Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

A Ergo Tecnologia, uma empresa do Grupo Delbras, que conta com mais de 20 anos de mercado, desenvolve equipamentos que oferecem meios para a prática de atividades físicas em locais de uso comum, as chamadas “Academias ao Ar Livre”.
Acesse : http://www.ergotecnologia.com.br

Em Marketing para profissionais (veja mais 97 artigos nesta área)

por Ueliton Pereira

10 situações que podem espantar seu cliente



Uma das formas que as empresas encontraram para chamar a atenção do cliente foi cuidando da qualidade do atendimento direto que ele irá receber. Essa prática se tornou peça fundamental e fator diferencial para conquistar a valiosa preferência da tão sonhada clientela.

Com a chegada da internet e das mídias sociais a classes mais baixas da população, é cada vez mais comum vermos clientes muito mais exigentes e que buscam sempre um diferencial nos produtos e serviços ofertados. Uma das formas que as empresas encontraram para chamar a atenção do cliente foi cuidando da qualidade do atendimento direto que ele irá receber.



Essa prática se tornou peça fundamental e fator diferencial para conquistar a valiosa preferência da tão sonhada clientela. Diante disto, observe 10 situações que “espantam” a clientela e devem ser evitadas, a fim de trazer o cliente novamente ao ambiente da empresa:

1. Agir com má vontade: tentando se livrar rapidamente do cliente sem resolver o problema dele – Você já deve ter pego algum vendedor que te atendeu e logo se lembrou que faltava alguns minutos para a hora do almoço e de repente – ué cadê ele? - sumiu sem te dar explicação;

2. Agir como um robô: Repetir sempre a mesma coisa, da mesma maneira, com os mesmos movimentos – Alguns vão lembrar das redes de fast food, sei que é uma padronização para “evitar falhas” de comunicação, mas não custa dar uma folga;

3. Conversar mascando chiclete, fumando ou cheirando a cigarro: sempre me lembro da história de um amigo que ao ser atendido viu a vendedora fazer uma bola de ar com chiclete, que explodiu no rosto dela, consequência ele foi embora sem comprar nada;

4. No calor, há outro problema que deve ser evitado: o suor. Ninguém gosta de conversar com uma pessoa que está transpirando. Dá uma impressão ruim, de desleixo – É claro que há pessoas com problemas de transpiração, porém sempre há jeitinho para evitar ou minimizar a situação.

5. Falar demais: Contar toda a história ou mostrar tudo e esquecer-se de ouvir o que realmente o cliente quer – Já dizia o ditado, temos uma boca e dois ouvidos, pra falar menos e ouvir mais.

6. Olhar de forma arrogante: Medir o cliente de cima para baixo, com ar de desdém, como se ele não soubesse de nada ou não tivesse como pagar pelo produto que está olhando – Todos conhecem alguma história de uma pessoa “simples” que estava olhando determinado produto e por não estar vestida adequadamente, não foi tratada muito bem, não é?

7. Ser frio na hora do atendimento: Tratar o consumidor de forma distante – Atender com má vontade, com cara de quem está em outro lugar, ou simplesmente ficar “seguindo” o cliente pra lá e pra cá.

8. Tratar o cliente como peteca: Dar informações incorretas – Quem vende um produto deve ao menos ter uma noção intermediária do que vende e da empresa onde está, assim evita esse tipo de situação onde necessite ficar passando o “cliente” pra frente ou informá-lo errado.

9. Trocar o nome do cliente: Para gravar p nome de alguém você pode, logo depois do encontro, escrever o nome da pessoa em um pedaço de papel. A escrita é uma das melhores formas de memorização e, mesmo que você jogue o papel no lixo depois, você irá se lembrar do nome escrito.

10. Usar gírias ou dar explicações muito técnicas: nem todos gostam de ser tratados com tanta intimidade, ou com tanta robusteza. Para evitar, seja simples e fale normalmente.

É claro que ainda existem aqueles clientes que preferem o autoatendimento, para já evitar situações como as citadas acima, além que podem ficar a vontade para olhar e escolher o que quiserem e apenas depois solicitar alguém para passar a venda.

Em suma, o processo de venda não é apenas um trabalho para os vendedores, todos os colaboradores de uma empresa vendem de maneira indireta, desde a recepcionista até o diretor geral, e para isso todos devem estar engajados para servir da melhor maneira um cliente, principalmente aquele que está entrando a primeira vez, “apenas para dar uma olhadinha”.

Agora basta você montar uma estratégia de atendimento e coloca-la em prática!



Ueliton Pereira, Administrador pela Universidade do Estado de Mato Grosso, especialista em Administração e Marketing e MBA em Gestão Estratégica de Negócios.



Você conhece o "Curso a distancia IBDA - CentrodEstudos? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

De que lado você está?

Sob pressão

O que se espera de um profissional moderno ?

7 táticas inteligentes para desenvolver sua carreira

10 maneiras de blindar sua empresa contra a crise

8 Lições para Impressionar na Entrevista

Meus funcionários me detestam, o que faço?

Quanto tempo você sobrevive sem INTERNET?

Como a internet mudou a forma de se relacionar

Como superar barreiras e melhorar seus resultados

Marketing Pessoal

Processo produtivo e o marketing

Qual o problema da zona de conforto?

Crise? E qual a sua atitude?

Como arrumar um emprego com 14 dicas simples

O Paradoxo da Produtividade

10 Dicas para o seu Marketing Pessoal

O que é um bom profissional de marketing?

Alguém está apostando em você?

Como potencializar uma reunião

10 situações que podem espantar seu cliente

Cinco dicas para desenvolver sua inteligência emocional

Dicas para organizar a carreira

Desemprego, estatísticas e manipulações

Vendendo para mulheres

Sucesso é uma questão de atitude

Por que engenheiros e arquitetos não cobram consulta?

Melhore a qualidade de vida no trabalho

Falha humana

10 coisas que grandes oradores nunca dizem em palestras

Uma reflexão sobre o valor comercial do seu tempo (ou de quanto podemos cobrar pelo uso do nosso tempo).

Construindo metas – seu sucesso nesse novo ano

10 razões para se manter motivado no trabalho

Não estar preparado para defender as suas decisões técnicas.

Quanto vale a marca, fulano de tal?

5 Desafios para alcançar uma carreira de sucesso

Qualificado, mas sem emprego. Por quê?

Estresse corporativo

A repercussão do quadro atual para as empresas e famílias

Pecados cometidos por engenheiros e arquitetos na escolha de sócios.

Diga-me o que retwittas...

Marketing de Relacionamento e Tecnologia da Informação

Serviço de arquitetura e engenharia não é fácil!

Pague seus impostos, ou morra!

Projeto atraso zero.

Dezembro é um mês incrível, impressionante, inacreditável!

A Eterna Guerra Entre o Empreendedor, o Técnico e o Gerente

Ninguém gosta de contratar engenheiros ou arquitetos

Os 7 Pecados Capitais do Marketing Direto

Talento, Organização e Disciplina

Organização do Tempo: Como dar conta do recado?

Recepção e Atendimento: A Chave para Fidelização

Administração Financeira: Quanto Custa Abrir um Escritório de Arquitetura/Engenharia?

Carta para a recém-contratada secretária do engenheiro

As 13 características das Pessoas de Sucesso

Quanto Vale um Cliente Fidelizado?

Oito Dicas para um Feedback Honesto

Feliz 2012

Seja um idiota neste Natal

Contra a Mão do Mercado

O Papel do Gerente de Vendas

O Líder e o Gestor

A culpa é do RH?

Perguntas Clássicas em uma Entrevista de Emprego.

Consultoria: o joio e o trigo

Como superar uma demissão

Enquanto o talento não vem

Treinamentos Inovadores

A importância da publicidade imobiliária

Supere a dificuldade de falar em público

Pequenos Grandes Compradores

Por que os clientes só querem saber de preço?

As coisas mudaram: pode parar de procurar “emprego”. E comece a procurar “clientes”!

Marketing para Engenharia

Pecados de marketing na engenharia e arquitetura

Dar desconto não é pecado. É estratégia

Mulher: Todos os Dias são Seus!

O marketing e os erros profissionais

A barreira dos 40

Ensinar a pensar.

Ao sucesso!

Os anjos e o executivo

Marketing de relacionamento: Café invisível

Marketing de relacionamento: Café em Taça

Marketing de Relacionamento: Dez coisas para não esquecer em tempos de crise

A Executiva

Marketing de relacionamento: Café fantasma com o saci

Marketing de relacionamento na crise. Dois cafezinhos novos

Marketing de relacionamento : Cafezinho Gelado! O “boca a boca” não funciona mais, você já pensou nisso?

Marketing pessoal: A elegância profissional

Marketing de relacionamento: Promessas de ano novo!

Marketing de relacionamento: Cafezinho com Ternura neste Natal!

Como ser um profissional de sucesso!

Marketing de relacionamento - Cliente exclusivos.

Marketing de relacionamento - Desconstruindo o mito, enquanto tomamos nosso café!!

Marketing pessoal? O que é isto? Café forte para profissionais.

O nosso cafezinho gourmet
Marketing de serviços: o projeto é o meu produto

O Cafézinho Eletrônico