Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Retrofit e Restauração (veja mais 28 artigos nesta área)

por Arq. Eduardo Salmar Nogueira e Taveira

O restauro da arquitetura histórica de terra com a super-taipa



Edifício construído entre o final do século XVIII e início do XIX, a Matriz de Bananal (Estado de São Paulo, Brasil) se apresenta como um dos bens religiosos edificados mais significativos no contexto histórico do Vale do Paraíba.

Conservando as suas paredes originais de taipa de pilão, a Matriz Bom Jesus do Livramento é também um exemplo das diversas iniciativas que, ao longo de quase dois séculos, se acumularam em gostos e preferências formais e estilísticas, ampliando e afirmando a fé de sua comunidade através da grande arte decorativa.


O monumento religioso faz parte do núcleo histórico tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico Arqueológico e Turístico do Estado, e, em 23 de julho de 2005, uma área irregular de aproximadamente 20 m², na parte superior da parede externa da Fachada Leste da Matriz de Bananal, próximo à torre sineira, ruiu inesperadamente.


A necessidade de uma intervenção de restauro de uma estrutura muraria em taipa de pilão, com espessura média de 1.00 m. e altura chegando a 9,40 m se tornou uma ocasião para implementar soluções que acordassem procedimentos tradicionais com inovações tecnológicas.


Materiais e Métodos

O primeiro e essencial critério para a intervenção emergencial na Matriz de Bananal foi o restabelecimento da harmonia estática da parede da Fachada Leste, pois tínhamos solicitações e situação de risco de ruína de outras partes importantes do edifício, como a Torre Sineira Leste e a cobertura. Assim, adotamos os critérios:

a) manutenção da dinâmica física da parede original de taipa de pilão, a partir da sobreposição de blocos monolíticos compostos por terra apiloada;

b) manutenção do peso próprio da estrutura, sem aumento ou diminuição acentuada de carga na fundação original;

c) manutenção dos aspectos formais da construção, principalmente nas espessuras das paredes e a original instalação de componentes de madeira a essa agregados ou engastados, como o entablamento externo, os assoalhos e forros das galerias;

Para a recomposição da área em Taipa de Pilão, além das etapas básicas de escolha e avaliação da principal material prima, o solo de algumas localidades, a nossa proposta foi desenvolvida com o objetivo de aumentar os diversos índices de resistência mecânica da parede a ser reconstruída, com grande harmonia químico-física em relação ao conjunto murário existente. Assim, aditivos minerais, fibras de polímeros, procedimentos metódicos de apiloamento, alterações de plasticidade e liquides em certos trechos foram os principais recursos tecnológicos estudados e posteriormente adotados na concepção que denominamos SUPER-TAIPA.
Resultados

O principal resultado obtido foi o emprego de uma técnica tradicional construtiva, representativa de grande parte das edificações históricas do Brasil nos períodos colonial e imperial, procurando aumentar a sua performance mecânica. Por meio de testes de resistência em laboratório, e seguindo a metodologia já empregada para estruturas de solo-cimento, constatamos um significativo aumento da capacidade da SUPER-TAIPA sobretudo em relações aos esforços de compressão.


Conclusões

O restauro de taipas de pilão históricas no Brasil conta com raras referências documentadas ou publicadas. Por outro lado, os estudos e as experiências nacionais e estrangeiras sobre o solocimento, desde os anos de 1970, se configuraram como o principal quadro de referências comparativas (técnicas, normativas e laboratoriais) que utilizamos em nosso trabalho para a Matriz de Bananal. É nesse sentido que procuramos superar, por um lado, alguns procedimentos que simbolizaram, desde os anos de 1940 no Brasil, as intervenções em edifícios históricos construídos com a taipa de pilão, utilizando sobretudo o concreto armado; e, por outro lado, acreditamos que será necessária uma completa revisão das tecnologias de restauro arquitetônico quando o tema é a Arquitetura Histórica construída com terra, empregando os modernos recursos de diagnóstico e sobretudo instituindo um plano de diretrizes para manter a coerência desses sistemas construtivos tão significativos para a história da nossa cultura material.


Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

Retrofit: Entre o antigo e o novo

Apartamentos antigos ganham nova roupagem

Você sabe o que é retrofit?

Retrofit, muito mais que uma reforma!

Retrofit. O que é, como funciona e quando é recomendado

Retrofit é recurso para adaptar edifícios às exigências da arquitetura

Retrofit verde ajuda no bolso (e revoluciona seu prédio)

Patologias da construção civil. Elas existem!

Retrofit, a nova tendência das reformas

Retrofit, uma reciclagem tecnológica

Reciclando entulho de material de construção

Restauração valoriza e amplia o tempo de uso da madeira

Casas antigas merecem respeito - 2ª parte

Casas antigas merecem respeito - 1ª parte

Retrofit e a escassez de terrenos

Equívocos em fachadas

Reformas em condomínios, como proceder nessa hora.

Retrofit Predial, uma reciclagem tecnológica

Retrofit é uma boa opção?

Marcenaria artística: ocupação mais produtiva dos espaços, aliando estética e sustentabilidade!

Retrofit dá nova cara à sede da União dos Escoteiros do Brasil em Curitiba

Retrofit verde

Tecnologia Associada a Patrimônio Histórico

Reuso de Materiais de Demolição

As dificuldades no reuso de materiais de construção

Reuso de Aberturas

O restauro da arquitetura histórica de terra com a super-taipa

O que é retrofit?

Decorando com Arte Sacra