Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Arquitetura sustentável (veja mais notícias de Arquitetura sustentável)

Lavar calçadas com esguicho é certo?

Por Arqª Juliana Yuriko

Passar pelas nossas calçadas e se deparar com alguém lavando e empurrando o lixo da calçada com o esguicho é um hábito corriqueiro. Mas você sabia que em algumas cidades brasileiras isso é punido com multa?

Conforme o Instituto Akatu , se uma pessoa lava a calçada uma vez por semana, gasta quase 15 mil litros de água por ano nesta atividade. Ao longo da vida (73,5 anos), a quantidade de água gasta será equivalente a quase meia piscina olímpica cheia de água desperdiçada “varrendo” calçada.

Então porque não mudarmos esse hábito? Em vez do esguicho a vassoura faz o mesmo efeito e se precisarmos lavá-la poderá usar água da chuva acondicionada em baldes fechados.

Em dezembro de 2010, a Assembleia Geral das Nações Unidas indicou 2013 como o Ano Internacional para a Cooperação pela Água, portanto se cada um fizer a sua parte como fechar a torneira enquanto escovamos o dente ou quando lavamos a louça, varrer a calçada em vez de lavá-la e juntar uma boa quantidade de roupa para lavar na máquina de uma só vez poderemos ajudar bilhões de pessoas que não tem acesso a água potável.



Fonte:blog.giacomelli.com.br