Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Alexandre Fracchetta

Instalações elétricas : Previna seu patrimônio contra danos



Nos grandes empreendimentos imobiliários, as instalações elétricas e de infra-estrutura estão se modernizando a cada dia que passa. Com o avanço tecnológico, principalmente na área de rede de dados, telefonia e também na parte elétrica, alguns mecanismos de prevenção devem ser adotados a fim de preservar essas instalações contra situações que possam colocar em risco todo um investimento imobiliário e também de equipamentos de alto custo e tecnologia.

Para sustentar todo este avanço, os equipamentos elétricos acabam se tornando um tanto quanto complexos, no que se diz respeito à qualidade, diversidade de componentes e principalmente quanto às dimensões das instalações. São vários painéis elétricos de diversos portes e complexidade a fim de atender toda demanda do empreendimento.

Do ponto de vista da manutenção destas instalações, os profissionais envolvidos devem estar muito comprometidos com as novas tecnologias a fim de preservar toda essa estrutura.

Um dos pontos que gostaria de comentar aqui, e talvez o mais importante esteja relacionado com a sobrecarga destas instalações, que quando mal divididas, podem trazer sérios riscos ao empreendimento, onde um deles é o super aquecimento de partes elétricas, que às vezes pode até acarretar um incêndio, se não for detectado a tempo.

Para esta prevenção podemos fazer uso dos termógrafos, que são equipamentos capazes de verificar, antecipadamente o aquecimento em partes elétricas através de fotos, sem contato físico direto do funcionário com partes energizadas ou equipamentos de alta tensão. Abaixo, um exemplo de medição com termógrafo:


A foto anterior mostra o serviço de termografia realizada em um painel de comando, sobre um disjuntor e constatou-se que a coloração amarela já indica uma temperatura alta, para o tipo de equipamento em questão. Os valores das temperaturas são descritas e analisadas através de uma escala de cores que associada às tonalidades da foto detecta o nível de temperatura respectivo.

Como o custo dos termógrafos e mão de obra são muito elevado, existem empresas especializadas no referido serviço, que vão até o local, fazem as fotos e emitem relatórios, com as condições de cada componente e painel do sistema, fazendo uma prévia do que está critico e precisa ser reparado ou redimensionado.

Outros métodos mais simples também são utilizados, como os termômetros de infravermelho. Estes, porém não fornecem o espectro das temperaturas e os pontos críticos do equipamento mediante uma visão geral, ou seja, as medições com este tipo de equipamento são pontuais.

As empresas de seguro são as que trabalham muito com este tipo de serviço no caso de avaliações das instalações elétricas de imóveis para fechamento de contratos e laudos técnicos.

Para aqueles que quiserem mais detalhes, existem algumas normas a seguir para execução destes trabalhos, são elas:

N – 2472 – Ensaios não destrutivos.
N – 2475 – Inspeção termográfica em equipamentos de processo.
N – 2487 – Inspeção em sistemas elétricos.

Acredito que este assunto possa ser de grande valia, para profissionais da área de manutenção predial, onde se verificarmos as estatísticas o maior índice de danos em edificações está direta ou indiretamente relacionada às instalações elétricas mal dimensionadas ou sobrecarregadas.

Comentários

Mais artigos

Sobre o Lixo Eletrônico

Erros que comprometem a instalação elétrica de uma residência

Como detectar problemas nas instalações elétricas

5 problemas na rede elétrica que afetam seus equipamentos

A importância da manutenção nas instalações eletricas

Como evitar riscos elétricos na construção civil

Como evitar acidentes com Eletricidade

O que está acontecendo com nosso clima? Descargas atmosféricas e seus efeitos

A importância do projeto elétrico residencial

Com que frequência devemos renovar a instalação elétrica no condomínio?

Dicas de segurança com a energia elétrica

Internet pode trafegar pela rede elétrica

Gravidade do Choque Elétrico

Lâmpadas incandescentes: saem do mercado até 2016

Atmosferas Explosivas - Instalações elétricas - Gerenciamento de Riscos

Por que devemos contratar um eletricista para fazer um Aterramento Elétrico?

Como Prevenir Incêndios Elétricos em Casa

Instalações eletrônicas em ambientes hospitalares.

Aterramento elétrico

Iluminação, introdução aos sistemas de controle

Substituiçao de lampadas incandescentes x fluorescentes

Construção Civil e os Acidentes com Instalações Elétricas

As radiações eletromagnéticas no ambiente doméstico

Folhas luminosas de fibras ópticas superam deficiência dos LEDs

Consumo residencial de energia elétrica cresce quase 8%. Como economizar?

Chuveiro elétrico é mais econômico que aquecedores

Novo padrão de tomada elétrica brasileiro

Aterramento e proteção contra descargas atmosféricas

Plugues e tomadas, Brasil adota padrão

Iluminação em baixa voltagem

Instalações elétricas : Previna seu patrimônio contra danos

Semáforo plano de LEDs é mais leve e reduz custos de instalação e manutenção

Dimensionamento cuidadoso e execução correta garantem instalação elétrica de qualidade

Cobre valorizado no mercado internacional afeta Brasil e incentiva roubo de condutores elétricos e de cargas

Distúrbios elétricos provocam problemas em eletrodomésticos

Procobre cria programa de melhoria das instalações elétricas