Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Redação do Fórum da Construção

Prepare sua piscina para as delícias do verão



Durante o inverno, nem sempre dedicamos a atenção que a piscina merece. Enquanto isso, a água perde sua pureza e retém resíduos. Conseqüentemente, sua recuperação, no verão, exigirá custos maiores e manutenção redobrada. A escolha é sua: preservar a piscina sempre bem tratada ou enfrentar os prejuízos no verão.
Ao contrário do que muitos defendem, os baixos custos para construir uma piscina apresentam muitos inconvenientes. Somente um bom projeto aumenta o valor do imóvel em 20%, um índice que comprova o quanto vale o investimento, seja na concepção e construção de uma nova, como na reforma de uma piscina já existente.

Um lugar ao sol, um amplo terraço, um pequeno ou grande espaço podem ser as áreas perfeitas para construir sua piscina. A criatividade para desenhar seu formato e escolher os acabamentos também é uma tarefa importante. Embora esses dois elementos não sejam suficientes para a concepção de uma piscina saudável.

Sem uma metodologia de qualidade dos equipamentos e da manutenção corretos, todo o esforço desce pelo ralo, desperdiçando dinheiro, tempo, mão-de-obra e, lamentavelmente, recursos naturais.

O consumidor acredita que a melhor opção é aquela com “o menor preço”. E no vale-tudo para realizar o projeto da piscina, opta pela construção de uma “caixa azulejada de água”, acreditando que terá uma piscina saudável e de qualidade com os padrões e a tecnologia de primeiro mundo. Quem segue esse critério de avaliação está cometendo um erro irreparável. A má escolha dos materiais e componentes pode gerar uma frustração durante seu uso. Seguramente, para obter um bom projeto de piscina, essa cultura não funciona.

A escolha dos equipamentos e acessórios é um dos grandes desafios que o mercado oferece atualmente para quem preserva as normas de qualidade. No Brasil existem inúmeras empresas que vem agregando inovações ao segmento, trazendo tecnologias e serviços diferenciados, os quais incentivam uma nova cultura na construção, uso e manutenção de piscinas. É fundamental pesquisar e encontrar em sua região empresa que atenda suas necessidades, respeitando o eterno " custo x beneficio '.



Sabesp recomenda redução no consumo de água

A preservação de recursos naturais é uma das maiores preocupações, em todo o mundo. Campanhas de conscientização são realizadas, como alerta ao usuário. Em São Paulo, a Sabesp adverte para importância das revisões periódicas nas bombas e nos filtros da piscina. Produtos fora das normas e sem manutenção estimulam o consumo de água desnecessariamente.

Dicas indispensáveis

• Trocar a água da piscina uma vez por ano. Portanto, evitar as trocas da água aleatórias.

• Preservar o tratamento químico da água, com manutenção periódica.

• Respeitar as orientações do fabricante dos produtos químicos e dos equipamentos.

• Cobrir a piscina, depois do uso, com um encerado. Esse recurso evita a evaporação das águas e, conseqüentemente, o desperdício.

• Nunca utilizar a água da piscina para a limpeza das áreas ao seu redor. Apesar de ser uma água preparada com cloro, seu uso para limpeza exige a reposição posterior.

Sistema “dois baldes”

• Prefira usar o sistema “dois baldes” para limpar as áreas externas da piscina, como calçadas, escadas, deck e jardins.

• O sistema “dois baldes” ajuda a economizar água. Antes da limpeza das áreas ao redor da piscina, varra toda a sujeira. Use a água de um balde com detergente para limpar somente a área afetada. E um segundo balde de água para o enxágüe.

Qual a profundidade ideal para uma piscina

Se você está construindo, reformando ou projetando uma piscina, saiba que esse é um dos pontos mais importantes da obra, e que varia de acordo com o tipo de aplicação e uso. Para escolher a profundidade certa, o primeiro passo é considerar três variáveis:

Piscinas Residenciais – a mais indicada no projeto varia entre 0,60 a 1,40 m.

Piscinas Comerciais - varia entre 0,60 a 1,80 m.

Piscinas de Salto - sua profundidade é ajustada de acordo com a altura do trampolim ou da plataforma de salto.

Piscinas para esportes - a prática de esportes, como Biribol (vôlei na água), requer uma profundidade uniforme, de 1,50 m Outras atividades, como o Pólo Aquático, exigem uma profundidade de no mínimo 1,80 m.

Geralmente, somos induzidos a considerar algumas idéias pré-estabelecidas. Por exemplo, se as crianças crescem, a piscina exige reforma. Ou ainda, piscinas com grandes profundidades atendem apenas a saltadores. Para evitar qualquer surpresa ou necessidade de reforma em uma piscina pronta, antes de construir, escolha um projeto que atenda às especificações fundamentais para aumentar a qualidade e ampliar seu uso para todo tipo de usuário.

Profundidade X Usuário - Uma piscina infantil exige o máximo de 0,60 m. Para adultos em piscinas residenciais, a profundidade pode variar, de acordo com a utilização. A metragem mais indicada, nesse caso, varia de 1,40 m a 1,50 m, de água com exceção das piscinas para salto e comerciais.

Para piscinas comerciais - Além da profundidade ideal, a piscina deve ter uma borda com metragem de no mínimo 1,80m e acabamentos adequados. Prefira somente o uso de revestimentos antiderrapantes, laváveis e com inclinação suave para preservar o sistema de drenagem. Lavapés são obrigatórios, com dimensões de 2 X 1m e H = 0,2m.

Comentários

Mais artigos

São Paulo, suas árvores e suas enchentes

Cuidando do jardim no outono

Saiba como cuidar do jardim no verão

Cuidados com o jardim no verão

Flores para Decorar a Casa no Inverno – Espécies e Cuidados

Qual piscina construir: alvenaria, fibra de vidro ou vinil?

Para ter rosas sempre lindas

Que tal um jardim dentro de casa?

Arruda: xô mau olhado!

Como preparar o jardim para o verão

Horta em Casa para Cultivar Ervas e Temperos

Preparando o jardim para florir na primavera!

Como diagnosticar problemas em suas plantas

Preparando o jardim para florir na primavera!

Pergolado ou caramanchão?

Como fazer um jardim de inverno pequeno?

Dicas na hora de escolher as plantas

Os cuidados no jardim durante o outono

Saiba como manter um jardim florido e bem cuidado no outono e no inverno

Paisagismo na arquitetura

Você sabe onde colocar suas plantas dentro de casa?

A importância do paisagismo para a arquitetura

Bonsai, uma forma de arte!

Como fazer um jardim seco

Soluções para apartamentos: trepadeiras em vasos

Planejamento de Jardins

Como preparar o seu jardim para o inverno.

Jardinagem em Quintal Pequeno

A amoreira – para ornamentar, alimentar e vestir

Como escolher mudas saudáveis.

Pisos x Piscinas

Paisagismo: o florescer de uma profissão

Como escolher plantas para o jardim

Como fazer um muro verde

Dicas para o cultivo de árvores em calçadas

A grama do vizinho é mais verde!

Paisagismo do Futuro: Sustentabilidade verde

Jardim de inverno

Paisagismo na arquitetura

Árvores para plantio próximo à piscina

Vamos preparar os nossos jardins para o inverno.

Criando, ou mudando, para muito melhor o seu jardim.

Paisagismo e seus estilos

A mesa do jardim!

Onde plantar plantas perfumadas

Quais tipos de plantas ter no apartamento?

Primavera? Aposte em flores para embelezar sua casa.

Como cuidar do jardim na primavera.

Jardim sem sol, isso não é um problema!

Gazebo: espaço de lazer e descanso no jardim

Jardim & Flores no Inverno

Ikebana, O belo para dentro de casa

Quando é preciso trocar de vaso?

Pragas: salve suas plantas!

Os Eucaliptos Utilizados em Paisagismo e Jardinagem

Coitadas das nossas árvores, coitadas de nossas calçadas

Orquídeas, dicas para cuidar bem delas.

O Jardim na Primavera

Decore sua casa com flores da primavera!

Violetas, como cuidar bem delas.

Já pensou no jardim do seu condomínio?

Trepadeiras em vasos, solução para apartamentos

As vantagens das trepadeiras em seu projeto de paisagismo

Flores do inverno

Jardim bem cuidado ao longo do ano!

Uma oportunidade de volta às raizes

Setor hoteleiro investe pouco em paisagismo e ecoturismo

Lagos Ornamentais nos Projetos Paisagísticos

Jardim impecável para a temporada de inverno

Paisagismo e Sustentabilidade

Mudas vendidas por ambulantes não vingam e trazem prejuízos

Jardins Terapêuticos e Jardins Comestíveis

Novo parque de Manaus resgata época áurea da borracha na Amazônia

Paisagismo em espaços públicos: benefícios para cidades e para população

As vedetes do paisagismo: as Palmeiras.

Agua, O som do bem estar.

Prepare o jardim para o verão

A importância de um projeto paisagístico

Graduação em Paisagismo ( ou, Crescimento da construção civil intensifica demanda por paisagistas - parte 2)

Soluções para revitalizar calçadas de São Paulo

Utilizando led's no paisagismo e design de interiores

Projetos de Benedito Abbud são selecionados para Congresso Mundial de Arquitetura Paisagística

A importância da manutenção na beleza do jardim

Degraus: Como integrá-los no projeto de um jardim

Jardim bom pra cachorro

Transformando sua varanda de apartamento em jardim

Jardins e flores no inverno

O Clima e as Plantas Ornamentais

Arborização Urbana

Jardim florido o ano inteiro

Paisagismo : A importância das cores no jardim

Jardim Oriental- pedra, bambu, água

O jardim sensorial e suas principais características

Dúvidas comuns em relação à estrutura de piscinas, para construção e reforma

Piscinas exigem cuidado e atenção durante o ano todo

Prepare sua piscina para as delícias do verão