Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

A Ergo Tecnologia, uma empresa do Grupo Delbras, que conta com mais de 20 anos de mercado, desenvolve equipamentos que oferecem meios para a prática de atividades físicas em locais de uso comum, as chamadas “Academias ao Ar Livre”.
Acesse : http://www.ergotecnologia.com.br

Em Marketing para profissionais (veja mais 96 artigos nesta área)

por Eng. Ênio Padilha

Marketing de Relacionamento e Tecnologia da Informação



O Marketing de Relacionamento, ou CRM (Customer Relationship Management) é mais um desses conceitos do mundo da gestão que "veio com tudo" no Brasil e que depois ficou meio abandonado, esperando sua hora na esteira da reciclagem.

Já volto a ele. Antes, deixa só eu explicar uma coisa: no Brasil (e talvez não só no Brasil) é assim mesmo. Um novo conhecimento aparece e logo tem alguém que o troca em miudos, para que os empresários analfabetos possam entender. Nesse processo a essência da coisa se perde e fica só o rótulo bonitinho e as aplicações práticas imediatistas. Por isso, depois de algum tempo, ninguém mais sabe de onde veio aquilo e porque está sendo usado. A coisa perde o sentido e é abandonada (geralmente substituída por alguma outra novidade do momento).




Pois bem. Voltemos ao CRM. O que muitos não entenderam é que CRM é mais do que uma técnica de gestão ou uma estratégia de marketing. É uma filosofia de Administração de Mercado. É algo que deve ser incorporado às empresas que tem disposição para a comunicação intensa com o cliente durante todo o tempo: antes de fazer negócio, durante as negociações, durante o processo de compra e consumo e também depois do relacionamento comercial propriamente dito. Ou seja, quem assume o CRM como filosofia de gestão assume que vai colocar o cliente (todos os clientes) no seu dia-a-dia.

Não é uma coisa fácil. É uma atividade intensa. Muita gente desiste por conta da dificuldade do processo, quando não consegue ver qual é o sentido da coisa.

Primeiro, você (a sua empresa) precisa se equipar. Precisa ter um S.I.M. Um Sistema de Informações de Marketing compatível com os seus objetivos de CRM.

Mas não precisa se apavorar e achar que vai gastar o olho da cara! Como eu disse no meu primeiro livro (Marketing para Engenharia, Arquitetura e Agronomia) o bom e velho caderno de endereços, que todo mundo tinha (e muita gente ainda tem) é um S.I.M. Um Sistema de Informações de Marketing, assim como um moderno sistema de computadores com software especial, utilizado por grandes redes de comércio ou serviço.

Os dois casos (e todas as possibilidades e alternativas intermediárias) podem ser adequados. Depende do tamanho da empresa e do que se objetiva ganhar com a aplicação do CRM. Então a primeira coisa a se fazer é dimensionar os objetivos para utilizar o sistema adequado e não gastar tempo, dinheiro e energia utilizando uma locomotiva para quebrar amendoins.

Não se deixe enganar pelos termos técnicos da informática. Ela, com seu arrastão high tech, construiu, e continua construindo, toda uma linguagem que, às vezes, chega a ser assustadora. Os termos e as expressões criadas pelos profissionais de informática, num primeiro momento, ficam restritas a eles próprios porque dão sempre uma idéia grandiosa de uma coisa inacessível aos não-iniciados. São, na maioria dos casos, termos apropriados da ciência e da tecnologia. Por isso causam tanto impacto inicial.

Lembra a primeira vez em que você ouviu o termo “Multimídia”? Oooohhhh! Parecia uma coisa de filme de ficção científica. Uma coisa que você só teria acesso depois de muito estudo e muito dinheiro para gastar. Depois você descobriu, como todo mundo, que a tal da multimídia nada mais é do que o computador fazendo aquilo que sempre se esperou dele, nada mais. Mas aí já era tarde, porque outras expressões já estavam no ar e você continuava atrasado...

Bem. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO é uma expressão que foi por esse caminho. Parece uma coisa de outro mundo mas não é.

A velha agenda de nomes e endereços é parte de uma tecnologia de informação. Se você evoluir para um arquivo de fichas (lembra aqueles fichários de acrílico que ficavam sobre as mesas?), você está mudando a tecnologia. Entendeu? Você não precisa pensar que toda vez que se fala em tecnologia está se falando em eletrônica ou computadores de última geração.

Um pequeno salão de beleza de bairro, que atende a uma clientela definida de 150 ou 200 pessoas, não precisa de um computador. Precisa de um bom fichário de acrílico.

Não existe alta tecnologia. O que existe é a tecnologia adequada. Um escritório de engenharia não precisa dispor de computadores com a mesma tecnologia necessária em uma instituição bancária. Mas precisa utilizar programas suficientemente ajustados para a demanda de qualidade e produtividade que o seu mercado apresenta.

Embora poucos tenham coragem de admitir, é preciso que se diga: nem todo mundo precisa de um computador. E, daqueles que precisam, nem todos precisam de um computador de última geração.

Tecnologia tem custo. E qualquer empresário sabe que todo custo precisa gerar alguma receita. Em outras palavras, todo custo precisa ser justificado.



Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Sob pressão

O que se espera de um profissional moderno ?

7 táticas inteligentes para desenvolver sua carreira

10 maneiras de blindar sua empresa contra a crise

8 Lições para Impressionar na Entrevista

Meus funcionários me detestam, o que faço?

Quanto tempo você sobrevive sem INTERNET?

Como a internet mudou a forma de se relacionar

Como superar barreiras e melhorar seus resultados

Marketing Pessoal

Processo produtivo e o marketing

Qual o problema da zona de conforto?

Crise? E qual a sua atitude?

Como arrumar um emprego com 14 dicas simples

O Paradoxo da Produtividade

10 Dicas para o seu Marketing Pessoal

O que é um bom profissional de marketing?

Alguém está apostando em você?

Como potencializar uma reunião

10 situações que podem espantar seu cliente

Cinco dicas para desenvolver sua inteligência emocional

Dicas para organizar a carreira

Desemprego, estatísticas e manipulações

Vendendo para mulheres

Sucesso é uma questão de atitude

Por que engenheiros e arquitetos não cobram consulta?

Melhore a qualidade de vida no trabalho

Falha humana

10 coisas que grandes oradores nunca dizem em palestras

Uma reflexão sobre o valor comercial do seu tempo (ou de quanto podemos cobrar pelo uso do nosso tempo).

Construindo metas – seu sucesso nesse novo ano

10 razões para se manter motivado no trabalho

Não estar preparado para defender as suas decisões técnicas.

Quanto vale a marca, fulano de tal?

5 Desafios para alcançar uma carreira de sucesso

Qualificado, mas sem emprego. Por quê?

Estresse corporativo

A repercussão do quadro atual para as empresas e famílias

Pecados cometidos por engenheiros e arquitetos na escolha de sócios.

Diga-me o que retwittas...

Marketing de Relacionamento e Tecnologia da Informação

Serviço de arquitetura e engenharia não é fácil!

Pague seus impostos, ou morra!

Projeto atraso zero.

Dezembro é um mês incrível, impressionante, inacreditável!

A Eterna Guerra Entre o Empreendedor, o Técnico e o Gerente

Ninguém gosta de contratar engenheiros ou arquitetos

Os 7 Pecados Capitais do Marketing Direto

Talento, Organização e Disciplina

Organização do Tempo: Como dar conta do recado?

Recepção e Atendimento: A Chave para Fidelização

Administração Financeira: Quanto Custa Abrir um Escritório de Arquitetura/Engenharia?

Carta para a recém-contratada secretária do engenheiro

As 13 características das Pessoas de Sucesso

Quanto Vale um Cliente Fidelizado?

Oito Dicas para um Feedback Honesto

Feliz 2012

Seja um idiota neste Natal

Contra a Mão do Mercado

O Papel do Gerente de Vendas

O Líder e o Gestor

A culpa é do RH?

Perguntas Clássicas em uma Entrevista de Emprego.

Consultoria: o joio e o trigo

Como superar uma demissão

Enquanto o talento não vem

Treinamentos Inovadores

A importância da publicidade imobiliária

Supere a dificuldade de falar em público

Pequenos Grandes Compradores

Por que os clientes só querem saber de preço?

As coisas mudaram: pode parar de procurar “emprego”. E comece a procurar “clientes”!

Marketing para Engenharia

Pecados de marketing na engenharia e arquitetura

Dar desconto não é pecado. É estratégia

Mulher: Todos os Dias são Seus!

O marketing e os erros profissionais

A barreira dos 40

Ensinar a pensar.

Ao sucesso!

Os anjos e o executivo

Marketing de relacionamento: Café invisível

Marketing de relacionamento: Café em Taça

Marketing de Relacionamento: Dez coisas para não esquecer em tempos de crise

A Executiva

Marketing de relacionamento: Café fantasma com o saci

Marketing de relacionamento na crise. Dois cafezinhos novos

Marketing de relacionamento : Cafezinho Gelado! O “boca a boca” não funciona mais, você já pensou nisso?

Marketing pessoal: A elegância profissional

Marketing de relacionamento: Promessas de ano novo!

Marketing de relacionamento: Cafezinho com Ternura neste Natal!

Como ser um profissional de sucesso!

Marketing de relacionamento - Cliente exclusivos.

Marketing de relacionamento - Desconstruindo o mito, enquanto tomamos nosso café!!

Marketing pessoal? O que é isto? Café forte para profissionais.

O nosso cafezinho gourmet
Marketing de serviços: o projeto é o meu produto

O Cafézinho Eletrônico