Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

A Ergo Tecnologia, uma empresa do Grupo Delbras, que conta com mais de 20 anos de mercado, desenvolve equipamentos que oferecem meios para a prática de atividades físicas em locais de uso comum, as chamadas “Academias ao Ar Livre”.
Acesse : http://www.ergotecnologia.com.br

Em Marketing para profissionais (veja mais 96 artigos nesta área)

por Patrícia Bispo

10 razões para se manter motivado no trabalho



Quando o assunto em pauta é motivação corporativa, muitos profissionais reportam seus pensamentos, quase que automaticamente, aos processos ou aos programas que são implementados pelas empresas em que atuam.

Alguns se sentem satisfeitos com as ações adotadas pela empresa em que atuam. Mas, há quem se mostre insatisfeito e afirma que trabalhar naquela organização não atente às suas expectativas. Até aí, nada de novo, afinal existe o livre arbítrio e cada indivíduo, teoricamente, sabe o que é ou não bom para si. Mas, será que os estímulos motivacionais devem partir unicamente das corporações ou os colaboradores também precisam fazer a sua parte?

Afinal vale lembrar que a motivação também parte de dentro para fora de cada pessoa e se isso não ocorre, não adianta ficar frente a frente com pacotes de benefícios atraentes, salários acima da média e programas de qualidade de vida. Todas essas ações parecerão inúteis e sem valor algum, caso a própria pessoa não busque a automotivação.

Abaixo seguem algumas sugestões para fazer uma autocrítica às suas ações e buscar alternativas simples que podem ser adotadas diariamente, mas que podem auxiliar a qualquer pessoa a se sentir mais "leve", inclusive no ambiente de trabalho.

1 - Não veja a noite do domingo como se fosse uma contagem regressiva para enfrentar um verdadeiro calvário. Inúmeras são as pessoas que ao verem o início do Fantástico começam a ficar estressadas porque na manhã seguinte terá que iniciar mais uma semana de trabalho. Mentalize o que você fez de bom no final de semana: os momentos com a família, as conversas com os amigos ou mesmo lembre a cena de uma comédia que assistiu e lhe garantiu muitas risadas.

2 - Começa a jornada de ida ao trabalho e milhões de trabalhadores enfrentam trânsitos caóticos. Quem está no seu carro pode optar por ouvir uma música relaxante no percurso até chegar à empresa. Para os que dependem de coletivos, sempre é possível fazer amizades com quem está ao seu lado e quase que diariamente pega a mesma condução naquele horário. Isso pode render uma conversa descontraída e deixá-lo de bom humor para "enfrentar" um dia de trabalho cansativo.

3 - A correria do dia a dia faz com que a maioria das pessoas sinta-se no automático. Isso faz com que se faça o mesmo percurso e já torne a ida ao trabalho uma verdadeira chatice. Tendo oportunidade, vez ou outra, faça um trajeto diferente. Caso possa ver o mar ou mesmo um parque até chegar ao trabalho, você verá o quanto deixa de observar detalhes agradáveis como crianças indo à escola, pássaros que cantam e esperam apenas seu olhar para admirá-los, e até mesmo pontos turísticos de sua cidade que você nunca parou para ver os detalhes.

4 - Chegou à empresa? Ótimo, afinal teoricamente você está ali para cumprir suas atividades e sua remuneração que garante a sua sobrevivência, dependerá disso. Se você recebe por aquilo que faz, então, tem seu valor. Essa já é uma razão para se sentir motivado em exercer sua profissão. Diga a si próprio: "Eu tenho meu valor".

5 - Pesquisas revelam que as primeiras horas do expediente da "segundona" registram o maior índice de enfartos no ambiente de trabalho. Isso porque as pessoas sentem um impacto forte ao voltarem à empresa e verem as responsabilidades e as cobranças que serão feitas ao longo do dia e da semana que se apenas começou. Vale um lembrete: priorize o que realmente é urgente e realize suas atividades com moderação. Nada vale mais do que sua saúde.

6 - Já na empresa, a correria começa. Mas, uma organização não é feita apenas de máquinas ou números. O local onde você trabalho possui pessoas como você: com sonhos, com necessidades específicas e que fazem parte da sua vida. Afinal, você passa boa parte da sua vida ao lado dos seus pares. Aproveite os momentos do cafezinho, do almoço para estar ao lado das pessoas que mais se identifica e cinco minutos de uma conversa que não envolva assuntos relacionados ao trabalho, podem aliviar as tensões diárias.

7 - Se seu gestor está em um dia agitado, leve até ele apenas questões urgentes e que não podem ser resolvidas por você. Tome a iniciativa de solucionar questões que lhe são familiares. Isso agregará um diferencial à sua performance.

8 - Quem busca a automotivação procura ir ao encontro de energias "positivas". Evite, então, contaminar-se pelo pensamento das pessoas que sofrem a chamada Síndrome de Hardy - aquela hiena do desenho animado, que se lamenta a cada segundo e diz repedidas vezes a tradicional frase: "Ó vida, ó azar". O pessimismo é contagiante se não estamos alertas e nos defendemos dele.

9 - Automotivação exige que o profissional tenha iniciativas próprias e não fique de braços cruzados, esperando que a empresa ofereça estímulos diários. Se você escolheu uma profissão, mantenha-se atualizado com o que ocorre na sua área. Assim, o profissional torna-se um diferencial não apenas para a organização que atua, mas também para si mesmo. Afinal, que busca informações e está em constante processo de evolução aumenta suas chances de empregabilidade em um mercado cada vez mais exigente.

10 - Geralmente, quando as pessoas ficam frente a frente com novos desafios é normal que sintam receio. Isso ocorre em qualquer área de atuação e profissionais das mais variadas faixas etárias. Desafios surgem para servem vencidos e mesmo que você cometa erros, aprenderá algo. Lembre-se que as dificuldades sempre aparecerão no seu caminho, mas nada como um dia após o outro para ir ao encontro de conquistas. Lembro-me de um antigo ditado que ouvia quando criança: "Quem tem tu, é tu mesmo!". Ou seja, só você pode dar um rumo melhor à sua vida, seja no campo profissional ou pessoal.



Fonte: www.rh.com.br

Comentários

Mais artigos

Sob pressão

O que se espera de um profissional moderno ?

7 táticas inteligentes para desenvolver sua carreira

10 maneiras de blindar sua empresa contra a crise

8 Lições para Impressionar na Entrevista

Meus funcionários me detestam, o que faço?

Quanto tempo você sobrevive sem INTERNET?

Como a internet mudou a forma de se relacionar

Como superar barreiras e melhorar seus resultados

Marketing Pessoal

Processo produtivo e o marketing

Qual o problema da zona de conforto?

Crise? E qual a sua atitude?

Como arrumar um emprego com 14 dicas simples

O Paradoxo da Produtividade

10 Dicas para o seu Marketing Pessoal

O que é um bom profissional de marketing?

Alguém está apostando em você?

Como potencializar uma reunião

10 situações que podem espantar seu cliente

Cinco dicas para desenvolver sua inteligência emocional

Dicas para organizar a carreira

Desemprego, estatísticas e manipulações

Vendendo para mulheres

Sucesso é uma questão de atitude

Por que engenheiros e arquitetos não cobram consulta?

Melhore a qualidade de vida no trabalho

Falha humana

10 coisas que grandes oradores nunca dizem em palestras

Uma reflexão sobre o valor comercial do seu tempo (ou de quanto podemos cobrar pelo uso do nosso tempo).

Construindo metas – seu sucesso nesse novo ano

10 razões para se manter motivado no trabalho

Não estar preparado para defender as suas decisões técnicas.

Quanto vale a marca, fulano de tal?

5 Desafios para alcançar uma carreira de sucesso

Qualificado, mas sem emprego. Por quê?

Estresse corporativo

A repercussão do quadro atual para as empresas e famílias

Pecados cometidos por engenheiros e arquitetos na escolha de sócios.

Diga-me o que retwittas...

Marketing de Relacionamento e Tecnologia da Informação

Serviço de arquitetura e engenharia não é fácil!

Pague seus impostos, ou morra!

Projeto atraso zero.

Dezembro é um mês incrível, impressionante, inacreditável!

A Eterna Guerra Entre o Empreendedor, o Técnico e o Gerente

Ninguém gosta de contratar engenheiros ou arquitetos

Os 7 Pecados Capitais do Marketing Direto

Talento, Organização e Disciplina

Organização do Tempo: Como dar conta do recado?

Recepção e Atendimento: A Chave para Fidelização

Administração Financeira: Quanto Custa Abrir um Escritório de Arquitetura/Engenharia?

Carta para a recém-contratada secretária do engenheiro

As 13 características das Pessoas de Sucesso

Quanto Vale um Cliente Fidelizado?

Oito Dicas para um Feedback Honesto

Feliz 2012

Seja um idiota neste Natal

Contra a Mão do Mercado

O Papel do Gerente de Vendas

O Líder e o Gestor

A culpa é do RH?

Perguntas Clássicas em uma Entrevista de Emprego.

Consultoria: o joio e o trigo

Como superar uma demissão

Enquanto o talento não vem

Treinamentos Inovadores

A importância da publicidade imobiliária

Supere a dificuldade de falar em público

Pequenos Grandes Compradores

Por que os clientes só querem saber de preço?

As coisas mudaram: pode parar de procurar “emprego”. E comece a procurar “clientes”!

Marketing para Engenharia

Pecados de marketing na engenharia e arquitetura

Dar desconto não é pecado. É estratégia

Mulher: Todos os Dias são Seus!

O marketing e os erros profissionais

A barreira dos 40

Ensinar a pensar.

Ao sucesso!

Os anjos e o executivo

Marketing de relacionamento: Café invisível

Marketing de relacionamento: Café em Taça

Marketing de Relacionamento: Dez coisas para não esquecer em tempos de crise

A Executiva

Marketing de relacionamento: Café fantasma com o saci

Marketing de relacionamento na crise. Dois cafezinhos novos

Marketing de relacionamento : Cafezinho Gelado! O “boca a boca” não funciona mais, você já pensou nisso?

Marketing pessoal: A elegância profissional

Marketing de relacionamento: Promessas de ano novo!

Marketing de relacionamento: Cafezinho com Ternura neste Natal!

Como ser um profissional de sucesso!

Marketing de relacionamento - Cliente exclusivos.

Marketing de relacionamento - Desconstruindo o mito, enquanto tomamos nosso café!!

Marketing pessoal? O que é isto? Café forte para profissionais.

O nosso cafezinho gourmet
Marketing de serviços: o projeto é o meu produto

O Cafézinho Eletrônico