Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Alexandre Fracchetta

Gravidade do Choque Elétrico



Quando mencionamos valores de corrente elétrica baixa, parece não ter importância sobre as consequências que isso pode trazer ao corpo humano, um assunto já muito discutido, mas vale á pena sempre lembrar dos cuidados a serem tomados nestes casos.

O principio que fundamenta as medidas de proteção contra choque elétrico, conforme a NBR-5410/2004 pode ser resumido por:

1 – parte viva de instalações não deve ser acessível
2 – massas ou partes condutivas acessíveis não devem oferecer perigo , seja em condições normais , seja em particular, em caso de alguma falha que as torne acidentalmente vivas e ou visíveis.

No caso 1, o choque elétrico acontece quando se toca indevidamente a parte energizada do circuito. Acontece quando duas ou mais partes do corpo tocam simultaneamente duas fases ou uma fase e o terra de um determinado equipamento.

Nesse caso a corrente elétrica de choque é atenuada pela:

- resistência elétrica do corpo humano
- resistência do calçado utilizado
- resistência do contato do calçado com o solo
- resistência da terra no local dos pés no solo.
- resistência de aterramento da instalação elétrica no ponto de alimentação de energia.

Neste caso devem-se prover medidas de proteção básica que visem impedir o contato com partes vivas perigosas em condições normais tais como:

- isolação ou separação básica
- uso de barreiras isolantes
- limitadores de tensão

No caso do corpo humano a corrente sempre ira procurar o caminho mais curto ou de menor resistência.

Para o caso 2 o choque ocorre quando regiões neutras ficam com diferença de potencial devido a um curto circuito na instalação ou em algum equipamento. Deve-se notar que nesse tipo de choque a pessoa está tocando ou pisando em regiões ou elementos não energizados da instalação. Porém no momento do curto circuito ou mais precisamente durante este, estas áreas neutras ficam com uma diferença de potencial, ocasionando o choque elétrico.

Possíveis caminhos para a corrente elétrica no corpo humano:

Na figura temos o caminho que a corrente faz no acidentado pelo choque e quantos em porcentagem a corrente que circula pelo coração:

A – da cabeça para o pé direito, 9,7%.
B – da mão direita para o pé esquerdo 7,9%
C- da mão direita para a mão esquerda 1,8%
D – da cabeça para a mão esquerda 1,8%%.
E – 0%

Neste caso deve-se se prover medidas de proteção supletivas que visem suprir a proteção contra choques em caso de falha da proteção, como por exemplo:

- Equipotencialização e seccionamento automático da alimentação elétrica
- isolação suplementar, como trabalhar sobre componentes isolantes.
- Separação ou barreira elétrica de isolação.

Fatores Determinantes da Gravidade do Choque


Conforme a tabela, podemos identificar o que uma pequena corrente pode provocar onde a gravidade vai depender:

- Percurso da corrente elétrica
- Característica dessa corrente, de onde provém.
- Resistência do corpo humano na hora do curto circuito.
- Nível de tensão a que se está submetido

O trajeto da corrente que ira influenciar na gravidade do acidentado, pois se considerarmos que é mais fácil prestar socorro a uma pessoa que apresente asfixia do que uma pessoa com fibrilação ventricular, já que neste caso é exigido um processo de reanimação por massagem cardíaca que nem toda pessoa que está prestando socorro sabe realizar. E nesse caso esta situação caba se tornando muito mais grave .

Importante observar as recomendações de trabalho segundo a NR-10 , no item que fala dos EPIs a serem utilizados e na própria NBR-5410, onde trata dos princípios de operação em instalações energizadas .


Fonte de informação : NORMA NR10 e NBR 5410.



Você conhece o "Curso a distancia IBDA - CentrodEstudos? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

12 erros que comprometem a instalação elétrica de uma residência

Sobre o Lixo Eletrônico

Erros que comprometem a instalação elétrica de uma residência

Como detectar problemas nas instalações elétricas

5 problemas na rede elétrica que afetam seus equipamentos

A importância da manutenção nas instalações eletricas

Como evitar riscos elétricos na construção civil

Como evitar acidentes com Eletricidade

O que está acontecendo com nosso clima? Descargas atmosféricas e seus efeitos

A importância do projeto elétrico residencial

Com que frequência devemos renovar a instalação elétrica no condomínio?

Dicas de segurança com a energia elétrica

Internet pode trafegar pela rede elétrica

Gravidade do Choque Elétrico

Lâmpadas incandescentes: saem do mercado até 2016

Atmosferas Explosivas - Instalações elétricas - Gerenciamento de Riscos

Por que devemos contratar um eletricista para fazer um Aterramento Elétrico?

Como Prevenir Incêndios Elétricos em Casa

Instalações eletrônicas em ambientes hospitalares.

Aterramento elétrico

Iluminação, introdução aos sistemas de controle

Substituiçao de lampadas incandescentes x fluorescentes

Construção Civil e os Acidentes com Instalações Elétricas

As radiações eletromagnéticas no ambiente doméstico

Folhas luminosas de fibras ópticas superam deficiência dos LEDs

Consumo residencial de energia elétrica cresce quase 8%. Como economizar?

Chuveiro elétrico é mais econômico que aquecedores

Novo padrão de tomada elétrica brasileiro

Aterramento e proteção contra descargas atmosféricas

Plugues e tomadas, Brasil adota padrão

Iluminação em baixa voltagem

Instalações elétricas : Previna seu patrimônio contra danos

Semáforo plano de LEDs é mais leve e reduz custos de instalação e manutenção

Dimensionamento cuidadoso e execução correta garantem instalação elétrica de qualidade

Cobre valorizado no mercado internacional afeta Brasil e incentiva roubo de condutores elétricos e de cargas

Distúrbios elétricos provocam problemas em eletrodomésticos

Procobre cria programa de melhoria das instalações elétricas