Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Redação do Fórum da Construção

Como planejar a iluminação da sua casa



Muitas vezes, quando estamos decorando uma casa, acabamos dando mais atenção aos móveis, aos eletrodomésticos, às paredes… e esquecemos de planejar a iluminação da casa de uma forma que funcione melhor para o nosso dia a dia. E saiba que uma boa iluminação é tão importante quanto um sofá confortável!

Isso porque uma iluminação bem pensada dá forma a objetos, destaca ou esconde outros e dirige a nossa atenção para os detalhes e para o que queremos mostrar em nossa casa.


Se você parar para pensar que geralmente nos apartamentos há apenas um ponto de luz no meio do cômodo, para colocar um lustre com a função de iluminar o ambiente inteiro, muitas vezes esse único ponto de luz acaba não dando conta do recado – e ainda te obriga a colocar uma lâmpada que gaste mais energia.

Distribuindo a luz pelos cantos mais importantes do ambiente, você consegue deixar tudo mais funcional e melhorar o uso que as pessoas da casa fazem daquele espaço. Um exemplo: não é ruim uma sala de jantar mal iluminada, em que as pessoas mal conseguem enxergar a comida no prato? Ou então uma poltrona de leitura sem uma boa luminária ao lado? E para mudar a distribuição dos pontos de luz pelos cômodos da sua casa, não precisa nem de reforma: luminárias, arandelas e abajures podem ajudar bastante!

Como planejar a iluminação

Antes de sair comprando lustres e abajures para a sua casa, tente responder primeiro a essas perguntas:

Quantos pontos de luz são necessários para cada ambiente?

– Que tipo de lâmpadas você precisa para cada ponto de luz?

– Quais os tipos de luminárias são melhores para cada caso?

– Qual é o estilo de vida dos moradores da casa e como os ambientes são usados por eles?


Respondendo a essas perguntinhas básicas, fica muito mais fácil traçar um plano de iluminação para a sua casa! É igualmente importante aproveitar os traços da arquitetura da sua casa, como pé direito alto, janelas grandes, claraboias, para só depois sair à procura de lâmpadas e luminárias.

Se o pé direito do cômodo em questão é baixo, nem pense em comprar lustres pendentes, sob o risco de virar um obstáculo para quem estiver circulando pelo ambiente. No geral, em áreas sociais como sala de estar e jantar, lâmpadas de luz amarela criam um clima mais aconchegante que as fluorescentes, que ficam bem melhores na cozinha e na área de serviço.


Tipos de lâmpadas

Há lâmpadas incandescentes, fluorescentes, halógenas e de LED – veja qual é a melhor para cada cômodo:

Incandescente comum: com diferentes formatos de bulbo, gera luz com base no aquecimento de um filamento de tungstênio. Emite luz amarelada e quente. Reproduz as cores com total fidelidade, porém consome muita energia e dura bem pouco (cerca de mil horas).

Halógena: incandescente de bulbo menor, com gás halógeno que melhora seu desempenho e durabilidade. A luz é amarela e quente, e reproduz bem as cores.

Halógena AR e dicróica: essa lâmpada é ótima para destacar objetos e quadros na parede.

Halógena PAR: assim como a dicróica, tem superfície refletora que melhora o desempenho. A diferença é o vidro grosso e pontilhado, que enfatiza o brilho da luz. O modelo PAR 20 com o corpo blindado, próprio para luz focada, forma um cone sobre o objeto. A desvantagem é que esquenta muito e é sensível ao toque.

LED: esse tipo de lâmpada é mais novo, e bem mais econômico e durável que os demais. Entre as vantagens desta lâmpada estão o fato de não atrair insetos, além de ser ecologicamente correta.

Ideias para o quarto

Uma luz geral no centro do quarto geralmente dá conta do recado para o uso diário do cômodo, e iluminação direcionada com abajures são boas alternativas para criar diferentes atmosferas. Prefira abajures com cúpula translúcida, ou luminárias de haste regulável, se você gosta de ler deitado na cama. Se houver espaço para uma poltrona, coloque uma luminária articulável de pé. Perto de cômodas e penteadeiras, arandelas são a melhor escolha.

Ideias para a sala

Para a sala de estar e jantar, pense em criar pontos de iluminação que ajudem nas tarefas do dia a dia – como um lustre sobre a mesa de jantar, com as luzes voltadas para baixo, e luzes mais focadas em certos objetos, como a mesa de centro ou um quadro que você queira destacar na parede. No caso da sala de jantar, o lustre precisa ficar entre 75 cm e 1 metro do tampo da mesa, medida certa para que a luz não incida nos olhos das pessoas, causando desconforto. Já abajures nas laterais do sofá são ótimos para leitura. Se você quer criar um cantinho especial para leitura na sala, você pode usar uma luminária de chão. Mas cuidado para não colocar luz demais num ambiente e acabar deixando sua sala parecendo um estádio de futebol!

Ideias para a cozinha

Neste ambiente, a luz serve para nos ajudar a preparar os alimentos, identificar suas cores, cortá-los… e por conta disso a iluminação não pode criar sombras. Assim, o ideal é colocar luzes fluorescentes no teto e iluminação direcionada embaixo dos armários de cozinha, apontando para as bancadas. Ter luz sobre o fogão também é importante. Se você tiver um depurador de ar já com lâmpada embutida, é menos um ponto para iluminar! Outros detalhes que não podem ser esquecidos são os materiais em que as luminárias são feitas: eles precisam ser fáceis de limpar.

Ideias para o banheiro

No banheiro, o centro das atenções é sempre o espelho. Por isso, a primeira regra é caprichar na colocação das lâmpadas em torno dessa peça, garantindo a boa imagem dos moradores e visitantes. O importante é que a luz não venha do alto, provocando sombras – em geral, a recomendação é instalar as lâmpadas nas laterais. Arandelas, spots ou pequenas luminárias com lâmpadas incandescentes ou fluorescentes compactas cumprem a tarefa de clarear a área de reflexão do espelho, acima da bancada.

Em banheiros pequenos ou lavabos, essas luzes podem ser suficientes, dispensando a iluminação geral de teto. Já nos espaços maiores é preciso lançar mão de lâmpadas fluorescentes tubulares ou compactas em luminárias altas que promovam uma luz difusa, sempre em parceria com as que ficam mais baixas e próximas à bancada. E tem mais: na área do box, lâmpadas blindadas, à prova d?água, como a halógena PAR, são mais seguras para ambientes molhados.

Esperamos que essas dicas te ajudem a deixar sua casa mais iluminada.


Fonte:consul.com.br


Você conhece o "Curso a distancia IBDA - CentrodEstudos? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

A utilização de lâmpadas LED no projeto residencial e comercial de iluminação

Projetos de luminotécnica na decoração de interiores

Iluminação residencial transformando ambientes

Iluminação em LED: vantagens e desvantagens.

Dicas de iluminação de interiores para sua casa

Como planejar a iluminação da sua casa

As dez regras de ouro de iluminação na casa

Níveis recomendados para iluminação de escritórios

Iluminação natural eficiente!

A iluminação direciona os sentimentos

A importância da iluminação na arquitetura

Iluminação para seu jardim II

Iluminação para seu jardim

Como iluminar o jardim durante a noite?

Uso de LED em projetos luminotécnico podem economizar até 70% de energia.

Cuidados com a boa iluminação do ambiente de trabalho

Acerte na escolha da luminária

Melhore a iluminação da cozinha

Como planejar adequadamente a iluminação de salas e cozinhas

O poder da iluminação

Iluminação residencial sem erros

LED - O que é?

Os segredos de uma boa iluminação na sala de estar

Dicas para Iluminação residencial

Lâmpadas para todos os gostos

O sentido da luz (uma reflexão)

Iluminação da cozinha, como melhorar?

Lâmpada LED tubular, vale a pena usar?

Nova norma de luminotécnica : NBR-8995-1

Afinal porque escolher lâmpadas LED?

Como iluminar bem as suas salas

Acertos na Iluminação

A importância da iluminação na arquitetura

Efeitos de iluminação

Iluminação natural eficiente!

Iluminação pública e segurança

Poluição Luminosa

Começa banimento das lâmpadas incandescentes

Iluminação e Sustentabilidade

Estudo de Caso - Sheraton Tribeca - 370 Canal Street NY, NY

Retrofit de Sistemas de Iluminação

Ilumine sua casa com luz natural!

Iluminação Comercial

Aproveitando a luminosidade para decorar ambientes

Iluminação de Fachadas

The next big change!

Iluminação certa para a cozinha

Projetando com LEDs

Iluminação residencial com Leds

Iluminação – A importância de um bom projeto

Projeto luminotécnico otimiza distribuição da luz artificial

Iluminação. Como deixar seu espaço mais agradável.

Tipos de iluminação na decoração

LEDs – Campeões da iluminação sustentável

Iluminação elaborada em casa!

Iluminação, a arte de criar ambientes decorados

Efeitos da iluminação no comportamento humano

Cuidados no descarte de lâmpadas queimadas: fluorescente x incandescente x led

Iluminação? Dicas para iluminar com economia

Iluminação residencial passo a passo.

Iluminação adequada nos ambientes. Dicas importantes.

Arquitetura além da visão: uma reflexão sobre a iluminação nos ambientes empresariais

Controlar a iluminação das ruas protege humanos e insetos

Iluminação sustentável

Lâmpadas fluorescentes compactas ganham eficiência e controle de brilho

A estética da luz e o designer das luminárias.

LED orgânico azul tem aumento de eficiência de 25%

Iluminação : Casa Alto Astral, sempre!

Luz branca de alta qualidade é produzida em lâmpada de estado sólido

LEDs orgânicos ganham 60% em eficiência e se aproximam da comercialização

Esponja absorvente de mercúrio pode resolver dilema das lâmpadas fluorescentes compactas

Iluminação Sustentável

Sistema híbrido utiliza luz solar para substituir lâmpadas

Em busca da luz natural