem ser compradas enxertadas ou até mesmo clonadas. Suas mudas geralmente são mais caras, mas possibilitam uma floração precoce e uma maior resistência a doenças de raízes, que é dada pelo porta-enxerto. Há um grande número espécies que são utilizadas para o paisagismo em todo o mundo; contudo, são nos parques e jardins de seu país de origem (Austrália) que se encontra a maior concentração. Naquele país são usadas muitas espécies, como: Eucalyptus leucoxylon, Eucalyptus erythrocorys, Eucalyptus caesia, Eucalyptus youngiana, Eucalyptus multicaulis, Eucalyptus macrandra e Corymbia ficifolia.

No Brasil, existem três espécies de "eucaliptos" mais usadas para fins paisagísticos, estas são:Corymbia ficifolia, Eucalyptus cinerea e Corymbia ptychocarpa.

A espécie Corymbia citriodora também costuma ser plantada devido ao seu odor extremamente agradável. Percebe-se então que a maioria de nossos eucaliptos ornamentais são na verdade do gênero Corymbia, reclassificados que foram há alguns poucos anos atrás pelos botânicos taxonomistas. Corymbia (Eucalyptus) ficifolia - Conhecido como eucalipto vermelho ou eucalipto de jardim é um dos considerados mais ornamentais. Originário do oeste australiano, possui porte pequeno a médio (até 10 metros), gera grande número de flores, contudo é susceptível a geadas e não se desenvolve perante baixas temperaturas. Suas flores são grandes e em abundância . Em regiões de clima temperado, pode ser substituído pelo Eucalyptus leucoxylon que é tolerante ao frio.

Eucalyptus cinerea - Nos Estados Unidos E. cinerea é também chamado de "Silver Dollar". Isso devido ao aspecto das suas folhas arredondadas que possuem uma coloração azul prateada. Na Austrália, essa espécie é chamada de "Blue Gum" e são as folhas a sua parte de maior ornamento e beleza.

Corymbia (Eucalyptus) ptychocarpa - Originária do norte e oeste australiano, é uma árvore de porte mediano e pouco resistente ao frio, tendo seu melhor desenvolvimento geralmente entre as temperaturas de 10 a 40° C. Possui floração abundante e de coloração vermelha.

Corymbia (Eucalyptus) citriodora - Espécie muito comum entre nós com utilização industrial para extração de seu óleo essencial que é usado largamente na produção de detergentes, sabões, aromatizantes, etc.



Ester Foelkel, é engenheira agronôma


Fonte:www.jardimdeflores.com.br



Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

Cuidando do jardim no outono

Saiba como cuidar do jardim no verão

Cuidados com o jardim no verão

Flores para Decorar a Casa no Inverno – Espécies e Cuidados

Qual piscina construir: alvenaria, fibra de vidro ou vinil?

Para ter rosas sempre lindas

Que tal um jardim dentro de casa?

Arruda: xô mau olhado!

Como preparar o jardim para o verão

Horta em Casa para Cultivar Ervas e Temperos

Preparando o jardim para florir na primavera!

Como diagnosticar problemas em suas plantas

Preparando o jardim para florir na primavera!

Pergolado ou caramanchão?

Como fazer um jardim de inverno pequeno?

Dicas na hora de escolher as plantas

Os cuidados no jardim durante o outono

Saiba como manter um jardim florido e bem cuidado no outono e no inverno

Paisagismo na arquitetura

Você sabe onde colocar suas plantas dentro de casa?

A importância do paisagismo para a arquitetura

Bonsai, uma forma de arte!

Como fazer um jardim seco

Soluções para apartamentos: trepadeiras em vasos

Planejamento de Jardins

Como preparar o seu jardim para o inverno.

Jardinagem em Quintal Pequeno

A amoreira – para ornamentar, alimentar e vestir

Como escolher mudas saudáveis.

Pisos x Piscinas

Paisagismo: o florescer de uma profissão

Como escolher plantas para o jardim

Como fazer um muro verde

Dicas para o cultivo de árvores em calçadas

A grama do vizinho é mais verde!

Paisagismo do Futuro: Sustentabilidade verde

Jardim de inverno

Paisagismo na arquitetura

Árvores para plantio próximo à piscina

Vamos preparar os nossos jardins para o inverno.

Criando, ou mudando, para muito melhor o seu jardim.

Paisagismo e seus estilos

A mesa do jardim!

Onde plantar plantas perfumadas

Quais tipos de plantas ter no apartamento?

Primavera? Aposte em flores para embelezar sua casa.

Como cuidar do jardim na primavera.

Jardim sem sol, isso não é um problema!

Gazebo: espaço de lazer e descanso no jardim

Jardim & Flores no Inverno

Ikebana, O belo para dentro de casa

Quando é preciso trocar de vaso?

Pragas: salve suas plantas!

Os Eucaliptos Utilizados em Paisagismo e Jardinagem

Coitadas das nossas árvores, coitadas de nossas calçadas

Orquídeas, dicas para cuidar bem delas.

O Jardim na Primavera

Decore sua casa com flores da primavera!

Violetas, como cuidar bem delas.

Já pensou no jardim do seu condomínio?

Trepadeiras em vasos, solução para apartamentos

As vantagens das trepadeiras em seu projeto de paisagismo

Flores do inverno

Jardim bem cuidado ao longo do ano!

Uma oportunidade de volta às raizes

Setor hoteleiro investe pouco em paisagismo e ecoturismo

Lagos Ornamentais nos Projetos Paisagísticos

Jardim impecável para a temporada de inverno

Paisagismo e Sustentabilidade

Mudas vendidas por ambulantes não vingam e trazem prejuízos

Jardins Terapêuticos e Jardins Comestíveis

Novo parque de Manaus resgata época áurea da borracha na Amazônia

Paisagismo em espaços públicos: benefícios para cidades e para população

As vedetes do paisagismo: as Palmeiras.

Agua, O som do bem estar.

Prepare o jardim para o verão

A importância de um projeto paisagístico

Graduação em Paisagismo ( ou, Crescimento da construção civil intensifica demanda por paisagistas - parte 2)

Soluções para revitalizar calçadas de São Paulo

Utilizando led's no paisagismo e design de interiores

Crescimento da construção civil intensifica demanda por paisagistas

Projetos de Benedito Abbud são selecionados para Congresso Mundial de Arquitetura Paisagística

A importância da manutenção na beleza do jardim

Degraus: Como integrá-los no projeto de um jardim

Jardim bom pra cachorro

Transformando sua varanda de apartamento em jardim

Jardins e flores no inverno

O Clima e as Plantas Ornamentais

Arborização Urbana

Jardim florido o ano inteiro

Paisagismo : A importância das cores no jardim

Jardim Oriental- pedra, bambu, água

O jardim sensorial e suas principais características

Dúvidas comuns em relação à estrutura de piscinas, para construção e reforma

Piscinas exigem cuidado e atenção durante o ano todo

Piscina em Ubatuba fica dezesseis metros acima do solo

Prepare sua piscina para as delícias do verão