Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

A Ergo Tecnologia, uma empresa do Grupo Delbras, que conta com mais de 20 anos de mercado, desenvolve equipamentos que oferecem meios para a prática de atividades físicas em locais de uso comum, as chamadas “Academias ao Ar Livre”.
Acesse : http://www.ergotecnologia.com.br

Em Marketing para profissionais (veja mais 97 artigos nesta área)

por Evaldo Costa

Enquanto o talento não vem



Você é uma pessoa talentosa? Conhece alguém que seja? Gostaria de ser o talento em pessoa? Mas o que significa a palavra talento? Recorrendo a pesquisa nos dicionários vamos encontrar algo do tipo: indivíduo engenhoso, de habilidade ou capacidade incomuns, aptidão, inteligência excepcional...

Mas, afinal de contas, o talento pode ser ensinado? Penso que não, mas seguramente poderá ser aprendido e aprimorado. Suponhamos, por exemplo, que você deseja ser cantor de ópera e não possuir talento necessário para seguir carreira nessa área, poderá treinar duro e ser muito bem sucedido, ou não?

Você já deve ter percebido onde pretendo chegar, não é verdade? Acertou na mosca se pensou no magistral exemplo de sucesso de Paul Potts. Não está se lembrando muito bem dele? Vou refrescar a sua memória: ele foi vendedor de telefones nascido em Bristol, na Inglaterra, em 1970. Casado com uma caixa de supermercado e pai de quatro filhos, Paul Potts vivia às voltas para sustentar a família com as incertas comissões das vendas de celulares. Mas, afinal de contas o que havia de tão especial nesse vendedor de telefones? O sonho de se tornar um cantor de óperas. Ele sabia que somente a atuitude de vencedor o levaria a triunfar e a realizar o seu sonho.

No entanto, apesar de bom vendedor, ele tinha consciência de que não reunia as condições essenciais para fazer sucesso como cantor de óperas. Daí, usou toda a sua determinação para treinar, treinar e treinar.

No sábado de sua apresentação ele acordou bem cedo, foi até a janela de sua casa, olhou para o horizonte, encheu os pulmões de ar fresco e disse para si mesmo: “hoje será o grande dia de minha vida. Hoje me tornarei um cantor de óperas de sucesso”. Colocou a sua melhor roupa, reuniu todas as suas energias, deu um beijo na mulher e nos filhos e caminhou para a Britain’s Got Talent concorrer à primeira edição do concurso de novos talentos (programa de TV em que as pessoas buscavam oportunidade para se apresentar e ganhar notoridade).

O júri, sempre muito rigoroso, contava com integrantes poderosos a exemplo do Simon Cowell, cuja fama de durão fazia tremer até os candidatos mais experimentados. Porém, Paul Potts ignorou todos os obstáculos: estava disposto a pagar o preço necessário, ainda que fosse uma humilhante reprovação, para alcançar o seu sonho. Naquela manhã, diante de uma grande platéia e do temido júri com olhares de suspeição - a sua aparência e postura, naquele momento, não combinava muito com a de cantores de ópera.

Ele dispunha de apenas dez segundos para dar o tom inicial e ganhar ou não aprovação para continuar. Ele fixou o olhar no auditório e com coração valente soltou a voz como nunca havia feito antes e logo pôde perceber olhares de encantamento vindo de todas as direções. Não havia como não ouvi-lo cantar a música por inteiro. Ao fazê-lo, ele encheu-se de confiança, deu o melhor de si e emocionou até os mais incrédulos. Paul Potts não só saiu-se muito bem, como também, ganhou o concurso do mais talentoso e, de sobra, um contrato milionário com a rede de TV. Hoje é nome respeitado entre os grandes cantores de ópera.

“Os dias prósperos não vêm por acaso; nascem de muita fadiga e persistência” Henry Ford

Estou convencido de que se você não tem o talento que gostaria, poderá trabalhar duro por algum tempo e acabará, um dia, sendo reconhecido como uma pessoa talentosa. Portanto, se você não nasceu com as habilidades que tanto sonhou, não se preocupe tanto, pois se persistir por uns cinco anos ininterruptos, se tornará alguém admirável e as chances de chegar aonde deseja serão enormes. No entanto, vale lembrar, que o talento por si só, não garante o sucesso. Conheço muita gente habilidosa que não gosta de trabalhar e que nunca saiu de onde está. Para vencer você terá que trabalhar duro, ser persistente, e usar as suas energias de forma direcionada e inteligente.

Pense nisso.


Evaldo Costa, escritor, professor, consultor e conferencista. Bacharel em Direito e em Ciências Contábeis, Mestre em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas e coach credenciado pelo ICI com cursos de especialização em varejo no exterior


Fonte: www.ogerente.com.br


Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

De que lado você está?

Sob pressão

O que se espera de um profissional moderno ?

7 táticas inteligentes para desenvolver sua carreira

10 maneiras de blindar sua empresa contra a crise

8 Lições para Impressionar na Entrevista

Meus funcionários me detestam, o que faço?

Quanto tempo você sobrevive sem INTERNET?

Como a internet mudou a forma de se relacionar

Como superar barreiras e melhorar seus resultados

Marketing Pessoal

Processo produtivo e o marketing

Qual o problema da zona de conforto?

Crise? E qual a sua atitude?

Como arrumar um emprego com 14 dicas simples

O Paradoxo da Produtividade

10 Dicas para o seu Marketing Pessoal

O que é um bom profissional de marketing?

Alguém está apostando em você?

Como potencializar uma reunião

10 situações que podem espantar seu cliente

Cinco dicas para desenvolver sua inteligência emocional

Dicas para organizar a carreira

Desemprego, estatísticas e manipulações

Vendendo para mulheres

Sucesso é uma questão de atitude

Por que engenheiros e arquitetos não cobram consulta?

Melhore a qualidade de vida no trabalho

Falha humana

10 coisas que grandes oradores nunca dizem em palestras

Uma reflexão sobre o valor comercial do seu tempo (ou de quanto podemos cobrar pelo uso do nosso tempo).

Construindo metas – seu sucesso nesse novo ano

10 razões para se manter motivado no trabalho

Não estar preparado para defender as suas decisões técnicas.

Quanto vale a marca, fulano de tal?

5 Desafios para alcançar uma carreira de sucesso

Qualificado, mas sem emprego. Por quê?

Estresse corporativo

A repercussão do quadro atual para as empresas e famílias

Pecados cometidos por engenheiros e arquitetos na escolha de sócios.

Diga-me o que retwittas...

Marketing de Relacionamento e Tecnologia da Informação

Serviço de arquitetura e engenharia não é fácil!

Pague seus impostos, ou morra!

Projeto atraso zero.

Dezembro é um mês incrível, impressionante, inacreditável!

A Eterna Guerra Entre o Empreendedor, o Técnico e o Gerente

Ninguém gosta de contratar engenheiros ou arquitetos

Os 7 Pecados Capitais do Marketing Direto

Talento, Organização e Disciplina

Organização do Tempo: Como dar conta do recado?

Recepção e Atendimento: A Chave para Fidelização

Administração Financeira: Quanto Custa Abrir um Escritório de Arquitetura/Engenharia?

Carta para a recém-contratada secretária do engenheiro

As 13 características das Pessoas de Sucesso

Quanto Vale um Cliente Fidelizado?

Oito Dicas para um Feedback Honesto

Feliz 2012

Seja um idiota neste Natal

Contra a Mão do Mercado

O Papel do Gerente de Vendas

O Líder e o Gestor

A culpa é do RH?

Perguntas Clássicas em uma Entrevista de Emprego.

Consultoria: o joio e o trigo

Como superar uma demissão

Enquanto o talento não vem

Treinamentos Inovadores

A importância da publicidade imobiliária

Supere a dificuldade de falar em público

Pequenos Grandes Compradores

Por que os clientes só querem saber de preço?

As coisas mudaram: pode parar de procurar “emprego”. E comece a procurar “clientes”!

Marketing para Engenharia

Pecados de marketing na engenharia e arquitetura

Dar desconto não é pecado. É estratégia

Mulher: Todos os Dias são Seus!

O marketing e os erros profissionais

A barreira dos 40

Ensinar a pensar.

Ao sucesso!

Os anjos e o executivo

Marketing de relacionamento: Café invisível

Marketing de relacionamento: Café em Taça

Marketing de Relacionamento: Dez coisas para não esquecer em tempos de crise

A Executiva

Marketing de relacionamento: Café fantasma com o saci

Marketing de relacionamento na crise. Dois cafezinhos novos

Marketing de relacionamento : Cafezinho Gelado! O “boca a boca” não funciona mais, você já pensou nisso?

Marketing pessoal: A elegância profissional

Marketing de relacionamento: Promessas de ano novo!

Marketing de relacionamento: Cafezinho com Ternura neste Natal!

Como ser um profissional de sucesso!

Marketing de relacionamento - Cliente exclusivos.

Marketing de relacionamento - Desconstruindo o mito, enquanto tomamos nosso café!!

Marketing pessoal? O que é isto? Café forte para profissionais.

O nosso cafezinho gourmet
Marketing de serviços: o projeto é o meu produto

O Cafézinho Eletrônico