Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Revestimentos, Tintas e Vernizes (veja mais 41 artigos nesta área)

por Redação do Fórum da Construção

Textura de parede: uma forma agradável no revestimento



Se o uso de alguma cor em especial nas paredes, já é capaz de despertar aquele brilho nos olhos, imagine então se ela vier na versão texturizada?! Pois é, é possível através da textura obter uma diversidade de efeitos, todos eles bem charmosos.

Quer dar uma nova cara a sua fachada, ou então, dar um toque especial em algum cantinho do seu lar, então, não perca tempo! Faça uso da textura de parede!

As texturas em paredes internas têm o poder de destacar e de valorizar o local onde são aplicadas, e ainda, com um custo mais acessível, permitem que você inove, indo muito além do uso de cores ousadas. Elas podem ser aplicadas também em locais externos, em grandes ou em menores proporções, como em toda fachada ou numa faixa de parede apenas.



Sua durabilidade é maior do que a pintura convencional, e ainda, a textura não exige que a parede esteja bem acabada, ou seja, ela tolera certas imperfeições, as quais não comprometerão o seu belo efeito. Podem ser feitas tranquilamente por leigos, aliás, é uma verdadeira terapia. Sem contar, que é prático de ser aplicado e pode renovar o seu lar. Quer mais do que isso?!

Os efeitos da textura

Essencialmente, há quatro tipos de texturas para parede. Cada um deles é capaz de produzir uma grande diversidade de efeitos. Isso, porque a base da aplicação é a mesma, mas as ferramentas e os movimentos realizados mudam, resultando dessa forma em diferentes “desenhos”.

Assim, há o clássico grafiato. Embora, seja tratado como outro tipo de revestimento e não necessariamente como textura, o grafiato ainda entra nesse agrupamento. Ele é conhecido por sua aparência em veios mais profundos com um toque mais rústico e despojado.

Outro tipo é o chapiscado: sua aparência remete a algo mais disforme, como o tradicional efeito do cimento chapiscado. Há, ainda, o ranhurado, o qual é realizado com espátulas com dentinhos: muito utilizado na área de aparadores. E, por fim, o espatulado, neste caso, aplica-se a massa de textura e sobre ela realizam-se movimentos por meio da espátula ou da desempenadeira.

Use a criatividade e inove! Basta aplicar a massa de textura numa desempenadeira e aplicá-la na parede. Use rolos próprios, espátulas comuns ou de dentinhos, ou, até mesmo, a desempenadeira para criar um desenho bacana. O resultado será fantástico!

Textura para parede externa

No caso de externo, o tipo da textura de parede é mais limitado, já que por estar exposta às intempéries, ou seja, em contato direto com os raios solares, um dos responsáveis em queimar a pintura, e com a chuva, que costuma manchar a parede, sua degradação geralmente é mais intensa. Sendo assim, duas excelentes alternativas para ambientes externos são o grafiato e o chapiscado, pois, além de resistentes, valorizam ainda mais as paredes.



No tipo de grafiato, dê preferência às linhas verticais, de modo que a água da chuva escorra mais facilmente e não acumule tanta sujeira. Veios mais suaves são os mais indicados, para que, futuramente, os riscos não virem um grande depósito de poeira. Na escolha da cor, prefira cores mais fortes, mas caso você não abra mão dos tons clarinhos, então, uma boa alternativa é a aplicação da tinta ou da resina acrílica sobre a textura: isso ajudará a proteger um pouco mais sua parede de manchas inconvenientes. Aliás, optar pela tinta acrílica em todos os casos é o ideal.

Textura colorida

Não há nada melhor do que colocar uma cor para dar aquela valorizada, seja na fachada da casa, ou então, no cômodo. Há quem prefira optar pela textura em branco e, posteriormente, pintar a região. Nesse caso, recomenda-se que seja aplicada uma tinta acrílica, a qual garantirá uma durabilidade maior.

Para quem tem afinidade com efeitos mais despojados de texturas para parede, uma boa dica é optar pelo gel envelhecedor, já que ele cria um efeito desbotado bem legal. Para tanto, ele deve ser aplicado após a pintura. Ainda úmido, o excesso de gel deve ser retirado levemente com uma desempenadeira revestida com borracha, ou então, dependendo do gel, ser retirado com um pano úmido.

Optar por uma textura já colorida também facilita muito: economiza tempo e, ainda por cima, caso solte uma lasquinha da textura, a falha nem aparecerá, já que a própria estrutura é colorida. Agora, se você quiser reforçar ainda mais, outra eficaz alternativa é escolher a textura colorida e, em seguida, aplicar a tinta acrílica da mesma cor. Esse procedimento garantirá uma maior durabilidade à sua parede, ou seja, ela ficará linda por mais tempo.

Fonte:www.suamelhordecoracao.com.br


Você conhece o "Curso a distancia IBDA - CentrodEstudos? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Quais as vantagens dos revestimentos (e pisos) cimentícios

Tipos de pedras no revestimento de paredes

Como aplicar verniz na madeira

Como escolher as cores para pintar a minha casa

O que é melhor? Tintas ou Texturas?

Como usar revestimentos de parede

Revestimento de parede externa em pedra

Como pintar móveis de formica

Como aplicar verniz na madeira

Textura de parede: uma forma agradável no revestimento

Revestimentos para piscinas

Como escolher a tinta ideal para o seu ambiente

Pintura na Construção Civil

Dicas de reforma: pintura de parede.

Como escolher o revestimento de parede ideal

Como remover uma textura e deixar a parede lisa novamente?

Tipos de vernizes

As Tintas na Proteção Anticorrosiva

Usando a cor para aumentar o ambiente

Paredes externas: dicas de revestimento

Como envernizar madeiras

Tipos de grafiatos e texturas

O poder da cor na decoração de interiores

Como escolher as cores de tinta para pintar a casa

13 dicas para sua pintura ficar mais fácil.

Pintura de móveis antigos: dicas.

3 regras para decorar com cor em espaços pequenos

O Cobre na Arquitetura

Azulejos, dicas de assentamento.

Revestimentos para banheiros, o que usar?

Fachadas: causas comuns de ruína

A importância das cores

Pensando em fazer uma textura na parede?

Como combinar as cores da casa com a decoração

Repintura sem sustos

Revestimentos sustentáveis

Evitando problemas durante pintura de imóvel

Orientações e cuidados para revestimento de piso com pedras naturais

O mistério do marketing das lajotas quebradas

Preservação arquitetônica e as Peles de vidro

Como conservar e dar brilho aos objetos de madeira

Com que tinta eu vou?