Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Empreendimentos Imobiliários (veja mais 122 artigos nesta área)

por Misasi Comunicação

Viver como antigamente



A Rossi  anunciou a construção de um bairro privativo de 155 mil metros quadrados na última área verde disponível no Morumbi, uma das regiões mais nobres da cidade. Este será o maior condomínio residencial da região, com moderno complexo de lazer e centro comercial.

Com o nome de Paulistano Bairro Privativo, o projeto estima gerar o VGV de 500 milhões e será construído em parceria com a Even. “Este é o mais ousado e importante empreendimento que  já desenvolvemos ”, enfatiza João Rossi, presidente do conselho de administração e fundador da Rossi.

Estrategicamente localizado, o terreno encontra-se próximo às vias de acessos mais importantes da cidade, como Marginal Pinheiros, Av. Berrini, Av. Cidade Jardim e Av. Morumbi. “O que parecia impossível se tornou real. a aquisição do terreno foi uma das nossas maiores conquistas”, afirma Marcelo Dadian, diretor comercial da regional São Paulo da Rossi.

Totalmente planejado, o bairro terá 1.055 unidades entre casas (287 unidades) e apartamentos (768 unidades), estes distribuídos em 7 torres. Serão 230 mil m² de área construída e 40 mil m² de alamedas de acesso, além de 52 mil m² de área verde, que envolve jardinagem e espaço preservado. No Paulistano Bairro Privativo será possível viver em casas sem portões, edifícios sem grades, não se preocupar com as crianças brincando na rua e namoros na porta de casa. Para Dadian, o bairro oferecerá a estrutura de um resort com tranqüilidade e segurança no meio da selva de pedras.


Toda infra estrutura para jogos em rede e acesso a internet.


A área de lazer será uma das mais completas da cidade. Um clube com quatro pavimentos será instalado em 8 mil metros quadrados para uso exclusivo dos moradores, com total infra-estrutura. O local contará com opções diferenciadas para agradar todos os gostos e idades, incluindo salas especiais para atividades específicas, como artes marciais, pilates e spinning.


academia



lounge


Outros atrativos são a quadra de vôlei de praia, campo de futebol com medidas oficiais, sorveteria, lanchonete, discoteca (tecno lounge), cinema, cyber space, pista de skate e quadra de bocha.  Para quem gosta de cuidar da forma física, a área contará com três salas de ginástica e academia de musculação com equipamentos de última geração. 


E haverá ainda o espaço mulher, um spa com tratamentos estéticos, massagem e salão de beleza. Outro benefício será a instalação de um centro comercial dentro do bairro, que terá acesso externo.


Amplo cinema com assentos dispostos em inclinação conforme um teatro.



Ambiente para estudo e reuniões de trabalho dentro do seu próprio condomínio.



Arquitetura

A escolha do nome Paulistano é uma homenagem aos moradores da capital, que serviram de base e inspiração para o projeto. O arquiteto Jonas Birger, que estudou o terreno para descobrir a melhor forma de aproveitar o potencial paisagístico,  disse que serão reproduzidas as melhores características da cidade. “Tivemos a oportunidade de discutir tudo minuciosamente e juntar, em um só lugar, as condições de vida ideal em uma cidade como a nossa”, afirma Birger Com amplo conhecimento das necessidades do cidadão paulista/cosmopolita, o arquiteto identificou que a área era muito semelhante ao bairro Jardins, ou seja, possui a estrutura de uma colina.


E, como no bairro, projetou os prédios na parte alta do terreno. Devido a grande amplitude visual, as casas - que foram dispostas no nível mais baixo - também terão excelente vista. Outro ponto que serviu de inspiração foram as ruas arborizadas.  Visto de cima, o Paulistano Bairro Privativo parece um bosque, repleto de árvores. Para evitar trânsito local, o empreendimento contará com sete baias de acesso na portaria. "O Jardins é um bairro que oferece qualidade de vida e minha idéia foi reproduzir esta forma de viver no Paulistano", explica Birger.


Caracterizado pela arquitetura contemporânea e ao mesmo tempo atemporal, Birger concebeu diferentes fachadas para as casas e os prédios. Com intuito de evitar a monotonia na paisagem, ele seguiu três estilos de arquitetura: a inglesa (uso de cerâmica), a norte-americana (telhados mais horizontais e cor branca predominante) e a suíça (inspirada no famoso arquiteto Lê Corbusier). “As casas possuem três tipos de fachadas, mas todas conversam entre si. Mesmo com estilos diferentes, a harmonia entre elas prevaleceu”, afirma Birger. Ao desenvolver os apartamentos, o profissional usou tamanhos de terraços diferentes. E, seguindo o conceito das casas elevadas, ele afirma que os apartamentos serão tão confortáveis quanto as casas.


casa de 92m2


Com casas de 92, 126 e 231 m² e apartamentos de 110, 141 e 177 m², as plantas possuem total flexibilidade para serem adaptadas de acordo com o desejo ou as necessidades de cada família.


Apartamento de 110m2



Paisagismo/Lazer

Um dos diferenciais do Paulistano Bairro Privativo é o fato de se assemelhar a uma cidade interiorana, pois reúne segurança e comodidade para a convivência familiar. Sérgio Santana, profissional responsável pelo paisagismo, construiu alamedas, calçadas, plantou árvores e desenhou praças para integrar a natureza ao cotidiano dos moradores. “Fazer um bairro do zero dá trabalho, mas o resultado compensa. A situação possibilita colocar cada coisa no lugar certo. As alamedas foram desenhadas para que não passem muitos carros, mas, quando houver necessidade, estarão em baixa velocidade”, afirma Santana.


Com objetivo de idealizar um lugar com todas as características para criar os filhos da melhor forma possível, Santana projetou vias de acesso que proporcionarão vista panorâmica. Todas as calçadas são largas e as ruas secundárias terão muitas árvores para oferecer sombra aos pedestres. Para colorir o ambiente, serão plantadas flores bauínas e acácias a cada quarteirão. O paisagista ainda inseriu, em algumas esquinas estratégicas, playgrounds e hortas. Um bosque com mais de três mil árvores nativas será preservado e contará com um percurso para caminhadas.


Para que a área de lazer ofereça  a melhor e mais moderna estrutura, o especialista em esportes Renato Passador foi contratado para prestar consultoria. Ele deu preferência a espaços projetados e idealizados para cada faixa etária: a lanchonete, o cyber espaço e a discoteca (tecno lounge) serão pontos de reunião dos jovens já a gibiteca, a brinquedoteca e o playground  terão as crianças como freqüentadoras.


O Paulistano Bairro Privativo oferece ainda outras opções de lazer, como quadras poliesportiva, de squash e de tênis, sauna, pista de cooper, churrasqueiras, salões de festas e de jogos, piscina com raias de 25 metros, piscina descoberta adulta e infantil, espaços gourmet e garage band.  “Nossa intenção foi dar um aspecto de resort a estas áreas  de integração, para  que as pessoas desfrutem no dia-a-dia de momentos que normalmente têm  em viagens ou clubes de primeira linha”, entusiasma-se o paisagista Sérgio Santana.

16/5/2008

Comentários

Mais artigos

Documentação: o que é necessário saber antes de uma reforma

9 dicas para encontrar seu imóvel comercial

6 Dicas para encontrar o apartamento ideal

Morar em condomínio: pontos positivos e negativos

Como Escolher um Apartamento

Comprando um imóvel com segurança

Hora de reforçar a higiene nos condomínios para combater as doenças no outono/inverno

A diferença entre construtora e incorporadora

Vistoria de apartamentos novos: porque ela é tão importante.

Dicas para a compra segura de seu imóvel

Os cuidados ao contratar a administradora do condomínio

Pensando nas Crianças: geração que vive em condomínio quer desfrutar de lazer e segurança

Taxas de condomínio: alternativas são necessárias para o momento de crise

O síndico e as reformas condominiais

Acessibilidade, Condomínios devem se adaptar

Mitos e verdades na compra de uma casa

Condomínios novos reduzem o consumo de água.

Vantagens e Cuidados na hora de Comprar Imóveis na Planta.

Condomínios: Tolerar ou não barulho de vizinhos.

Imóveis, A era dos supercompactos

Como elaborar um projeto de construção de uma casa?

Instalação de antena em topo do prédio

Dicas para a compra de casa de campo

Vidros na construção civil

Você sabe o que é manutenção predial?

Imóvel novo ou usado? Antes de decidir, veja o que levar em conta.

Manutenção, algo que todos precisamos

Alteração da fachada do apartamento: quem decide, o proprietário ou o condomínio?

Assembleia virtual em condomínios é tendência

Condomínio, sociedade que deve prevalecer o diálogo

Saiba como eliminar os cupins da sua casa

Ninguém quer ser síndico. E agora?

Perguntas e respostas sobre Direito Trabalhista

Como comprar um Imóvel sem acumular Dívidas.

O uso do FGTS para a compra de imóveis.

Primavera traz aumento de bichos indesejados no condomínio. Como se prevenir?

A área do Imóvel no Lugar Certo.

Como avaliar um imóvel?

Drogas em condomínios

À procura de uma administradora, Aspectos importantes a serem considerados

Com quantos shopping centers se faz uma cidade?

Quais os recursos que podem ser usados para definir um valor para o seu imóvel?

Qual a diferença entre área útil e área total?

Os criadores de um projeto imobiliário - bastidores de uma obra

Implantação do prédio no terreno

O que checar antes de assumir o cargo de síndico

Na hora de reformar, quem deve arcar com os gastos, o inquilino ou o proprietário?

Checklist contra incêndios

Guia para reciclagem em condomínios

Sazonalidades no condomínio

Festa no condomínio? Cuidado para não arranjar confusão!

Defeitos em edifícios

Imóvel na planta: sonho ou pesadelo?

Apartamentos Novos são menores?

Venda ou locação de vaga de garagem em condomínio?

Etiqueta em condomínios

Imóvel em condomínio? Dicas úteis na hora da compra.

Investir em imóveis na planta, como fazer?

Dez dicas para comprar um imóvel na planta.

Funcionalidade Importa mais que Tendências e Moda

A Terceira Geração dos Flats

Como fazer alterações na planta do apartamento sem reduzir seu preço de venda

Compra de Imóveis na Planta, o que analisar?

Alteração de fachadas e das áreas comuns

A sistemática do Projeto como empreendimento

Crédito imobiliário, saiba como escolher o melhor

Elevadores: Período de chuvas requer cuidados especiais

Sala de ginástica, como montar uma em seu prédio?

As finanças de um condomínio

Como conservar os elevadores?

As contribuições da Manutenção para a segurança do complexo predial

Síndico, quais são suas reais atribuições?

Estrangeirismos dominam lançamentos imobiliários

O mercado imobiliário e a internet

Condomínios: Critério de rateio

Comprando imóvel na planta? Cuidado com o contrato.

Sem entrar em armadilhas no Minha casa, Minha vida.

Prospecção: Os sete maiores erros cometidos pelos corretores de imóveis

Não se deixe enganar pelas áreas.

O que é necessário para fazer qualquer reforma ou obra em condomínios.

Qualidade na Construção Civil

Quanto vale seu imóvel? Quando dois mais dois, podem não ser quatro

Critério de rateio em condomínios

Construir para alugar

Pagar aluguel pode ser melhor do que fazer financiamento

Construção civil registra ritmo acelerado, diz CNI

Construtoras voltam o foco para a média e a alta renda

Financiando seu imóvel em 7 passos seguros.

Maquiagem camufla os atrasos nas obras do PAC

Crédito imobiliário bate recordes e bancos preveem mais expansão

Crédito imobiliário avança e flerta com derivativo no país

Imóveis blindados são estimulados pela violência

Construção parte para ambicioso ciclo de expansão

É possível um terceiro comprar ou alugar garagem em prédios?

Caixa pré-aprova crédito facilitado para 4,3 mil construtoras

Vida em condomínio: sonho ou pesadelo?

Shoppings fazem readequações para se manterem competitivos e lucrativos

Desempenho do PIB ainda não captou recuperação da construção no primeiro semestre.

Ritmo do emprego na construção civil vem surpreendendo positivamente.

Condômino indesejável

Déficit habitacional: 6,273 milhões de domicílios.

Glossário Imobiliário

Hotel ou residência?

Terraplanagem + erosão = desastre

A incapacidade do estado de planejar e contratar

Contratos de gaveta

Novas fontes de financiamentos sustentarão crescimento da construção civil

Construção civil: Baixa renda garante desempenho das construtoras

Imóveis : Em busca de melhores investimentos

Financiamento de R$ 3 bilhões para a construção confirmado pela Caixa Economica Federal

Viver como antigamente

Casa em Resort

A importância do Habite-se

O que significa o conceito “build to suit”?

Empreendimento usa conceito sutentável

Shopping center com Centro empresarial: uma parceria de sucesso

Na ponta do lápis: será que é bom negócio construir para vender?

Avaliação imobiliária, a velha questão do preço versus valor

Será que comprar imóvel na planta é um bom negócio?

Guia para seu cliente: etapas da construção de uma residência ou pequena obra

Que fatores valorizam ou desvalorizam um imóvel?

Qual a área real de um apartamento?

A epidemia dos Condomínio-Clube