Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Redação Fórum da Construção

Brasil expõe projetos de saneamento básico em Zaragoza



Está sendo realizada até o dia 14 de setembro na Espanha, a ExpoZaragoza, encontro iniciado no dia 14 de junho que reúne mais de 100 países e ONGs com o intuito de discutir a água e toda sua importância no mundo atual, seja no âmbito ambiental, tecnológico, econômico ou turístico.

Em grande parte das questões abordadas o Brasil é personagem importante. O foco da maior parte dos pavilhões internacionais e palestras trazia como tema a preservação da água para o futuro, onde o Brasil tem destaque por ser um dos países com maior reserva de água doce. Também foi discutida a questão do saneamento básico, precário em quase todos os países em desenvolvimento, incluindo o Brasil. O tema foi abordado na apresentação do próprio Brasil e também foi destaque nos pavilhões de outros países em desenvolvimento, como Cabo Verde e Angola e de países desenvolvidos, como a Alemanha.

Em seu dia na Expo,  o Brasil apresentou um projeto de saneamento básico rural que é utilizado na região centro-oeste do país. A tecnologia consiste em um clorador de água e uma fosse séptica biodigestora. Nesse sistema os dejetos sanitários vão diretamente para três caixas d`água que ficam enterradas no solo. As caixas têm isolamento do ar e lá ocorre a fermentação, que elimina os coliformes fecais, evitando doenças como a diarréia e a cólera. O resíduo final é usado como adubo e os lençóis freáticos, fonte de água para os homens, fica protegida da poluição. O custo da implantação das unidades é de 1.200 reais.

O sistema já é usado desde o ano 2000 em 916 unidades em Goiás, Minas Gerais e no Distrito Federal, com mais de 2 mil famílias beneficiadas. Em Cristalina, em Goiás, a tecnologia já é usada e os produtores tiram proveito da melhora na saúde e nas plantações, com a água limpa as famílias melhoraram sua qualidade de vida e a terra, agora adubada, já produz arroz, feijão, mandioca, manga, goiaba, laranja e mais outras frutas, verduras e legumes, que garantem a subsistência e que em um futuro próximo poderá virar lucro com a venda do excedente.

Além desse sistema, já em funcionamento, o Brasil também mostrou projetos de outras áreas do país, caso da Bacia dos Educandos em Manaus, área que sofre pela degradação ambiental e urbanística, onde 7.500 famílias devem ser beneficiadas com a implantação de uma infra-estrutura de saneamento básico na região.


Bacia do Educandos com intervenções nos igarapés



Porém a melhor notícia para a área do saneamento foi a notícia da concessão de estímulo financeiro à quem construir e colocar em funcionamento estações de tratamento de esgoto, as ETEs.

As entidades, públicas ou privadas, que colocarem em funcionamento uma ETE terão uma série de estímulos financeiros pelo esgoto tratado, porém a liberação dos recursos só será possível quando a obra estiver concluída e em operação, logo não será possível receber o dinheiro antes da construção em forma de pedido de ajuda para a construção, evitando problemas de desvio de dinheiro.

O Brasil também usou a ExpoZaragoza para anunciar os seus investimentos na área de saneamento, como o R$1,2 bilhão conseguidos pelo PAC para o período de 2007 até 2010, além de projetos que tem outros tipos de investimento, como o projeto de Manaus que terá apoio do Banco Mundial.

Legenda da primeira imagem: Fossa Séptica Biodigestora em Cabrália Paulista, projeto foi apresentado na feira em Zaragoza

Expo Zaragoza 2008

Comentários

Mais artigos

A pressão d'água do meu chuveiro (da minha torneira ou vaso sanitário) está baixa. como resolver?

Conheça seis manifestações patológicas nas instalações hidráulico-sanitárias

Tipos de tubos: PVC, CPVC, PPR, PEX, PVC Esgoto!

Os erros mais comuns em reformas hidráulicas, e como evitá-los

6 dicas hidráulicas para a construção da sua nova casa

12 formas de economizar e reaproveitar água

Truques para descobrir se há vazamento de água na sua casa

Evite problemas com o encanamento

Vantagens de encanamento de PVC

Você acha que está com um vazamento de água?

Negligência com as instalações hidráulicas

Automação aplicada ao tratamento de efluentes. Preservação do meio ambiente.

Solução para falta d’água está sob a terra

Eterclean: filtro para tubulação de água

O saneamento paulista e uma frase histórica de Churchill

Desenvolvimento de novas técnicas de irrigação de precisão que garante uso racional da água

Os esgotos na Região Metropolitana de São Paulo

Alta tecnologia para H2O - tecnologias da água no Pavilhão Alemão Expo de Zaragoza

Brasil expõe projetos de saneamento básico em Zaragoza

Patologias freqüentes em sistemas prediais hidráulicos sanitários e de gás combustível decorrentes de falhas no processo

Água feita pelo homem tem química diferente

Aqua Vitae.com: blog latino-americano especializado no tema da água

Empresas e condomínios já tratam esgoto

Múltiplas necessidades, soluções variadas

Saneamento Básico e seu impacto no setor da construção

Revolução no Saneamento Básico

Doutores da Construção

Sistema compacto de tratamento de esgoto no formato vertical

Aquecedores a gás: não seja você a próxima vítima!

Transbordamento: antes de aumentar as secções das calhas, amplie a capacidade dos condutores verticais

Esquema de funcionamento e dimensionamento da instalação de água fria em residências

Água quente nos banheiros: qual é a melhor opção de aquecedor, elétrico, gás ou solar? Central ou localizado?

Qual a durabilidade do encanamento de um edifício? Qual o melhor material para as tubulações hidráulicas?

Pressão disponível, pressão estática e pressão dinâmica. O que é isto?

Conexão à rede pública de esgoto e o controle de roedores