Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Steel Frame e Drywall (veja mais 15 artigos nesta área)

Drywall facilita pequenas reformas e incentiva novas tecnologias



As mais avançadas tecnologias no setor da construção civil não precisam necessariamente ser utilizadas na execução de novos empreendimentos. Elas podem estar presentes em simples reformas, e proporcionar inúmeras vantagens técnicas, estéticas e financeiras.
O sistema assegura uma reforma rápida, com prazo definido, gerando menos entulho ou transtornos e tem preço 50% mais acessível.

Cada vez mais popularizado no País, o sistema de paredes, forros e revestimentos em drywall é uma dessas tecnologias, e tem conquistado arquitetos e engenheiros, que optam por esse processo em seus projetos de reforma. O drywall oferece inúmeras vantagens, que podem gerar uma economia de até 50% na reforma, sem contar com a redução de até 30% no índice de desperdício e com os entulhos tão indesejáveis numa obra.

Vantagens

Em virtude da facilidade de instalação do produto, o período de execução é muito mais curto e definido. Uma parede de 3 x 10 m, por exemplo, é erguida em dois dias, contando com o acabamento. Primeiro ergue-se a estrutura metálica, executada com montantes de aço galvanizado, que vai do chão até a laje. Nela, parafusam-se as placas de gesso de uma face da parede. Em seu interior são fixadas as instalações elétricas e hidráulicas, que permanecem totalmente ocultas. Logo em seguida, vem o fechamento da outra face da parede.

As paredes em drywall têm espessuras menores que as convencionais, o que aumenta a área útil entre 5 e 7 cm. Podem ser retas ou curvas, e receber qualquer tipo de acabamento: pintura, azulejo, mármore ou fórmica. Mesmo com paredes mais finas, o isolamento acústico em drywall é igual e. em alguns casos, até superior às alvenarias, porque utiliza painéis de lã mineral como revestimento entre as placas de gesso.

A mesma rapidez que se tem na aplicação, aparece na necessidade de uma futura manutenção. No caso de problemas hidráulicos ou falhas na fiação elétrica, por exemplo, o único trabalho é detectar o lugar exato, cortar a placa e reparar o defeito. Sem sujeira ou barulhos estrondosos, depois de feito o reparo, o instalador restaura a parede em drywall.



Home Theater sem problemas acústicos

Para resolver problemas de acústica já existentes ou para evitar que eles aconteçam, quem já tem ou deseja montar um home theater, pode resolver a questão com os sistemas de paredes e revestimentos em drywall. No home theaters, o drywall pode ser usado para elevar o índice de isolamento do som transmitido por meio aéreo em, pelo menos, duas situações.

A primeira, na adaptação de uma sala construída em alvenaria convencional. Nessa situação, as paredes e a laje podem receber um revestimento estruturado em drywall, paralelo à parede, gerando um vazio entre a alvenaria (ou a laje) e as placas de gesso. Nesse vazio, uma boa dica é instalar Placoglass, produto composto de lã de vidro fabricado pela Placo. Esse processo pode aumentar ainda mais o isolamento do som transmitido por meio aéreo. Em média, esse sistema de revestimento possui 6 cm de espessura. O rebaixo do forro é de no mínimo 15 cm.

Para o segundo caso, ou seja, na construção da sala propriamente dita com drywall, dependendo de sua especificação, as paredes podem ir de 36 a 50 decibéis de isolamento acústico, sem ultrapassar 12 centímetros de espessura. Note que as alvenarias residenciais convencionais ficam em torno de 38 decibéis. São constituídas por estrutura leve em aço galvanizado, revestida com dupla camada de chapas de gesso em cada face da estrutura e com o vazio interno preenchido com Placoglass. Após sua montagem, recebe tratamento das juntas com massa específica e o acabamento final desejado.

José Luiz Gonçalves, do departamento técnico da Placo, lembra que “o índice de isolamento acústico é diferente do índice de absorção acústica”. O primeiro trata da fuga de som para outros ambientes. E nesse aspecto, o drywall é ideal. O segundo está relacionado ao conforto acústico e à compreensão dos sons dentro do ambiente. E afirma que para otimizar os índices de absorção acústica, a linha Casoprano e Gyptone Quattro 20 são excelentes opções de forros removíveis e, para forros fixos e paredes, o Gyptone Big Quattro 41 e o Rigitone. Todos podem ser associados ao drywall, conferindo desempenho técnico e beleza ao ambiente. Pode-se ainda recorrer a materiais de revestimento aplicado sobre a chapa de gesso, como tecidos e espumas, entre outros.

Para o seu conhecimento

O sistema construtivo em drywall é executado com placas de gesso, compostas por um miolo de gesso e aditivos, envolto por cartão especial. A soma desses elementos, resistentes a esforços de compressão, resultam em uma superfície de revestimento ideal para acabamento.

Revestimento em drywall: praticidade e conforto garantidos

Os revestimentos em drywall podem ser utilizados para dar acabamento em uma parede de alvenaria, bruta ou em mal estado, ou para melhorar os índices de vedações térmica ou acústica. A Placo fabrica revestimentos em drywall adequados para aplicações em duas maneiras:

- placas de gesso parafusadas numa estrutura de aço galvanizado;
- placas de gesso coladas direto sobre a alvenaria, utilizando massa adesiva MAP.

Após sua montagem, recebe tratamento das juntas com massa específica e o acabamento final desejado. O revestimento de drywall pode receber qualquer tipo de acabamento, como pintura, mármore, cerâmica, além de resultar em superfícies planas, lisas e sem juntas aparentes.

Quando parafusados em estrutura de aço, os revestimentos Placo permitem que seja utilizada lã de vidro entre a placa de gesso e a alvenaria, o que garante ao ambiente excelente conforto acústico e térmico. Os revestimentos em drywall também contribuem para regular e estabilizar a temperatura, em virtude das propriedades da placa de gesso. O ambiente fica fresquinho no verão e quentinho no inverno.

Consultoria:

Placo do Brasil: www.placo.com.br

Comentários

Mais artigos

12 Motivos para utilizar Drywall como Parede

Gesso na Construção Civil: Vantagens e Desvantagens

Como pintar teto de gesso

O conceito de Light Steel Framing

Gesso Acartonado - Drywall : Usos e Vantagens

Conheça as vantagens e desvantagens do drywall antes de escolher sua parede

Quando usar gesso ?

Estudos comprovam que o Gesso da Construção Civil pode ser reciclado.

Vantagens do Gesso Acartonado

Light steel framing: Estruturas em Aço Leve

Divisórias de Gesso Acartonado: consumidor brasileiro está desinformado.

O que é o Light Steel Framing

Light Steel Framing traz novas possibilidades para a arquitetura

Sistema Drywall - Construção seca, limpa e econômica

Drywall facilita pequenas reformas e incentiva novas tecnologias

Paredes de gesso e blindadas