Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Procuramos o desenvolvimento de nosso setor, em todos os aspectos,e saúde é sempre fundamental. Nessa nova área, temos a parceria e orientação do “Grupo Faz Bem”, que é composto por vários canais de comunicação, incluindo uma Editora, TV e Rádio web. O portal de saúde e relacionamentos www.fazbem.com carrega o mix de conteúdo sendo o número um, no site de busca Google. Os artigos são todos preparados por especialistas na área de saúde e relacionamento e cuidadosamente revisado pelos jornalistas J.Washington e Darleide Alves


Acesse : www.fazbem.com

Em Saúde para Profissionais (veja mais 66 artigos nesta área)

por Redação do Fórum da Construção

10 Tipos de Acidentes Mais Comuns na Construção Civil



Hoje vamos tratar dos 10 mais comuns acidentes e lesões na área da Construção Civil, você conhece algum deles?

Acidentes sempre acontecem, por milhares de razões, seja por falta de cuidado do próprio empregado, como falta de responsabilidade do empregador referente as normas de segurança. São registrados milhares de acidentes por ano na área da construção civil, o que muitos não sabem é que existem certas situações e agentes inclusive silenciosos que podem gerar sérios problemas na integridade do trabalhador. Então vamos ver agora os 10 acidentes/lesões mais comuns na área da Construção Civil:



1. Violência e Brigas no Ambiente Trabalho

Isso mesmo que você leu! Esta não é uma questão tão rara, a tensão neste tipo de ambiente pode ser muito grande, a pressão constante por resultados e a carga elevada de trabalho são alguns dos exemplos que podem deixar alguém estressado e, consequentemente, sujeito a este tipo de situação.

2. Distensões Musculares

A distensão muscular ou estiramento muscular, ocorre quando um músculo se estica demais, gerando a ruptura de algumas fibras musculares, ou de todo o músculo envolvido. Este tipo de lesão costuma ocorrer quando os músculos encontram-se sob grande esforço. No ambiente da construção civil, o levantamento de materiais pesados podem ajudar e resultar distensões musculares, o que pode fazer com que o empregado tenha que se afastar da atividade exercida.

3. Exposição a Ruídos Intensos

No ambiente da construção civil existem sons indesejáveis ou desagradáveis, o que são chamados de ruídos. Quando a exposição á ruídos é intensa e continuada (em média 85 decibéis dB por oito horas por dia) pode ocorrer alterações estruturais na orelha interna dos trabalhadores, o que determina a ocorrência da Perda Auditiva Induzida por Ruido (PAIR).

O ideal para a prevenção deste problema tão comum é colocar em prática os Programas de Conservação Auditiva (PCA) que nele inclui os equipamentos de proteção individual e o protetor auditivo.

4. Objetos em queda

Acidentes com objetos em queda na construção civil também está no top 10 de acidentes mais comuns, e a prevenção para este tipo de acidente é sem dúvida a atenção e o uso adequado dos equipamentos de proteção individual. Desta forma o empregado estará protegendo a si mesmos e aos colegas de trabalho.

5. Impacto por veículos

Acidentes com colisão ou impacto também é frequente quando se utiliza veículos para trabalho, como caminhões, empilhadeiras etc… Este tipo de acidente pode ter consequências graves e portanto deve-se garantir que o cinto de segurança esteja sempre presente nessas horas, assim como as medidas de segurança.

6. LER (Lesões por Esforços Repetitivos)

A LER ou Lesões por esforços repetitivos se manifesta pela repetição do mesmo movimento em uma frequência elevada ou fora do eixo normal. Na construção civil é muito comum a intensificação do trabalho, pois atualmente com a falta mão de obra qualificada, houve o aumento da carga horária e maior exigência de prazos.

7. Corte e Lacerações

Muitos equipamentos utilizados na construção civil são perigosos e podem vir a provocar cortes e lacerações graves. As causas mais comuns para este tipo de acontecimento envolve a falta de treinamento e a utilização de equipamentos de segurança inadequadamente. Isso tudo pode ser evitado com a colaboração do empregador com a regularidade dos EPIS e o fornecimento de treinamentos adequados.

8. Alergias e Complicações

Para trabalhadores na construção civil, a poeira, o ácaro, as tintas, os impermeabilizadores, os produtos químicos e até o cimento, são agentes que podem desencadear alergias e complicações para a saúde. Quando se trata de alergia, os equipamentos de proteção (máscaras e luvas) e cuidados em geral são grandes aliados da prevenção desta doença. Se o caso da alergia for julgado pelo médico que a mesma foi provocada pelo labor, o trabalhador deverá iniciar o tratamento e o médico poderá solicitar também o afastamento do empregado.

9. Tombos

Os tombos podem vir a ocorrer por muitos motivos, realizar atividades bruscamente sem o cuidado devido, correr ao invés de caminhar em lugares com materiais pelo caminho, os tombos variam e muitos podem ser graves. A medida de segurança deve partir do empregado, sempre ter atenção onde se pisa e garantir que o ambiente de trabalho esteja organizado, evitando que ele e outros colaboradores sofram deste mal.

10. Picadas de Insetos e Bichos Peçonhentos

Quando falamos de bichos peçonhentos, queremos dizer animais como aranhas, escorpiões, cobras, taturanas, vespas, formigas, abelhas, marimbondos etc, estes são bichos que produzem veneno e são capazes de inocular o veneno por meio de estruturas próprias (dente, ferrão, aguilhão, cerdas) para fins de caça ou defesa própria.

Nos canteiros de obras é comum encontrar este tipo de animais, portanto o uso adequado dos equipamentos de proteção e principalmente a atenção onde se pisa, onde se coloca a mão e a observação do local são medidas preventivas.

É importante ressaltar que em casos como este NÃO se deve fazer torniquete ou garrote, não furar, não cortar, não queimar, não espremer, não fazer sucção no local da ferida e nem aplicar folhas, pó de café ou terra sobre ela para não provocar infecção; não dar à vítima pinga, querosene, ou fumo.

Para primeiros socorros é importante que lave o local da picada com água e sabão, manter a vítima em repouso e o mais rápido possível levar o acidentado ao serviço de saúde mais próximo para receber o tratamento em tempo.



Fonte:blog.inbep.com.br



Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Os efeitos da solidão na saúde

10 Tipos de Acidentes Mais Comuns na Construção Civil

Oito dicas que ajudam a lidar com a pressão e o estresse

O stress e a organização no ambiente de trabalho

Tristeza natalina: por que acontece e como evitar

A importância da saúde para a competitividade das organizações

Abraços podem ajudar a prevenir estresse e outras doenças

Os 10 mandamentos de quem quer seguir uma dieta

10 principais problemas de saúde desenvolvidos no trabalho

Nove dicas para prevenir problemas de coluna

5 passos para melhorar a sua autoestima

Como cuidar da saúde, enquanto se está no trabalho?

O stress e a organização no ambiente de trabalho

Sedentarismo

Atividades para idosos: a vida começa aos 60!

Doenças do trabalho

Quais são os melhores alimentos para ter uma pele saudável?

Equilíbrio nos idosos

O Stress e Diabetes

Caminhar melhora a criatividade

Falta de exercício é principal fator de risco para mulheres

Tudo sobre o estresse

Como conversar e lidar com um idoso teimoso

Infidelidade conjugal: Prazer ou Dor?

Como é que o envelhecimento afeta a saúde sexual

Como cuidar da sua saúde durante o trabalho

6 dicas para acabar com o estresse no trabalho

Para melhorar a mente, aprenda algo realmente novo

Você não consegue julgar o comportamento dos seus amigos

É possível evitar a barriguinha da meia-idade?

Comer demais já mata mais do que fome no mundo

Sete dicas para afastar o estresse sem sair da mesa de trabalho

12 hábitos que ajudam a ter uma saúde mais plena

Como identificar os sinais de uma depressão

Leite de Soja – Propriedades Medicinais

Como tornar os dias dos idosos mais agradáveis.

Conheça mitos e verdades sobre exercícios abdominais

Como reduzir o problema do mau hálito

Andar é tão bom para o corpo quanto correr, com menos riscos

Como cuidar da sua saúde durante o trabalho

8 dicas para cuidar de uma pessoa deprimida

Civilização moderna, pessoas modernas e doenças modernas

Esclarecendo 25 dúvidas sobre o consumo de sal

Envelhecer - uma tarefa que exige cuidados simples

Os exercícios e a reciclagem do corpo

Sete hábitos para um coração saudável

Suar é importante para manter a temperatura, mas não emagrece

7 segredos para sua caminhada dar certo

Como cuidar do corpo para dominar o estresse

Pessoas bem informadas alimentam-se melhor

O que é o alongamento?

Plantas e ervas em excesso podem fazer mal à saúde!

Doces e açúcares na enxaqueca

Saúde: Seis regras de ouro para você.

Sonolência excessiva diurna, um problema atual

Filhos: os pais não tem como acompanhar o tempo todo, mas é preciso ter muito cuidado

Cogumelos, por que fazem bem à saúde?

Atividade física é qualidade de vida

Dilemas morais: Nós somos mais ou menos morais do que pensamos?

Uma maneira refrescante de cuidar da saúde: suchás

Os campeões são vegetarianos? Perguntas e respostas.

Ciúme ou medo?

Familiar deprimido? O que fazer

É hora de desintoxicar!

Relacionamentos: Como conviver com a sogra!

Alimentos saudáveis, de A a Z.

A importância da saúde na carreira profissional