Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Ruy Fontes

Fontes de Energia Alternativas: As Informações e Verdades Que Você Precisa Saber



As Fontes de Energia Alternativas, também conhecidas como renováveis, são as fontes de geração elétrica sustentável e de baixo impacto ambiental, como a energia solar que, em razão de seus preços baixos e das mudanças climáticas, hoje cresce mais que as tradicionais fontes poluentes, como o carvão e petróleo.

Desde o começo da industrialização humana, os combustíveis fósseis forneceram a maior parte das necessidades energéticas do mundo. E assim o fazem até os dias de hoje.



E embora as trágicas consequências do seu uso prolongado sejam bem conhecidas e aceitas como verdade, pelo menos na maior parte da comunidade científica, esse cenário ainda demorará para mudar.

No entanto, a sociedade humana moderna continua exigindo cada vez mais essa energia que alimenta sua mobilidade, evolução e conforto.

A muitos anos já que cientistas e governos do mundo todo estudam e “avaliam fontes alternativas de energia para determinar o que é cientificamente possível, ambientalmente aceitável e tecnologicamente promissor”.

Tipos de Fontes de Energia Alternativas

Todas as fontes de energia podem ser divididas em três grandes categorias.

A primeira deriva de energia química ou fotoelétrica, que se baseia na oxidação de alguma substância, como um hidrocarboneto, ou captação da luz do sol para gerar calor ou eletricidade.

Tecnologias destas categorias geram pouca energia por unidade de geração.

A segunda são as reações nucleares que liberam energia, seja pela divisão de núcleos pesados ou fundindo núcleos de luz.

Já as reações nucleares liberam milhões de elétron-Volts (10⁶ eV).

A terceira é a termomecânica alimentada por vento, água ou fontes naturais de vapor.

Formas de geração desta categoria também envolvem grandes cargas.

Tecnologias Alimentadas Por Fontes de Energia Alternativas

Existem diversas tecnologias que permitem a geração limpa de energia através da captação de fontes de energia alternativas, como as águas dos rios e oceanos, ventos, luz do Sol, biomassa, ondas e o calor proveniente da terra.

Conheça um pouco mais sobre cada uma delas:

Energia Solar

São duas tecnologias hoje existentes que permitem a geração de eletricidade através da luz do sol:

Energia Solar Fotovoltaica: é a transformação da radiação solar diretamente em corrente elétrica por meio das células fotovoltaicas, as quais compõem os módulos (ou placas fotovoltaicas), que ficam expostos sob a luz do sol. Essa tecnologia, além de ser utilizada em grandes projetos de usinas solares, hoje já se espalha por milhões de lares e comércios pelo mundo por meio dos chamados sistemas fotovoltaicos conectados à rede que integram a geração distribuída de energia.

Energia Solar Heliotérmica ou Energia Solar Térmica Concentrada: Essa tecnologia, restrita ao segmento de geração centralizada devido ao tamanho do projeto demandando, utiliza um grande número de espelhos coletores que refletem, de forma concentrada, a luz do sol a um ponto específico de uma grande torre central, aquecendo a altas temperaturas materiais específicos que com sua expansão ou vaporização, movimentam turbinas que geram a energia elétrica.

Energia Eólica

É a geração elétrica através da força dos ventos, na qual hélices com duas ou três pás são fixadas no topo de altas torres e são giram conforme a intensidade dos ventos, gerando energia através da força motriz gerada nas turbinas.

Essa tecnologia, que também permite a geração pelo próprio consumidor através de micro torres eólicas, se espelha mais na geração centralizada devido a sua disponibilidade, bem mais restrita do que a luz solar.

Energia Hídrica

A fonte mais utilizada ainda no Brasil, através das grandes usinas hidrelétricas espalhadas pelo país.

A geração nessa tecnologia acontece graças a movimentação de grandes turbinas movimentadas pela força das águas que são represadas dos rios e liberadas conforme a necessidade de geração.

Biomassa

É a geração através da queima de materiais orgânicos, como o bagaço da cana-de-açúcar, mais comum no Brasil, ou também o álcool, madeira, palha de arroz, óleos vegetais, entre outros.

Embora a queima desses materiais libere gases poluentes na atmosfera, ela é considerada uma forma limpa de geração devido ao fato que essa quantidade de CO2 é absorvida no cultivo desses materiais, zerando os impactos ambientais.

Energia Geotérmica

É a geração de energia por meio do calor interno da terra, através de usinas instaladas próximas a regiões onde esse calor se encontra mais próximo a superfície.

Através de dutos especiais, uma grande quantidade de água é injetada no subsolo, a qual retorna, na forma de vapor, através desses mesmos tubos e então é direcionada a turbinas que, movimentadas por esta, geram eletricidade.

Energia Maremotriz

A força das ondas e marés também já é utilizada para a geração elétrica, através de grandes torres subaquáticas instaladas próximas ao litoral e que, por meio de hélices acopladas a elas, geram energia ao serem movimentadas pela força da água.

Fontes de Energia Alternativas: Vantagens e Desvantagens

Cada fonte de energia tem algumas características indesejáveis. Qualquer processo usando combustíveis fósseis produz dióxido de carbono e outros poluentes.

Usinas nucleares produzem produtos de fissão radioativa. Usinas hidrelétricas exigem barragens e grandes lagos. Energia solar e energia eólica exigem grandes áreas.

Fontes geotérmicas são limitadas a poucos locais…

Atualmente, a maior parte do suprimento de energia do mundo ainda vem fontes de fontes fósseis e nucleares.

Embora a humanidade cada vez mais enfrente questões como recursos escassos e poluição ambiental, essas fontes continuam sendo importantes no fornecimento de energia em todo o pelas próximas gerações.

Mas para atender às crescentes demandas globais de energia sem alimentar mais o aquecimento global, fontes de energia renováveis e de baixo impacto ambiental devem ser desenvolvidas.

Obviamente, a maior vantagem da energia limpa é exatamente a de não emitir poluentes em sua geração, possibilitando a descarbonização do processo e trazendo energia limpa e sustentável.

Por outro lado, muitas das fontes renováveis utilizadas para a geração elétrica não poluente estão disponíveis para nós de forma intermitente, ou seja, intercalada, como a luz do sol e a força dos ventos.

Além disso, algumas das tecnologias de energia limpa são menos eficazes em comparação a alguns tipos de geração por fontes poluentes.

Até pouco tempo atrás, as duas únicas usinas nucleares do Brasil, Angra I e II, produziam mais energia que toda a produzida pelas mais de 2 mil usinas solares instaladas.




Fonte:blog.bluesol.com.br




Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue












Comentários

Mais artigos

Como utilizar a energia solar na construção

Fontes de Energia Alternativas: As Informações e Verdades Que Você Precisa Saber

10 dicas para utilizar o ar-condicionado de forma econômica

O impacto do roubo de energia para o bolso do consumidor

5 formas de economizar energia sem precisar desligar o ar-condicionado

Vantagens e desvantagens da energia eólica

Porque instalar energia solar em sua residência?

Olho na sua conta de energia elétrica

Monitoramento do consumo de energia: Cinco razões para criar o seu próprio registro

Energia: o que é mito ou verdade sobre o uso da geladeira

Vantagens e desvantagens da energia solar em residências

Lareiras a lenha e lareiras a gás: quais as vantagens e desvantagens?

Fotovoltaicos na Arquitetura

As vantagens e desvantagens da energia solar

Gerador eólico vertical: vantagens e desvantagens

Energia solar conquista espaço importante na construção civil

Dicas para diminuir o consumo de energia

Energia Renovável: A energia Solar no Brasil e em sua casa

15 Dicas práticas de como economizar energia elétrica em sua casa

Redução do consumo de energia e melhoria do conforto termo-acústico

Eficiência energética na construção civil

Economize energia elétrica na sua casa!

Dicas para economizar energia com a TV e o microondas

Etiqueta de eficiência energética nos edifícios!

Condução subterrânea de cabos elétricos e telefônicos.

Como se proteger de raios?

Dicas para economizar energia – Geladeira

Aquecedor a gas, o que considerar na hora da escolha

Energia que vem do sol!

Eficiência Energética: menos consumo na hora do banho.

Dicas para economizar energia elétrica na decoração

Poluição Causada por Grupos Geradores

Energia Solar Residencial

Bomba de calor pode tornar banho mais sustentável

Energia Solar Fotovoltaica

Etiqueta de eficiencia energética

Desativar uma usina nuclear é mais difícil do que se previa

Segurança e eficiência energética

Energia renovável ainda enfrenta obstáculos

Aplicações de Energia Solar

Energia solar: uma solução para milhões

O que é eficiência energética?

Microcontrolador otimiza aquecedor solar em dias de chuva

Controle energético: como poupar e preservar o meio ambiente.

Um ogro é um ogro: de novo os chuveiros elétricos...

Energia solar no Brasil

A avaliação/inspeção para a emissão da Etiqueta Nacional de Conservação de Energia será gratuita em 2009

Minas abandonadas poderão gerar energia geotérmica

O que é necessário para que o Brasil brilhe na energia solar?

Etiqueta de eficiência energética em edifícios comerciais: um diferencial de competitividade

Energia solar

A crise da água: escassez e problemas de gestão

Energia Solar Térmica na Antártica

Sustentabilidade : Plano de mudança do clima : energia solar, prédios eficientes, reciclagem.

´Cobra` de borracha vai explorar energia das ondas

Gerador eólico de baixo custo